TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Gestão Ambiental e Tratamento de Resíduos

Por:   •  13/5/2019  •  Dissertação  •  491 Palavras (2 Páginas)  •  12 Visualizações

Página 1 de 2

QUESTÕES PROPOSTAS

1 - Quais são os critérios estabelecidos para a classificação de resíduos. Resposta: A classificação de resíduos envolve a identificação do processo ou atividade que lhes deu origem, além de seus constituintes e características com listagens de resíduos e substâncias cujo impacto à saúde e ao meio ambiente é conhecido. A NBR 10004/04 da ABNT dispõe sobre a classificação dos resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública para que possam ser gerenciados adequadamente. Os resíduos são classificados, de acordo com a NBR 10.004, como: Resíduos Classe I - Perigosos: aqueles que apresentam periculosidade, conforme definido no item periculosidade, ou uma das características como inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade, patogenicidade. Resíduos Classe II A – Não Inertes: Aqueles que não se enquadram nas classificações de Resíduos Classe I – Perigosos ou de Resíduos Classe II B – Inertes, nos termos da norma ABNT NBR 10.004:2004. Os Resíduos Classe II A- Não Inertes podem ter propriedades, tais como: biodegradabilidade, combustibilidade ou solubilidade em água. Resíduos Classe II B – Inertes: Quaisquer resíduos que, quando amostrados de uma forma representativa, segundo a ABNT NBR 10.007:2004, e submetidos a um contato dinâmico e estático com água destilada ou deionizada, à temperatura ambiente, conforme ABNT NBR 10.006:2004, não tiverem nenhum de seus constituintes solubilizados a concentrações superiores aos padrões de potabilidade de água, excetuando-se aspecto, cor, turbidez, dureza e sabor.

2 - Discuta em 10 linhas sobre a destinação incorreta dos resíduos e suas consequências. Resposta: A destinação incorreta de resíduos além de proporcionar condições para alagamentos, por meio da obstrução das redes de esgoto e dos rios, é responsável também por gerar uma série de transtornos, que vão da poluição visual, o aumento dos gastos com limpeza urbana, até casos mais graves, como disseminação de doenças, podendo causar mortes de seres humanos e animais e prejudicando a sobrevivência da fauna e flora de diversas regiões. A poluição do solo, por exemplo, pode alterar suas características físicoquímicas, representando grave ameaça à saúde pública, ao tornar o ambiente propício ao desenvolvimento de transmissores de doenças. Essa deposição de resíduos perigosos no solo e nos vegetais prejudica a flora e fauna, além de ser responsável por reduzir a produção agrícola. O lançamento de efluentes não tratados em rios, lagos e córregos provocam um sério desequilíbrio no ecossistema aquático, consumindo o oxigênio em seu processo de decomposição, causando a mortalidade de peixes e plantas.

CONCLUSÃO

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.2 Kb)   pdf (30.8 Kb)   docx (7.9 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com