TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Envelhecimento

Por:   •  9/1/2019  •  Trabalho acadêmico  •  853 Palavras (4 Páginas)  •  23 Visualizações

Página 1 de 4

Para a realização do trabalho apresentado foi-me proposto que assumiria o papel de agente/facilitadora/líder comunitário e pensaria na realização de várias ações tendo em conta o bem-estar e o equilíbrio da minha comunidade.

Em primeiro lugar, resido na freguesia de arroios (concelho de Lisboa), considerada para muitos como a freguesia de muitos contrastes, de muitas nacionalizações, onde “cabem pessoas de 79 nacionalidades”. (Marques, 2016)

É uma freguesia que, de acordo com a informação retirada dos Censos de 2011, tem cerca de 32263 Habitantes, sendo 9513 habitantes provenientes do Brasil, Angola, Cabo Verde, China, India, Paquistão, Nepal, Roménia, entre outros, representando cerca de 30% da população da freguesia. (Martins, Ferreira, Melo, Varela, & Oliveira, 2017)

A freguesia de Arroios devido à grande diversidade cultural tornou-se num “microclima” de inúmeras nacionalidades e de culturas bastantes diferentes. Mas, apesar desta diversidade populacional que é uma mais valia para esta freguesia contribuindo para desenvolvimento de mentalidades socioculturais, também se verificou que ao longo dos últimos anos houve um decréscimo do número de moradores (residentes nacionais).

De acordo com um relatório que foi feito, em Fevereiro de 2017, para se saber mais sobre esta freguesia, notou-se que havia um número significativo de moradores idosos que abandonavam a freguesia para procurar lares ou casas de acolhimento noutras freguesias, pois na freguesia de arroios não existiam ou simplesmente se encontravam já sem vagas.

Perante este problema detetado, acho que, como “agente/facilitador/líder comunitário”, (papel que representei para este trabalho), deveria dar especial atenção a esta faixa etária compreendida entre os 70 e os 85+, desenvolvendo ações de prevenção, de incentivo, assumindo um compromisso para que estes moradores e não só para que não abandonassem a freguesia.

Proponho assim, um conjunto de iniciativas, tendo como base o bem-estar e o equilíbrio dos moradores desta freguesia, para que se sintam bem psicologicamente e socialmente e que gostassem sobretudo de morar na freguesia e que a freguesia lhes desse as respostas que precisam.

Envelhecer é um processo natural e como tal deve ser vivido no adulto de uma forma harmoniosa e ativa, a inexistência de meios poderá acarretar o surgimento de problemas de saúde tanto mentais como físicos podem impossibilitar uma boa qualidade de vida.

Importa salientar, que esta freguesia há muitos imóveis fechados, degradados ou em estado de abandono e muitos deles quando são remodelados são sobretudo para alojamento local ou até mesmo para hostels, contribuindo para que os seus moradores não se fixam e procuram outras formas, outros locais para trabalhar ou morar. Perante este facto, é necessário criar condições não só para os adultos com mais idade como também para os jovens e suas famílias. É importante criar incentivos de emprego e implementando medidas que impeçam o abandono dos adultos com mais idade da freguesia criando lares, serviços domiciliários e cuidados de saúde. Assim proponha nos prédios devolutos, se promova a sua reabitação construindo neles Centros de dia ou Casas de Repouso acolhedores, com todas as exigências necessárias, para o adulto idoso e não só, consiga se auto valorizar partilhando os seus conhecimentos, as suas experiências pessoais, onde poderá usufruir de atividades ao ar livre interagindo com outros e melhorando o intercâmbio geracional.

Por

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.8 Kb)   pdf (54.3 Kb)   docx (12.7 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com