TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Poblema Levantado No Contexto Da Escola

Pesquisas Acadêmicas: Poblema Levantado No Contexto Da Escola. Pesquise 794.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/10/2013  •  2.664 Palavras (11 Páginas)  •  238 Visualizações

Página 1 de 11

SUMÁRIO

1. Introdução ................................................................................................... 4

2. Problema levantado no contexto da escola ................................................. 6

3. Referencial teórico........................................................................................ 7

4. Plano de ação............................................................................................... 10

5. Considerações finais..................................................................................... 12

6. Referências bibliográficas............................................................................. 14

1. INTRODUÇÃO

Diariamente temos notícias de violência nas escolas, depredação de prédios públicos, brigas, discussões entre alunos e professores, ameaças, etc. O tema é explorado na mídia de forma assustadora e a educação Infantil também enfrenta os problemas relacionados à violência.

Pretende-se com este trabalho fazer uma breve abordagem sobre fenômenos da violência exercida por crianças nas escolas e como tal fato é devido a problemas de inadaptação, confirmando se essa inadaptação é consequência do meio onde se inserem.

A escola que visitamos tem vivenciado alguns problemas relacionados à violência principalmente relacionados a agressividade. É comum a queixa de professores e pais diante da problemática. Infelizmente estamos longe de chegarmos ao marco zero em relação à violência vivida nas escolas. Baseado em pesquisas na educação infantil o tema violência é preocupante principalmente quando se trata de crianças em fases da vida onde agressões não deveriam fazer parte da vida dos pequenos. Claro que existem muitos fatores que levam a um comportamento violento, tais como o meio social, os problemas familiares internos e externos, a influencia da mídia, etc.

Nosso objetivo não é esclarecer todos os meios que levam a tais agressões ou violências, mas percebemos que a própria estrutura escolar muitas vezes facilita tal comportamento. Diante dos fatos vivenciados, fizemos uma pesquisa e foi constatado que o lúdico deve fazer parte intensa como proposta principal com intuito de amenizar tais atos agressivos. Assim sendo, configurou-se como problema de investigação deste estudo o seguinte: Seria o lúdico uma estratégia para amenizar os atos agressivos na escola? Desta maneira, para maior compreensão da pesquisa foi enfocado os seguintes aspectos: A ludicidade na educação infantil e as condutas agressivas nos ambientes escolares infantis. A amostra foi composta por 25 alunos com cinco anos de idade e para levantamento dos dados foram utilizadas a entrevista estruturada e a observação participante. Realizamos alguns encontros com os alunos, sendo todas as segundas-feiras no pátio da escola durante três semanas. Foram propostas diferentes atividades lúdicas que necessitavam de ajuda do amiguinho para atingir o objetivo final, de forma que os alunos ampliassem o seu relacionamento social, relacionamento este de cooperação e respeito para com o outro, além de ter propiciado momentos de divertimento.

Os resultados obtidos na pesquisa foram que as atividades lúdicas cooperativas representam um diferencial importante na diminuição da agressividade no ambiente escolar.

PROBLEMA LEVANTADO NO CONTEXTO DA ESCOLA

A escola pesquisada E.M “Bruna Ferreira da Silva” possui aproximadamente 200 alunos do Berçário ao Jardim II. Sua proposta pedagógica foi elaborada com a responsabilidade de oferecer um conjunto de práticas que buscam articular as experiências e os saberes das crianças e também os conhecimentos que fazem parte do patrimônio cultural artístico, ambiental, científico, e tecnológico, de modo a promover o desenvolvimento integral das crianças, pois estimula seu desenvolvimento, formando assim cidadãos autônomos, críticos e capazes de adquirir novos conhecimentos e de enfrentar novos desafios.

Possui projetos elaborados em conjuntos com professores e direção. Possibilita a todas as crianças, sem discriminação de raça, credo, gênero, assim como aquelas portadoras de necessidades especiais, uma vida coletiva social diferente e complementar ao contexto familiar, assegurando experiências em novo meio baseado em relações estáveis e afetivas com adultos e crianças. É comprometida com princípios democráticos e a formação da cidadania, cumprindo a tarefa de disseminar discussões entre seus profissionais e as famílias sobre determinadas questões pertinentes à realidade sociocultural brasileira tais como a pluralidade cultural e a discriminação a que grande população esta sujeita à questão ética, como a preservação ambiental, a sexualidade e violência. Segue as leis de Diretrizes e Base da Educação, oferecendo as crianças oportunidades para que possam desenvolver suas capacidades de compreensão e reflexão, bem como possibilidades de experimentações, vivências, para que se tornem indivíduos, críticos, conscientes, questionando e transformando o meio social que faz parte, Tomando possível que os alunos consigam fazer novas descobertas através de um jeito prazeroso.

Pudemos perceber que educação brasileira está sendo cada vez mais objeto de preocupação para todos aqueles que têm uma ligação direta ou indireta com a instituição escolar.

O fenômeno da violência é um problema para indivíduos e sociedade de modo geral. O tema sofre em muito a influencia da mídia. Em alguns lugares assumiu realmente, uma proporção de calamidade. As respostas a este fenômeno tem se mostrado múltiplas e diversas, abrangendo uma gama de medidas, nos mais diversos níveis.

As primeiras manifestações da criança de prazer ou desprazer frente a situações impostas acontecem quando ainda estão na barriga da mãe, ao fazerem movimentos bruscos com os pés. Por volta dos dois anos de idade a criança apresenta atitudes agressivas quando bate os pés, grita, chora e outros. Essa agressividade poderá aumentar no decorrer

...

Baixar como (para membros premium)  txt (18.5 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com