TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

OS ESTAGIOS DA APRENDIZAGEM

Por:   •  20/5/2020  •  Resenha  •  398 Palavras (2 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 2

ESTAGIOS DA APRENDIZAGEM

Vemos que no estágio de aprendizagem na habilidade motoras, todas as pessoas passam por estágio diferentes, na medidas que vão adquirindo habilidades.

Modelo de três estágios de Fitts e Posner.

Habilidade Quicar; O aprendiz precisa se envolver na atividade cognitiva á medida que ouve instruções. Ou seja, o professor passa o feedback ao aluno, mas o aluno tem a consciência que faz errado, só que geralmente não tem a capacidade de saber o que precisa para melhorar.

Estágio associativo/Refinamento; O aprendiz precisa se envolver na atividade cognitiva á medida que ouve instruções, assim comete o menor número de erro e menos grosseiros. O professor ajudar a aperfeiçoar a habilidade.

Estágio autônomo; O indivíduo não precisa pensar no movimento que realiza enquanto desempenha a habilidade. Ou seja, a habilidade torna-se habitual, algo automático. Sendo que o professor ajuda a desenvolver uma técnica, com muito tempo de prática. O aluno experiente consegue detectar seus próprios erros e fazem ajustes para corrigi-los.

Modelo Dois estágios de Gentile;

Primeiro; Captar a idéia do movimento: Necessita discriminar entre aspectos ambientais que especifiquem como movimentos deverão ser produzidos. Ou seja, mostrando certo o jeito de fazer o movimento.

Segundo estágio; Fixação/diversificação: Aprendiz precisa adquirir várias características para continuar o aperfeiçoamento da habilidade. Desenvolver  habilidade com economia de esforço.

Habilidade motora fechada; Quando a habilidade é desempenhada em um ambiente previsível e estável, onde o praticante determinar quando iniciar a ação.

Habilidade motora aberta; Quando habilidade que envolve um ambiente mutável imprevisível, em que o ambiente determina quando iniciar a ação. O indivíduo precisa de adaptar a ação.

Assim podemos ver que há estágios de aprendizagem que devemos respeitar e conhecer muito bem para podermos ministrar aulas práticas aos alunos. Não podemos correr o risco de prejudicar o correto desenvolvimento de uma determinada habilidade motora no início por causa de omissão ou pressa em seguir algum cronograma estipulado pela instituição de ensino. Claro que existe um plano de aula à ser seguido no caso de uma escola por exemplo, mas temos que nos atentar ao fato de que cada indivíduo se desenvolve com um ritmo próprio e são diferente uns dos outros. Cabe ao professor identificar essas diferenças entre cada indivíduo e ministrar as aulas de acordo, dando sempre o feedback e orientando o aluno da melhor forma possível para que haja continuidade no processo de aprendizagem da habilidade motora em questão, sem que haja perda de informação nesse processo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (31.2 Kb)   docx (7.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com