TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho de Urgência e Emergência em Educação Física

Por:   •  25/6/2020  •  Trabalho acadêmico  •  445 Palavras (2 Páginas)  •  3 Visualizações

Página 1 de 2

[pic 1]

Trabalho de Urgência e Emergencia em Educação Física

Prof: Flávia Barboza

Discentes:

Rafael Alexandre - 26081671

Raryne Melo – 04039490

Samuel Artur Santos – 04044743

Raphael Reis – 04054220

Ervelton Alves – 04037720

Victória Alexandra – 26153778

Jefferson Abreu - 04054370

]

Trabalho de prevenções de urgência

Texto 1:

Durante um jogo de futebol no estádio mangueirão, o estádio estava lotado e na saída, antes de chegar na rampa, um senhor na faixa etária de 40-50 anos sente um mau-súbito com falta de ar e dor no peito. A primeira medida seria isolar a área e chamar o socorro. Um torcedor passou e sem o treinamento adequado tentando ajudar, mas isso deve ser evitado pois é um erro tentar remover a pessoa do local. O correto nesse caso seria deitar a vitima no chão com a barriga pra cima, levantar ligeiramente o queixo para facilitar a respiração, apoiar as mãos sob a outra, entre os mamilos acima do coração, fazer duas compressões por segundo até que o coração da vitima volte a bater sozinho ou até a chegada da ambulância. Porque esses são os primeiros socorros possíveis se a pessoa está socorrendo a vitima não tiver o treinamento adequado pode ter um infarto agudo do miocárdio e eventualmente vir a óbito. O erro mais comum é tentar mover a vitima ou tentar fazer com que ela tenha que fazer mais esforços para sair do local.

Texto 2:

Um pedestre em uma via ao atravessar acaba sendo atropelado, a vitima informa quadros de fratura no braço. O condutor presta os primeiros socorros necessários, que são: acionar o samu, fazer o isolamento da área e manter a vitima calma. Na situação, o correto é orientar os curiosos para não movimentar a vítima até o socorro chegar. Enquanto isso, manter os membros afetados em repouso, imobilizados, e jamais tentar endireitar a fratura. Sendo tais procedimentos corretos para a vítimas de acidentes com fratura. Evitando que a vítima perca os movimentos ou agrave a lesão através de atrofia e eventual amputação do membro com socorros incorretos. O erro mais comum é tentar remover a vítima do local para buscar ajuda.

Texto 3:

Uma turma estava no açaí biruta curtindo o crocodilo prime, quando ocorreu uma briga e um dos rapazes que estava bêbado sacou uma arma branca e desferiu uma facada. Então um sujeito que estava no local isolou a área e ligou para o samu e não deixou que movessem ou tocassem na vitima, evitando a retirada da faca e aguardando ajuda. Pois existe um alto risco de agravar o quadro podendo criar uma hemorragia, aumentando assim o risco de morte. O erro mais comum é tentar remover a vitima do local de forma inadequada e sem auxílio de pessoas capacitadas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)   pdf (51.7 Kb)   docx (19.3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com