TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estruturas Organizacionais

Por:   •  11/4/2013  •  Tese  •  1.694 Palavras (7 Páginas)  •  474 Visualizações

Página 1 de 7

Estruturas Organizacionais Estrutura organizacional é um meio utilizado pelas organizações para atingir eficientemente seus objetivos. Pode ser identificada pelo agrupamento de pessoas em departamentos e de departamentos na composição da organização. Ela é o instrumento administrativo resultante de identificação, análise, ordenação e agrupamento das atividades e dos recursos das empresas, incluindo o estabelecimento dos níveis de alçada e dos processos decisórios, visando ao alcance dos objetivos estabelecidos pelos planejamentos das empresas. Ao definir a estrutura de uma organização, o administrador deve estar atendo a alguns pontos principais a saber:  Hierarquia – resulta da distribuição de autoridade e responsabilidade. Pode ser resumida como a especialização vertical da organização;  Distribuição da autoridade e responsabilidade – consiste na distribuição de poder entre da organização dando origem aos níveis hierárquicos.  Cadeia de comando – são as linhas retas e diretas que levam a autoridade dos níveis hierárquicos mais altos até os mais baixos.  Departamentalização – é a especialização horizontal da organização baseada em critérios objetivos de homogeneidade, por meio dos quais são agrupadas pessoas em departamentos e departamentos na estrutura da organização.  Amplitude administrativa – também conhecida como amplitude de controle. Relaciona-se como o número de subordinados por chefia.

Tradicionalmente,existem três tipos básicos de estruturas organizacionais:

 Estrutura Linear

 Estrutura Funcional

 Estrutura Linha-Staff

Estrutura Linear

Trata-se da forma de organização mais antiga e mais simples. Ela encontra suas origens nos antigos exércitos e nas organizações religiosas.

Essas formas de estrutura possuem por principais princípios os seguintes:

 Autoridade linear – hierarquia da autoridade;

 Cadeia escalar – Linhas diretas e únicas de autoridade e responsabilidade entre superior e subordinado;

 Comunicação Formal – Linhas de comunicação rigidamente estabelecidas.

Professor Rafael Barbosa

Administração Pública

Material 01

2 É PROIBIDO REPRODUZIR OU COMERCIALIZAR www.estudioaulas.com.br

Segundo Idalberto Chiavenato (2011), a estrutura linear possui as seguintes características:

 Autoridade linear ou única: autoridade única e absoluta do superior sobre o subordinado decorrente do princípio da unidade de comando. Essa autoridade é baseada na hierarquia, portanto, se restringe aos subordinados.

 Linhas formais de comunicação: A comunicação somente é feita por meio das linhas previstas no organograma. Isso faz com que cada gerente centralize a comunicação com os subordinados.

 Centralização das decisões: Existência de uma autoridade máxima que centraliza todas as decisões e o controle da organização.

 Aspecto Piramidal: Decorre da centralização, pois a medida que aumenta o nível hierárquico, diminui o número de cargos ou órgãos, formando um organograma verticalizado.

Como vantagens dessa estrutura podem ser mencionadas as seguintes:

 Estrutura simples de fácil compreensão – a simplicidade dessa estrutura reside no fato de haverem poucos órgãos;

 Clara delimitação das responsabilidades dos órgãos – Nenhum órgão ou cargo intervém na área alheia;

 Facilidade de implantação – facilidade no funcionamento, controle e manutenção da disciplina;

 Estabilidade – devido ao controle rígido e à centralização, a estrutura linear gera grande estabilidade no funcionamento da organização.

Como desvantagens merecem destaque as seguintes:

 Estabilidade e constância nas relações – Por ser uma estrutura estável, tende a levar a organização à rigidez e inflexibilidade, dificultando a inovação e adaptação da organização ao ambiente externo.

 Autoridade linear baseada no comando único e direto – Pode resultar em uma autoridade autocrática, o que dificulta a cooperação e iniciativa das pessoas.

 Excesso na função de chefia e comando – as chefias monopolizam

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com