TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Gestão de Pessoas

Por:   •  11/10/2020  •  Trabalho acadêmico  •  792 Palavras (4 Páginas)  •  11 Visualizações

Página 1 de 4

Introdução

Diante de todas as mudanças que ocorreram em nossa sociedade, tendo como fator primordial a evolução do conhecimento e as inovações tecnológicas oriundas disso, passou a ser necessário que as organizações que desejam continuar competitivas adotem a gestão do conhecimento.

As organizações passaram a ver o conhecimento como o seu principal capital, o que leva a necessidade de uma liderança preparada para trabalhar e potencializar o capital humano das organizações. Devendo assim haver uma liderança capacitada que quando a situação exige tenha condições de exercer o gerenciamento de tal situação.

Ao realizarmos uma análise geral, cabe aos líderes influenciar as suas equipes, para que estas apresentem os resultados esperados pela organização e que a missão e a visão desta se cumpram. Será o líder quem irá encorajar e incentivar ou então desmotivar a equipe, se vier a exercer uma liderança tóxica.

Motivo pelo qual é necessário que se estude e se analise os diversos perfis de liderança existentes, ressaltando que é imprescindível que estes indivíduos possuam as soft skills necessárias para esta posição.

Desenvolvimento

Ao analisarmos os diferentes perfis de liderança é impossível não falar em Kurt Lewin que foi um pioneiro no que se refere a estudos sobre liderança, durante a primeira metade do século XX. Sendo uma de suas contribuições a teoria sobre os estilos de liderança, ele entendia que só enteríamos o comportamento humano considerando todos os elementos do ambiente externo e interno que influenciam o indivíduo e/ou equipe em questão. Na sua concepção exitem três estilos de liderança.

Abaixo passaremos a analisar os três tipos de liderança propostos por Kurt Lewin, suas vantagens e desvantagens:

Liderança Autocrática: Este estilo de liderança possui traços ditatoriais, uma forte característica é que a participação dos liderados nas tomadas de decisões é praticamente nula, não ouve a equipe. Uma grande desvantagem aqui é que esta liderança desmotiva equipes que sejam preparadas, gera conflitos na equipe e a torna dependente, mas tem como ponto positivo a agilidade na tomada de decisões por serem centralizadas no líder, é válido quando se tem uma equipe inexperiente ou não qualificada. Este é um estilo de liderança muito comum nas organizações.

Liderança Democrática: Como o nome já refere, este líder toma decisões de forma coletiva, sendo um líder com a função de especialista orientando os liderados. Na visão de Lewin este é o estilo de liderança mais eficaz pois apresenta um comprometimento significativo da equipe, mas apresenta o risco de redução na eficiência quando se refere a tomada de decisão, pois se tornam mais lentas em razão da democracia, em contrapartida as contribuições da equipe neste estilo de liderança costumam ser de maior qualidade o que é influenciado pelo compartilhamento de conhecimento entre a equipe.

Liderança Laissez-faire (liberal): Já quando falamos deste estilo de liderança temos uma liderança que permite aos seus liderados tomar decisões, que delega para a equipe as tarefas e lhes direciona somente, sendo considerado o menos eficiente entre os três estilos propostos por Lewin, muitas vezes gera desorganização na equipe. É uma ótima forma de liderança quando se trata de equipe

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.4 Kb)   pdf (39.7 Kb)   docx (9 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com