TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

OS CONCEITOS DO HUMANISMO

Por:   •  13/9/2020  •  Trabalho acadêmico  •  1.642 Palavras (7 Páginas)  •  5 Visualizações

Página 1 de 7

[pic 1]

Abordagem Centrada na Pessoa

VA1

Documentário de Carl Rogers entrevistando  a paciente Glória (1964)

Davyson de Faria Walderrama

CONCEITOS DO HUMANISMO

Documentário Carl Rogers

A entrevista se trata de uma sessão de terapia com Carl Roger, terapeuta Humanista, faz uma intervenção com a paciente Glória, uma mulher por volta dos trinta anos de idade, divorciada, e mãe de uma menina, Glória se queixa dos desalinhos que tem com sua filha, ela não consegue ter uma conversa com ela sobre sexualidade, e também oculta a sua filha seu desejo de se relacionar com outros homems, o tema central desta sessão psicoterápica se descortina a cada fala da paciente Glória, Rogers procura deixar a paciente confortável para falar, e não a interrompe.

              Rogers se preocupa em deixar que a paciente enxergue pelo seu interior, atarvessadamente sentindo as experiências e as emoções, o foco de Rogers é, que para um terapia ser bem sucedida deve haver uma troca estimulante, deve haver um sentimento empático espontâneo no paciente, visa o tratamento psicoterápico humanista fluir nas profundezas experiênciadas pelo paciente, e assim, dar acesso as mudanças  que será produzida pelo paciente que serão oriundas das sessões de terapia, o sentimento sincero produzido pelo terapeuta, será percebido pelo paciente, e fará com que ele traga suas angustias mais veladas, confiando assim ao terapeuta créditos para acessa los.

No documentário o caso da paciente Glória, destacarei alguns pontos que são relevantes na teoria Abordagem Centrada na Pessoa, de Carl Rogers.

Os impasses que Glória tem a respeito da  aceitação de seus verdadeiros sentimentos, são bem relatados na sessão, ela idealiza de forma errada, produzindo incongruência, sendo a incongruência uma desalinho da real experiência e o simbólico, podendo a levar  a desajustes comportamentais e por fim prejudicar a  real personalidade, bem como prejudicar sua relações, como mostra no documentário, a dificuldade que Glória tem de se comunicar, verdadeiramente com sua filha .

A luz da teoria humanista Rogeriana, será preciso que Glória realize a Tendência Atualizante , pois a não realização das demandas  basais do organismo e a não realização das complexas causam desalinhos e desconfortos no indivíduo, sendo que a atuação da Tendência Atualizante, permitirá a afirmação de seu EU, preservando assim seu organismo, alinhando as experiências que foram vividas com a simbolização.

Rogers comenta: (ROGER, C. e col, 1975)

“Quando há acordo entre o "eu” e o "organismo”, isto é, entre a experiência do “eu” e a experiência do "organismo”, na sua totalidade, a tendência atualizante funciona de maneira relativamente unificada.”

O fato de Glória ter dificuldade em se soltar para ter novos relacionamentos, assumi los e assim podendo expor este novo momento para sua filha com tranquilidade, causam desconfortos em seu íntimo, pois sente insegurança de que tipo de reação sua filha terá, levando a ter conflitos internos e externos, Glória precisa dar novos significados em seus sentimentos  para assim atingir seu autêntico  EU, após chegar a este reconhecimento, enfim sim terá compreensão autêntica.

Conceito de Congruência, Rogers postula que a Congruência se dá em graus de honestidade que permeiam pela experimentação, a comunicação  a manifestação e a consciência. Sendo então a Congruência tem significado de que, quando nos comunicamos     (nossas expressões), o experimentado ou vivenciado ( os acontecimentos) e  seguido da nossa consciência ( nossas percepções) estão alinhadas, somente assim com este alinhavo seremos fiéis as nossas expressões sentimentais, atingindo a totalidade como seres, vivenciando o presente.

Glória demonstra não estar congruente com a situação em que está vivendo em relação a sua filha, o conflito que Glória está passando se dá pelo fato de ela estar com dificuldades de se abrir para a filha e contar suas verdadeira intenções a respeito de sua vida particular, causando conflito interno afastando se de seu verdadeiro self,  porem Rogers  investiga profundamente o que Glória está tentando transmitir, Rogers procura lacunas, com intuito de Glória desvele os desejos ocultados por ela mesma.

Conceito de EU , Rogers conceitua o termo EU para se dirigir ao processamento de reconhecer a si próprio, sendo então um autoconceito de como o individuo se enxerga no mundo, baseando se nas experiências vivenciadas, os estímulos gravados  e a  probabilidades futuras, assim sendo o EU se dá como algo mutável e volúvel podendo dar ao sujeito capacidade de acrescentar e desenvolver se pessoalmente.

No documentário, a paciente Glória demonstra esta identificação de seu EU no momento em que explicita que sente necessidade de ser sincera com sua filha, que não se sentindo a vontade para contar a sua filha suas verdadeiras experiências, pois achava que ela poderia reprovar suas condutas, sentindo então em termos Rogerianos que ela sentia necessidade de demonstrar o seu real EU para sua filha, pois assim faria com que ela fosse honesta com ela própria, fazendo então o reconhecimento de seu EU, tendo então uma relação verídica com sua filha e com seus sentimentos, porém ainda impedida de faze la por não ter sido congruente com seus sentimento e com suas atitudes. Rogers cita em seu livro (Rogers e col. 1975)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.5 Kb)   pdf (103.4 Kb)   docx (19.9 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com