TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ANÁLISE DA ATITUDE COMPORTAMENTAL DA FALA, EM CRIANÇAS COM QUEIXA DE GAGUEIRA E OUTRAS ALTERAÇÕES NA FALA.

Por:   •  18/1/2016  •  Artigo  •  4.382 Palavras (18 Páginas)  •  509 Visualizações

Página 1 de 18

ANÁLISE DA ATITUDE COMPORTAMENTAL DA FALA, EM CRIANÇAS COM QUEIXA DE GAGUEIRA E OUTRAS ALTERAÇÕES NA FALA.

Analysis of the speech behavioral  attitude in children with stuttering complaint and other changes in speech

Ana Teresa Brandão de Oliveira e Britto (1), Érika Queiroga Werkhaizer (2),

 Denise Brandão de Oliveira e Britto (3),

Daniela Boaventura de Oliveira (4), Daniela Karine Leal Souza Bueno (5). 

1-Professor Adjunto na Universidade Católica de Minas Gerais.

2-Professor Assistente da Universidade Católica de Minas Gerais.

3-Professor Adjunto da Universidade Católica de Minas Gerais

4-Graduanda em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Minas Gerais.

5-Graduanda em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Minas Gerais.

Agradecimentos

A nossa orientadora, Ana Teresa de Oliveira Brandão e Britto, pela paciência, apoio e atenção, e mesmo estando ausente por um período conseguiu se fazer presente, durante a elaboração desse trabalho;

A Fonoaudióloga Érika Queiroga Werkhaizer, que além de nos dar a oportunidade de desenvolver este trabalho, nos orientou e colaborou com a pesquisa;

A Coordenadora Denise de Oliveira Brandão e Britto, pelo apoio e colaboração;

Aos pais e crianças que participaram da pesquisa, pela sua disponibilidade e pré-disposição;

Aos nossos pais, familiares e amigos que compartilharam os sentimentos de todo esse processo e nos apoiaram;

A Deus, pela graça da vida.

Resumo

Objetivo: Avaliar a atitude comunicativa de crianças com queixas de gagueira e outras alterações na fala. Métodos: Aplicação do questionário KiddyCAT (6) teste que avalia atitude comunicativa, em três grupos de crianças com idade entre 3 e 6 anos, com queixa de gagueira e de fala (Grupo Pesquisa gagueira e grupo pesquisa fala) e sem queixa (Grupo Controle) de gagueira e fala, provenientes da lista de espera do Centro Clinico de Fonoaudiologia. Resultados: A análise dos dados foi realizada por meio de uma comparação da média do escore dos grupos e dos gêneros. Ao analisar o escore do teste KiddyCAT (6), encontra-se uma diferença entre os desempenho do gênero feminino em relação ao masculino, ao analisar os grupos de sujeitos com queixa de gagueira e o grupo com sujeitos com queixa de fala também observa-se uma diferença entre os escores.Conclusão:Os resultados confirmam que crianças com queixas de gagueira e alterações na fala tem percepção de suas queixas e do impacto que elas causam em suas vidas.

Descritores: Gagueira, Fala, Distúrbios da fala, Desenvolvimento infantil, Linguagem infantil, Fonoaudiologia, Desenvolvimento da linguagem, Comunicação, Patologia da fala e linguagem.

Abstract

Objective: Evaluate the communicative attitude in children with stuttering complaint and other changes in speech. Method: The KiddyCAT (6) questionnaire was applied in three groups of children with age between 3 and 6 years old, with complaint (research group) and without complaint (control group) of stuttering and speech coming from the waiting list of the Speech Therapy  Clinical Center. To collect the info, the KiddyCAT (6) questionnaire was used and the test was used intending to evaluate the communicative attitude in children with age between 3 and 6 years old with stuttering complaint and other changes in speech. The test  is composed by 12 ‘yes’ or ‘no’ questions, but 6 of this questions were scheduled to have ‘yes’ in the answer and the other 6 were defined to have ‘no’ in the answer. Each negative answer is punctuated with the score 1, resulting in the punctuation between 0 and 12 and the last one represents the total score indicating the negative attitude to the communication. Results: The data analysis was realized comparing the average score of the groups and genders. When the KiddyCAT (6) score test was analyzed, found a difference between male genre performance and female genre performance. Analyzing the complaint of the individual stuttering groups and the complaint of the individual speech problems group, is also possible to note a difference between the scores. Conclusion: The results confirm that children with stuttering complaint and speech changes have perception about their complaint and how these things can impact in their lives.

Keywords: stuttering, speech disturbance, children development, children language, Speech Therapy, language development, communication, speech and language pathology.

Introdução

        A comunicação é um processo de criação e formulação de significado por meio de mensagens enviadas, recebidas e interpretadas. Envolve uma mistura de várias informações transmitidas por elementos verbais, motores e sociais. Uma comunicação produtiva e fluente inclui alguns fatores como postura, linguagem corporal, formulação de informação, voz e articulação (1).

Disfluências podem ocorrer na fala e serem consideradas normais. É importante esclarecer a diferença entre disfluência e  gagueira, a primeira refere-se a interrupções naturais comumente encontradas no fluxo da fala normal; a segunda refere-se as rupturas incomuns que caracteriza a fala gaga. A gagueira se apresenta como rupturas mais frequentes e incomuns que, por diversas razões não permitem a recuperação rápida do equilíbrio dos componentes linguísticos e paralinguisticos processados por diversos sistemas neurais que convergem para as informações a serem transmitidas (1,5).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (30.8 Kb)   pdf (201.9 Kb)   docx (30.9 Kb)  
Continuar por mais 17 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com