TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Análise do Comportamento - Filme "Melhor é Impossível"

Por:   •  21/9/2015  •  Trabalho acadêmico  •  918 Palavras (4 Páginas)  •  1.418 Visualizações

Página 1 de 4

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ

ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA – ANÁLISE DO COMPORTAMENTO

SANTO ANDRÉ

2014

ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA – ANÁLISE DO COMPORTAMENTO

I. Identificação: Filme “Melhor é Impossível” (EUA, 1997, Direção de James L. Brooks).

Nome: Melvin (Jack Nicholson).

II. Descrição da Demanda

Descrição Cena: Após uma cena com o cachorro do vizinho e de jogá-lo na lixeira, Melvin tem uma discussão com seu vizinho, Melvin entra em seu apartamento, e tranca e destranca cada uma das fechaduras da porta cinco vezes contando em voz alta, após isso ele tem o mesmo comportamento na hora de acender as luzes, acende e apaga cinco vezes contando em voz alta. Ele entra no banheiro e retira as luvas, depositando as no lixo, em seguida ele pega um sabonete em seu armário de banheiro que na cena está claro que contém inúmeros sabonetes; ele pega um sabonete, esfrega a mão um pouco e joga no lixo, pega novamente outro sabonete, esfrega mais um pouco e joga no lixo. Na cena, não fica claro se ele faz este mesmo procedimento às cinco vezes como o comportamento inicial.

É possível observar que a personagem de Melvin, usou as luvas para poder pegar o cão, e esse foi o estímulo antecedente, em seguida quando ele entrou no apartamento e após trancar várias vezes a porta e acender as luzes, ele lavou as mãos com vários sabonetes, essa foi à resposta, que apresentou a obsessão pela limpeza e o comportamento compulsivo em lavar as mãos várias vezes, e a consequência é que ele evitará pegar o cachorro novamente.

Hipótese Diagnóstica: De acordo com o comportamento apresentado pela personagem, a hipótese diagnóstica é de TOC (Transtorno Obsessivo-Compulsivo) com comportamentos compulsivos.

Classificado no CID 10 como F42. 1 - Transtorno obsessivo-compulsivo com predominância de comportamentos compulsivos (rituais obsessivos)

III. Referencial Teórico

Segundo Del-Porto, o transtorno obsessivo-compulsivo era considerado uma doença rara a muitos anos atrás. Após alguns estudos equivocados, o TOC entrou para o rol dos cinco transtornos psiquiátricos mais comuns. Já em um estudo feito por especialistas, foi constatado que os índices apontados anteriormente por leigos, tinham uma diferença de 2,5% acima do que o estudo feito por especialistas.

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo é uma doença de grandes prejuízos sociais e que têm como consequência o sofrimento dos pacientes e de seus familiares.

O TOC atingi, homens e mulheres, diferente de outros transtornos ansiosos que são mais frequentes em mulheres (lembrando que no filme é um homem com TOC).

Grande parte dos estudos epidemiológicos que são realizados no mundo todo, aponta para as mesmas taxas de predomínio do TOC. A influência da cultura neste transtorno, só é apresentada na moldagem de alguns sintomas.

O TOC é um transtorno de difícil diagnóstico e descrição clínica. A distinção do Transtorno Obsessivo-Compulsivo é baseado nos acontecimentos primários de obsessões e/ou compulsões, apesar de esses sintomas serem os mais frequentes, nem sempre os sintomas estão associados. Na maioria dos casos, existem várias obsessões e compulsões que acontecem ao mesmo tempo, e não sintomas únicos, os pacientes podem mudar o tema de sua obsessão ou sintoma com o tempo.

Alguns autores, já comentaram que o TOC pode aparecer em qualquer época da vida. Mas, há um consenso entre os estudiosos que mostra na maioria dos casos, um surgimento na infância ou adolescência.

Para alguns autores, quando mais cedo surge o transtorno, pior é o prognóstico. Skoog & Skoog, acompanharam por mais de 40 anos alguns pacientes com o transtorno, o que puderam notar é que

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.2 Kb)   pdf (128.7 Kb)   docx (13.6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com