TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Alan Turing

Por:   •  18/2/2016  •  Bibliografia  •  2.263 Palavras (10 Páginas)  •  217 Visualizações

Página 1 de 10

Introdução

Considerado como um o pai da Computação, Alan Turing cientista e matemático foi um dos primeiros a acreditar que as máquinas poderiam se tonar inteligentes através de instruções e para confirmar esta informação criou um modelo matemático teórico que deu origem ao invento Máquina de Turing (ou Christopher, conforme batizado por Turing com o nome de seu melhor amigo) esta máquina se tornou um modelo de computador universal que é a base para os equipamentos utilizados por nós atualmente. Alan e sua máquina são reconhecidos mundialmente pela grande contribuição na Segunda Guerra Mundial e mais tarde na computação. O artigo descreve um pouco dos principais acontecimentos ao longo de sua vida e as contribuições deixadas por ele para a sociedade.

Bibliografia

Filho de Julius Mathison Turing (1873–1947) e Ethel Sara (1881–1976), Alan Mathison Turing nasceu em 23 de junho de 1912 em Warrington Crescent próximo a cidade de Londres. Era o segundo filho do casal, seu irmão mais velho se chamava John. Viveu com sua família até o ano de 1913 seus pais o largou bebê e seu irmão de 5 anos aos cuidados de um coronel reformado e sua esposa em St. Leonards-on-Sea em Sussex sudeste da Inglaterra, naquele tempo era comum pais ingleses abandonar seus filhos.

Apesar de ser abandonado cedo pelos pais, Alan sempre foi uma criança normal, sua mãe retornou em 1916 para o visitar e seu irmão, mas o menino reagiu com sentimentos confusos que foram carregados pelo resto de sua vida, mas apesar disso amava sua mãe mas a achava insuportável e ela tinha uma grande preocupação com Alan que era fazê-lo parecer ser uma pessoa respeitável mas Alan era uma criança de gênio forte e muito bagunceiro o que poderia tornar a vontade de sua mãe impossível. No internato Alan Turing se encontrava sempre desmazelado, com as mãos sujas e não entrosava com os outros e sua postura antissocial se perdurou ao longo de sua vida. Era uma criança tímida e solitária e sua gagueira ainda o deixava pior. Turing teve dificuldades para ler e escrever mas aprendeu a ler sozinho. Com 11 anos descobriu sua paixão por química orgânica mas isso não o deixava de ser uma criança desinteressada e o reflexo disso era que ele não sabia ao menos fazer uma divisão com grandes dígitos.

Após seus pais voltarem de vez da Ásia as crianças voltaram a morar com eles, neste momento a família Turing se mudou para a França. Alan gostava bastante do novo lugar, aprendeu francês com facilidade e descobriu que seu avô paterno era um especialista em matemática em Cambridge.

Aos 13 anos Alan conseguiu uma bolsa para estudo em Sherbone, escola pública que era um pouco prestigiada em Dorset e partiu para Southampton para iniciar os estudos na nova escola. Logo no primeiro dia de sua nova descobriu que o país entrou em greve onde e não havia transporte público, mas mesmo assim não desistiu de sua viagem até Sherbone e de bicicleta conseguiu chegar na cidade. Já em atividade nos estudos, Turing começou a praticar esporte e o escolhido foi corrida e foi um bom corredor. Uma coisa notada era que Turing possui uma grande resistência física e intectual quando era de seu interesse e no decorrer de sua vida escolar em Sherbone descobriu sua paixão pela matemática, começou a aprender sozinho a matemática e passou a se interessar por relatividade e criptografia. A partir de então começou a escrever palavras criptografadas e algum tempo depois de escrever diversas mensagens criptografadas Turing conheceu um garoto que se chamava Christopher Morcom que possuía 15 anos era conhecido como o melhor aluno matemático da escola e não se juntava aos outros para conversar sobre coisas irrelevantes ou inúteis. O interesse de ambos sobre matemática fez se tornarem amigos e mais tarde aos poucos uma paixão de Turing por Christopher mas sem que o mesmo desconfiasse ou soubesse deste sentimento diferente de Turing. Christopher faleceu em um hospital de Londres no ano de 1931, o mesmo sofria de tuberculose bovina e Turing já sabia que o amigo não se encontrava bem, mas isso não o deixou menos arrasado. No mesmo ano Turing consegui uma bolsa para estudar matemática no King’s College em Cabridge que já neste ano era considerada uma das melhores instituições do mundo em matemática e ciência. Já estudando ele se isolou e ficava sozinho em um quarto onde achava que tinha melhor liberdade para estudos e neste meio tempo começou a entender sua sexualidade.

Turing era um aluno extremamente interessado em lógica matemática e já no fim da graduação Turing conseguiu um espaço maior em Cambridge para realizar pesquisas e alguns anos após se tornou um pós graduado em matemática e um dos matemáticos mais promissores da Grã-Bretanha.

A divulgação do programa Hilbert levou a um impasse pela chamada catástrofe de Gödel, que provava que a matemática era logicamente incoerente, Turing encarou como um problema a tentar resolver e considerava que qualquer solução era fundamental para a matemática e para contradizer a situação imposta por Hilbert Turing criou um conceito contra as incoerências e descobriu que o cálculo para encontrar respostas a diversas perguntas podia ser seguido por uma máquina universal e se propõe a definir a natureza desta onde sua operação seguirá regras e seria capaz de calcular tudo para o que houvesse uma sequência de passos conduzidos chegando em um final de sucesso (ou um algoritmo). Atualmente conhecemos esta máquina como “Máquina de Turing”.

Após Turing publicar suas conclusões num artigo intitulado “On computable numbers, with an application to the Entscheidungs problem” e descoberto que a então máquina conceituada foi considerada como acima da capacidade humana, ele cruzou o atlântico para fazer doutorado em Princeton nos Estados Unidos, como colegas residentes do instituto de estudos avançados (um centro de pesquisa científica teórica criado em 1933) podia-se destacar Einsten, Godel, Courant e Hardy mas a maioria deles não o conhecia. Apesar disso Turing fez contato com um outro importante cientista “Johnny” Von Neumann que era uma pessoa capaz de pensar rapidamente sobre fórmulas. Turing naquele tempo deu a seu conceito o nome de computabilidade e somente Neumann sabia que Turing havia criado um conhecimento novo. Em seu doutorado Turing encontrou solução para alguns problemas de Hilbert.

Depois de dois anos nos Estados Unidos, Turing retornou para a Grã-Bretanha, tendo recusado a proposta que lhe fez von Neumann para trabalhar com ele no Instituto de Estudos Avançados. Sua bolsa no King’s College foi renovada e ele retornou à sua vida normal em Cambridge.

Após algum tempo Turing iria agora ingressar

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.2 Kb)   pdf (183.5 Kb)   docx (15.1 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com