TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATPS De Gestao De Pessoas

Por:   •  26/11/2012  •  680 Palavras (3 Páginas)  •  1.052 Visualizações

Página 1 de 3

Tempos modernos

Este filme mostra uma crítica à "modernidade" e ao capitalismo representado pelo modelo de industrialização, onde o operário é engolido pelo poder do capital e perseguido por suas ideias "subversivas”. Desigualdades entre a vida dos pobres e das camadas mais abastadas, sem representar, contudo, diferenças nas perspectivas de vida de cada grupo. Mostra ainda que a mesma sociedade capitalista que explora o proletariado alimenta todo conforto e diversão para burguesia.

Em 1929 a produção industrial norte-americana reduziu-se pela metade, pois a falência atingiu cerca de 130 mil estabelecimentos e 10 mil bancos. Nesta época não existia mais compradores para as mercadorias e tinha milhões de pessoas passando fome.

Diante de tal realidade o governo a quem os trabalhadores apelidaram de “presidente da fome” procurou ajudar as grandes empresas capitalistas sendo as representadas por indústrias e banqueiros a reduzir o grã de miséria das camadas populares. A luta de classes se radicalizou com a consciência política e organização do operário sendo assim conseguiu mobilizar importantes setores da classe trabalhadora.

Nos primeiros anos da década de 30, a crise se refletia por todo mundo capitalista, contribuindo para o fortalecimento do nazifascismo europeu. A prioridade do plano era recuperar a economia abalada pela crise combatendo seu principal problema social: o desemprego. Através de uma maior intervenção sobre a economia, já que a crise era do modelo econômico liberal o governo procurou estabelecer um controle sobre a produção utilizando mecanismos como “códigos de concorrência. A intenção era também evitar a manutenção de grandes excedentes agrícolas e industriais para combater o desemprego foi reduzida a semana de trabalho e realizadas inúmeras obras publicas recuperando os níveis de produção e consumo antes da crise.

A Moderna Gestão de Pessoas

“Para mobilizar e utilizar plenamente as pessoas em suas atividades, as organizações estão mudando os seus conceitos e alterando as suas práticas gerenciais. [...] Em vez de investirem diretamente nos clientes, elas estão investindo nas pessoas que os atendem e os servem e quem sabe como satisfazê-lo.” Todos nós passamos o tempo todo de nossas vidas trabalhando em organizações e é claro depende delas para viver junto com a busca do sucesso pessoal, porém as empresas dependem das pessoas para poder produzir seus bens e serviços. É uma área contingencial e situacional, pois depende de vários aspectos como a cultura, estrutura, características, negócio e tecnologias da organização. Aspectos fundamentais para a gestão de pessoas:

-As pessoas como seres humanos: ou seja, com personalidade e história próprias, possuidores de conhecimento, habilidades e atitudes indispensáveis às organizações.

-As pessoas como ativadores inteligentes de recursos organizacionais: que fornecem à empresa inteligência, talento, criatividade, comprometimento e renovação constante em um mundo de mudanças e desafios.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com