TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Fisiologia

Por:   •  1/6/2016  •  Trabalho acadêmico  •  978 Palavras (4 Páginas)  •  81 Visualizações

Página 1 de 4

Período Pré-Patogênese

Periodo Patológico

Periodo Patológico

Agente: resistência aos efeitos da insulina. [pic 1]

Interação com o estimulo

1° Deterioração da célula Pancrática

2°Alteração na curva de intolerância

3°Resistencia e deficiência relativa a        

 Insulina.

4° Lipodistrofias

defeitos

-cegueira

-problemas renais

-amputações

- ulceras

-gastroperasia

-neurogênica

-problemas cardíacos

-depressão  

[pic 2]

Ambiente: Estilo de vida,Alimentação,Alcoolismo ,

Sedentarismo,Farmacos.

Sinais e Sintomas

Hiperglicemia ,Visão embaçada, Câimbras musculares, adinamia, polidipsia,pele seca.

Suscetível: Genética, Idade, Sexo,

 Hormônios, Intolerância a glicose,

 obesidade., diabetes gestacional.

Estimulo

             

 

Cronocidades

Tratamento do quadro  hiperglicêmico doenças cardiovasculares, retinopatias, nefropatias, neuropatias, cataratas,cardiopatia isquémica

Prevenção Primaria

Promoção a saude

Educação sanitaria,Hábitos dieteticos, Aumento da atividade fisica,controle de peso,revisão periodica,indentificação de fatores de risco.

Proteção especifica

 Controle dos Fatores de risco.

Obesidade,tabagismo,sedentarismo,alcolismo,

Farmacos de uso homonais.

Grupos de apoio constante.

Preveção Secundaria

Diagnostico precoce

Controle de peso,dieta,exercicios,quadro hipoglicêmico,vigilancia constante dos niveis de :

Glicemia,Hg glucosilada,glucosuria,Colesterol total,hdl,triglicéridios,imc,pressão-

Arterial,pele,edema cardiaco.

Limitação de danos

 controle da nefropatia.

Terapia substitutiva.

Tratamento da retinopatia diabetica

Atrasar as amputaçãoes

Controle de peso ,

Exercicios e tabagismo.

Prevenção terciaria

Reabilitação

Participação da familia no tratamento.

Grupos do apoio para reabilitação na sociedade.

[pic 3][pic 4]


[pic 5]

Diabetes Mellitus (Tipo 2).

     Epidemiologia.

O diabetes mellitus é uma disfunção metabólica de múltipla etiologia caracterizada por hiperglicemia crônica resultante da deficiência na secreção de insulina, ação da insulina ou ambos. É a mais comum, corresponde entre 90 a 95% dos casos. O diabetes apresenta alta morbimortalidade, perda importante na qualidade de vida e incorre em altos encargos para os sistemas de saúde. É uma das principais causas de mortalidade, insuficiência renal, amputação de membros inferiores, cegueira e doença cardiovascular em todo o mundo, incluindo doenças coronarianas e acidentes vasculares encefálicos. A maioria das consequências do diabetes resulta dessas complicações micro e macro vascular.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou em 1997 que, após 15 anos de doença, 2% dos indivíduos acometidos apresentarão cegueira e 10% deficiência visual grave. Além disso, estimou que, no mesmo período de doença, 30% a 45% apresentarão algum grau de retinopatia, 10% a 20%, de neuropatia, 20% a 35%, de neuropatia e 10% a 25%, de doença cardiovascular (King, 1998). No Brasil, segundo estimativas, já são mais de 12 milhões de portadores1 com maior incidência em obesos acima dos 40 anos. Geralmente há uma maior pré-disposição na faixa etária acima dos 40 anos, porém nos últimos anos devido aos maus hábitos alimentares e sedentarismo, tem se visto um grande aumento no número de crianças obesas ou com sobrepeso, diagnosticadas com diabetes.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.2 Kb)   pdf (158.1 Kb)   docx (754.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com