TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O LUGAR DO LÚDICO NA CONSTRUÇÃO DA APRENDIZAGEM

Por:   •  12/3/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.775 Palavras (8 Páginas)  •  22 Visualizações

Página 1 de 8

O LUGAR DO LÚDICO NA CONTRUÇÃO DA APRENDIZAGEM

Carla Lariane Dornelles Valadão de Borba

Prof. Orientador Luz Mary

Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI

Curso Pedagógia Ped- 1364  – Estágio Educação Infantil

20/06/2018

RESUMO

O presente estudo teve como objetivo analisar a relação do lúdico como facilitador da aprendizagem na sala de aula e sobre a prática docente desenvolvida nas instituições escolares, buscando assim a compreender suas concepções no processo educativo e na construção da aprendizagem e conhecimento do sujeito. Durante o estágio foi possível observar a importância da ludicidade no âmbito escolar de uma forma prazerosa proporcionando o gosto de aprender brincando através de jogos, brinquedos e as brincadeiras e o quanto é importante para o desenvolvimento e para a aprendizagem das crianças. A partir do exposto concluiu que a maioria dos professores “obtém” certo conhecimento sobre o tema, porém o papel do “brincar”, que não é apenas um mero passatempo, mas sim objeto de grande valia na aprendizagem e no desenvolvimento das crianças.

Palavras-chave: Aprendizagem . Brincar . Ludicidade .

1 INTRODUÇÃO

       Este trabalho consiste em um relato de experiência do estágio supervisionado I do curso de Licenciatura em Pedagogia do Centro Universitário Leonardo Da Vinci- Uniasselvi do estado do Rio Grande do Sul estou no 6° período do curso de Pedagogia. O estágio supervisionado I foi realizado no Colégio  La Salle São João, situada na Rua Honório da Silveira Dias nº 645 Bairro: São João POA, com doze horas (12) destinadas as observações da turma de pré II e entrevista com o professor, e vinte horas (20) de regência de classe, perfazendo um total de Trinta e duas horas (32) na escola. O caminho metodológico dar-se-á com estudos teóricos e ações práticas na escolha do tema proposto, leituras, observações, registros, planejamentos, entrevistas, regência de classe, buscas teóricas e seleção bibliográficas, para a escrita do paper, consistindo em uma abordagem qualitativa de pesquisa, assim configurando um estudo de natureza descritivo/analítico e de campo. O estágio é um componente curricular, contribui para nós futuros pedagogo conhecer e vivenciar os espaços da sala de aula de educação infantil. É um momento em que ocorre uma relação entre teoria e prática, no qual o aluno de tem a oportunidade de ter a primeira vivência como educador em sala de aula. Neste trabalho iremos ver as concepções metodológicas dos professores e o lugar do lúdico na construção da aprendizagem e na aquisição do conhecimento, proporcionando assim o gosto de aprender de uma forma lúdica buscando transformar a sala em um lugar prazeroso de se estar, algumas definições importantes acerca do jogo no processo de aprendizagem, diferenciar o jogo, da brincadeira e do brinquedo, mostrando sua importância, sobre a fundamentação teórica o lugar do lúdico na construção da aprendizagem, vivência do estágio e impressões do estágio.

  1. ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: FUNDAMENTAÇÃO TÉORICA

O lúdico é um excelente recurso pedagógico, hoje em dia reconhece-se o seu enorme potencial de aprendizagem e a sua importância para o desenvolvimento cognitivo, linguagem e socialização da criança. A brincadeira faz com que a criança aprenda de uma forma diferente usando a sua imaginação, sendo uma das principais metodologias usadas na Educação Infantil através da brincadeira a criança pode se expressar através de suas fantasias, desejos, medos, sentimentos e o conhecimento que vai construindo a partir de suas experiências as relações sociais. A ação do educador e fundamental ele estrutura o ambiente e melhora a qualidade da aprendizagem nas atividades lúdicas, por meio de uma rotina na sala diferente na construção dia após dia de espaços onde a criança possa ter a música, o brinquedo, brincadeiras, historinhas, afim de que a criança alcance os objetivos de aprendizagem sem limitar sua espontaneidade e imaginação.

Um dos representantes mais importantes da psicologia histórico-cultural, partiu do princípio que: “O sujeito se constitui nas relações com os outros, por meio de atividades caracteristicamente humanas, que são mediadas por ferramentas técnicas e semióticas”. Vygotsky (1998)

Nesta perspectiva, a brincadeira infantil assume uma posição privilegiada para a análise do processo de constituição do sujeito, rompendo com a visão tradicional de que ela é uma atividade natural de satisfação do instinto infantil. A capacidade para imaginar, fazer planos, apropriar-se de novos conhecimentos faz surgir, nas crianças, através do brincar, pois a criança por intermédio da brincadeira, das atividades lúdicas está vivenciando novos conhecimentos, e atua mesmo que simbolicamente nas diferentes situações vividas pelo ser humano, reelaborando sentimentos, conhecimentos, significados e atitudes trazendo para si uma enorme bagagem de conhecimento e vivências prazerosas de sua vida escolar.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.4 Kb)   pdf (196.2 Kb)   docx (13.1 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com