TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A FORMA DE COMUNICAÇÃO DENTRO DE DUAS EMPRESAS DE GRANDE PORTE

Por:   •  8/3/2016  •  Trabalho acadêmico  •  1.382 Palavras (6 Páginas)  •  281 Visualizações

Página 1 de 6

1 INTRODUÇÃO

O presente trabalho de produção textual individual, mais concretamente, a forma de comunicação dentro de duas empresas de grande porte, tem como objetivo conhecer os processos comunicativos das instituições com o seu público interno e externo, quais os canais de comunicação utilizada, a importância da comunicação interna, sabendo que o envolvimento e a participação dos empregados é uma questão decisiva para o futuro de qualquer empresa.

2 DESENVOLVIMENTO

Na empresa Braskem, a comunicação é algo essencial para o desenvolvimento do trabalho, podendo assim com a mesma discutir sobre o que deve melhorar na análise de mercado e avaliar como pode responder alguns questionamentos. Para que isso aconteça os responsáveis se reúnem pelo menos duas vezes, o que lhes dão mais segurança antes de anunciar um resultado. Após é publicado o relatório de administração divulgando o balanço anual e as estratégias.

Observa-se que um dos meios de comunicação utilizado nesta empresa são as reuniões que periodicamente fazem com todos os setores da empresa, também a revista, que depois de avaliada nas reuniões bimestralmente são publicadas as notícias sobre a empresa. Uma má comunicação pode acarretar vários problemas à empresa, como exemplo, se não houvesse uma boa comunicação entre setores poderia as notícias ir para a gráfica com algo mal entendido, mal interpretado podendo prejudicá-la, mas não é o que se percebe.

No livro Comunicação e Linguagem, Celso Leopoldo Pagnan, nos diz que:

Para que haja comunicação, há a necessidade da presença de seis elementos essenciais: Emissor, Receptor, Mensagem, Código, Canal e Referente. Se houver falha em algum desses elementos, a comunicação pode não se processar, ou pode ocorrer de modo truncado. Isso significa a não transmissão correta do que o emissor tinha em mente. (Celso Leopoldo Pagnan, pg. 46, 2014).

Na Braskem há uma boa interação entre setores, todos aceitam discutir o assunto para chegar a um resultado satisfatório e bem elaborado, investindo na confiança, habilidade, responsabilidade, qualificação e respeitando cada indivíduo por setor. Na empresa sabem ser bons comunicadores distinguindo o que é pessoal e profissional.

Através de suas normas e regras alcançam o objetivo, tanto na empresa como fora dela, todos falam a mesma língua, que tenha ética, tanto dos chefes quanto dos subordinados. Se não houvesse esta união, poderia haver consequências graves, podendo prejudicar o desenvolvimento da empresa e o seu objetivo é levar aos clientes a comunicação de forma precisa.

Na empresa CPFL, os funcionários tem a oportunidade de conhecer as diretrizes da empresa e de tirar dúvidas sobre os direcionamentos. Para se preparar para analisar e implantar as melhores estratégias é fundamental os grupos serem dinâmicos para que as mudanças sejam constantes no mercado. São utilizadas as correspondências como: jornais, Mídia e revistas para o meio de comunicação, ela atua próximo ao consumidor, a conta de luz vai até as residências. Na empresa as mensagens tem que ser de formas diretas e simples para o bom entendimento de seus consumidores. Utilizam-se a linguagem verbal e não verbal sendo o principal instrumento da comunicação da empresa, o Texto.

Utiliza-se também a fala como comunicação primária, a escrita como a comunicação secundária ou mediada e a comunicação terciária que se dá pelos meios eletrônicos como: computadores, rádios entre outros. Um dos pontos positivos da Empresa é que eles buscam aproximar-se ao máximo da população regional através das mídias. Outro ponto, é que o discurso e a prática estejam alinhados para que possa garantir uma linguagem mais unificada e fluída tendo ainda a autonomia de se comunicarem com seu público de acordo com suas necessidades locais. Após profundas análises, reflexões e trocas de conhecimento, todos contribuem para definir os rumos da companhia. Sabe-se que é uma das ações para ter garantia da qualidade da comunicação, nesta empresa necessita que as informações sejam claras e transparentes, há a importância de dominar habilidades para que haja eficácia da comunicação.

No livro Comunicação e Linguagem, Celso Leopoldo Pagnan, nos diz que:

Ser eficiente no uso da palavra significa tornar comum o que se quer. No entanto, não basta ser claro, é preciso também o que se quer, encontra estratégias adequadas para cada situação de comunicação. (Celso Leopoldo Pagnan, pg. 52, 2014).

Para a sociedade é importante à transparência e a coerência entre o discurso e prática das empresas, pois se não há coerência e transparência, significa que esta empresa não é qualificada para o mercado, tão pouco para a população porque ela não consegue fazer este intercâmbio essencial entre o público interno e o externo e assim, seu desempenho não alcançará um objetivo desejado, causando um desconforto tanto para os funcionários quanto para os clientes, podendo até mesmo abrir falência quando a comunicação não for feita de forma clara, correta e objetiva.

Percebe-se que ambas as empresas trabalham em conjunto com a comunicação, o bom relacionamento adaptando-se a atender a públicos diferenciados, mas com o mesmo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.1 Kb)   pdf (80.5 Kb)   docx (13.1 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com