TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

EXEMPLOS DE ELEMENTOS DE APOIO AO TEXTO

Por:   •  9/3/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.800 Palavras (8 Páginas)  •  15 Visualizações

Página 1 de 8

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2.2 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 8

2 EXEMPLOS DE ELEMENTOS DE APOIO AO TEXTO 14

2.1 EXEMPLO DE PLANOS DE CARREIRA 14

2.2 EXEMPLO DE TRANSPARÊNCIA 14

3 CONCLUSÃO 15

1 INTRODUÇÃO

Esta produção textual tem por tema a realização de um diagnóstico organizacional sobre excelência gerencial, apresentando os principais objetivos e as características do tema abordado, através de exemplos, pesquisas e demonstrações estruturais pela entidade pública que segue:

Esta produção textual tem por tema apresentar a excelência na Gestão Pública adquirida com a eficiência do seus trabalhos. Através dos conteúdos estudados nas disciplinas do semestre em situação, poder realizar a integração entre a teoria e a prática, discutir aspectos fundamentais, por meio de um estudo de caso aplicado no Tribunal de Justiça do estado de Alagoas.

2 DESENVOLVIMENTO

2.1 CONTABILIDADE NA GESTÃO PÚBLICA

2.2 ACCOUNTABILITY DEMOCRÁTICA

Para início deste desenvolvimento, será abordado sobre uma ferramenta utilizada na Contabilidade Pública denominada accountability. Trata-se de um termo da língua inglesa, que pode ser traduzido para o português, como responsabilidade com ética e que remete à obrigação de membros de um órgão administrativo ou representativo de prestar contas. O uso de accountability em uma gestão pública mostra a preocupação do gestor em deixar bem claro a sociedade em geral como ele está aplicando os recursos disponíveis em produtos e serviços que realmente sejam de interesse social comum.

Da mesma forma, a accountability democrática tem a finalidade de remeter à sociedade a responsabilização política ininterrupta do Poder Público, utilizando para isso três procedimentos: o processo eleitoral; controle institucional durante o mandato e; criação de regras estatais intertemporais a fim de garantir os direitos dos indivíduos e da coletividade. Desse modo, os governantes devem prestar contas ao povo e o Estado deve ser regido por regras que limitem sua atuação assegurando os direitos básicos do cidadão. Tudo isso sob a vontade do povo, que é a principal fonte de soberania, garantindo a democracia dentro de uma sociedade.

Já que as eleições não contêm nenhum instrumento que obrigue os políticos a cumprirem suas promessas feitas na campanha, sua avaliação de desempenho só poderá ser feita na próxima votação. Como o processo eleitoral é o ponto de partida de um governo democrático, devem ser criadas regras que possam tornar mas segura e confiável a relação entre representantes e representados.

Para que a sociedade possa acompanhar e, da mesma forma, avaliar o desempenho e decisões tomadas pelo Poder Público, as ferramentas de accountability podem ser divididos em cinco, sendo eles de forma resumida:

a) Controle Parlamentar: este é exercido pelo Legislativo e Executivo, através da fiscalização orçamentária, instauração de comissões e participação na nomeação de integrantes da alta burocracia;

b) Controle Judicial: seu principal papel é garantir que os governantes e altos funcionários públicos atuem conforme prescrevem as leis;

c) Controle administrativo-financeiro das ações estatais: como ponto principal, visa a probidade, ou seja, impedir o mau uso dos recursos público, acompanhando se o seu uso está conforme previsto pelo Orçamento e pelas normas legais;

d) Controle da administração pública: este responsabiliza o Poder Público

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.1 Kb)   pdf (55.7 Kb)   docx (14.5 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com