TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Ênfase Na Tecnologia Ênfase No Ambiente

Trabalho Universitário: Ênfase Na Tecnologia Ênfase No Ambiente. Pesquise 837.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  10/6/2013  •  1.857 Palavras (8 Páginas)  •  3.203 Visualizações

Página 1 de 8

Ênfase na tecnologia Ênfase no ambiente

Introdução

Atualmente nas empresas se busca a supremacia em relação aos concorrentes, para alcançar esse objetivo às empresas tem enfrentado vários problemas dentro de suas organizações.

Assim as teorias administrativas servem para buscar e solucionar alguns desses problemas, e com a ajuda de bons lideres facilitadores e dinâmicos, tendo uma visão de mercado, não só local, mas globalizado, agindo em conjunto e sabendo se adaptar as constantes mudanças e variações ambientais, as empresas podem conseguir atingir seus objetivos e patamares desejados. Verifica-se também que o ambiente determina o modelo e a estrutura, bem como, o funcionamento das organizações, pois as características das mesmas não dependem dela própria e sim das circunstancias ambientais e da ênfase tecnológica que será utilizada.

Teorias na ênfase na Tecnologia

1.1 Teoria de Sistemas

Essa teoria surgiu com os trabalhos do biólogo alemão Ludwig Von Bertalanffy, essa teoria não busca solucionar problemas ou tentar soluções praticas mas criar teorias e conceitos baseados na experiência de organização e administração.

Segundo Von Bertalanffy, o sistema é um conjunto de unidades reciprocamente relacionadas e decorrem de dois conceitos, o de propósito ou objetivo e o de globalismo ou totalidade.

O biólogo defendia que os sistemas existiam dentro de outros subsistemas e que faziam parte de um sistema maior os supra-sistema que também fazem parte de um supra sistema maior que suas funções que dependem de sua estrutura, pois cada sistema possui um objetivo que constitui seu papel com outros sistemas do meio ambiente.

O sistema é um conjunto de elementos interdependentes que se unem para alcançar um objetivo, pois juntos conseguem que o resultado alcançado final seja maior do que o resultado de maneira isolada.

Assim a teoria de sistemas desenvolveu uma ampla visão do funcionamento organizacional, mas abstrata para resolver problemas específicos da organização e sua administração.

1.2 Teoria Matemática

Teoria matemática da administração é a parte das teorias da administração de empresas, utilizadas na teoria da administração para fins de estudo. Faz parte da abordagem sistêmica da administração, juntamente com a teoria de sistemas e a cibernética e administração, com seus dados quantitativos e qualitativos, através de dados sistêmicos na administração.

1.3 Teoria da Tecnologia da Informação

A Tecnologia da Informação oferece as ferramentas para permitir que todo o pessoal na organização solucione problemas cada vez mais complexos e aproveitem as oportunidades que contribuem para o sucesso, ou mesmo a sobrevivência da organização.

1.4 Teoria Contingencial

Teoria contingencial enfatiza que não há nada de absoluto nas organizações ou na teoria administrativa. Tudo é relativo. Tudo depende. A abordagem contingencial explica que existe uma relação funcional entre as condições do ambiente e as técnicas administrativas apropriadas para o alcance eficaz dos objetivos da organização.

2. Implicações Éticas:

Implicações Éticas nos Processos de Avaliação de Desempenho e Aprendizagem

“As pessoas são diferentes, nascem assim e pela natureza humana trabalham de formas diferentes”. A frase acima talvez possa resumir uma das maiores preocupações dos gestores de pessoas: como usar métodos que possam de forma eficiente e eficaz avaliar uniformemente o desempenho de pessoas diferentes com necessidades, anseios e experiências diferentes. A avaliação do desempenho precisa ser mais que um procedimento administrativo que “iguala ou nivela” pessoas em patamares de produção e desempenho estipulados pela empresa, pois as pessoas não fazem as coisas pelas mesmas razões e suas motivações e anseios variam de pessoa a pessoa ainda que os objetivos da empresa estejam definidos. Portanto, esse processo de aprendizagem se se implicam muitas vezes na ética de forma que o individuo se relaciona ou interagem em relação a ele mesmo, aqueles na qual ele convive, a sociedade como um todo e ao meio ambienteou ecossistema em que este individuo pertence, pois, o ser humano é fruto do meio em que vive e se expressa de acordo com estas condições acima relacionada, buscando assim diminuir os impactos sociais e ambientais de maneira ética exercendo a responsabilidade social dentro do exercício profissional tomado decisões que se sobressaem como reflexos desta responsabilidade, minimizando seus efeitos.

Assim, analisando as implicações de forma positiva, a implicação positiva se dá no processo ético, devido à diferença entre indivíduos, tanto na forma de sua natureza humana, como na forma de trabalho das organizações e seu funcionamento, e isso constatou, quebrando assim a paradigma de que a teoria clássica era eficiente, surgindo à teoria da contingência, ou até mesmo a teoria da tecnologia da informação, destarte as experiências, anseios e necessidades diferentes, há uma congruência de métodos que tornam os métodos mais eficientes e eficazes, buscando em cada individuo patamares de produção e desempenho estipulados pela empresas, com objetivos bem definidos a cada um dentro da organização.

ÊNFASE NO AMBIENTE: Ambiente é tudo o que acontece externamente, mas influenciando internamente uma organização. A Análise do Ambiente foi iniciada pelos estruturalistas, como a análise tinha abordagem de sistemas abertos aumentou o estudo do meio ambiente como base para verificar a eficácia das organizações, mas nem toda a preocupação foi capaz de produzir total entendimento do meio ambiente. As teorias da gestão têm ênfase no interior e exterior da organização. O ambiente geral e o ambiente da tarefa.

O ambiente geral é o genérico e comum que afeta direta ou indiretamente toda e qualquer organização, é constituído de um conjunto de condições semelhantes, são elas tecnológicas, legais, políticas, econômicas, demográficas, ecológicas ou culturais.

Tecnológica é quando ocorre desenvolvimento tecnológico nas outras organizações, é preciso se adaptar para não perder a competitividade. As condições legais constituem a legislação, são leis trabalhistas, fiscais, civis, de caráter comercial, etc.

As condições políticas são decisões e definições políticas. As condições econômicas constituem o que determina o

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.6 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com