TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Controle financeiro em pequenas e médias empresas

Trabalho acadêmico: Controle financeiro em pequenas e médias empresas. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  22/7/2014  •  Trabalho acadêmico  •  1.455 Palavras (6 Páginas)  •  174 Visualizações

Página 1 de 6

VYGUHU INTRODUÇÃO

Os últimos anos marcaram a grande preocupação com as pequenas e médias empresas e sua gestão financeira, haja vista o alto custo do dinheiro. Por isso, apresentam-se neste trabalho conhecimentos adquiridos na área administrativa, a partir da análise da empresa Meta Soluções, juntamente com o fundamento teórico das disciplinas do semestre, tendo como base a formação do fluxo de caixa da empresa, e a fundamentação de um trabalho de consultoria da mesma.

É também apresentada uma seção com um pequeno estudo sobre os meios de controle financeiros mais utilizados na região, pois o cenário econômico tem inserido várias mudanças na economia, forçando os pequenos empresários a reverem suas políticas de trabalho e se adequarem a nova realidade apresentada.

FLUXO DE CAIXA

O panorama do mundo moderno apresenta uma economia dinâmica, com constantes mutações e nesse cenário as informações obtidas através da contabilidade tradicional não fornecem bases suficientes para a tomada de decisões relativas a todas as áreas da organização, por demonstrarem dados referentes ao que já aconteceu.

Portanto, o controle financeiro se torna uma das maiores dificuldades da gerência empresarial. Porém a área financeira é estratégica em qualquer organização. Felizmente uma ferramenta que facilita este trabalho é o fluxo de caixa, que possibilita a visualização e compreensão das movimentações financeiras.

Sua grande utilidade é possibilitar a identificação de sobras e faltas no caixa, permitindo a empresa planejar melhor suas futuras ações e acompanhar seu desempenho. De qualquer forma um fluxo de caixa bem organizado é uma ferramenta de grande importância para lidar com situações que assombram os empreendimentos.

Na Tabela 1, pode-se observar a representação do fluxo de caixa obtido através de informações repassadas de previsões de vendas dos meses de setembro de 2013 até fevereiro de 2014.

As informações foram organizadas de acordo com a função, sendo de saídas ou entradas de caixa, e calculadas a partir dos conhecimentos adquiridos, podendo ser apresentadas desta maneira.

DO SERVIÇO DE CONSULTORIA

O trabalho do consultor financeiro tem sido cada vez mais requisitado nas pequenas e médias empresas, e está muito presente no panorama do mundo moderno.

De acordo com as necessidades da empresa Meta Soluções, vem-se apresentar esclarecimentos sobre algumas dúvidas dos diretores.

Primeiramente, o fluxo de caixa é o principal meio de controle dos empresários. Através dele, pode-se saber como está a movimentação diária dos recursos financeiros da empresa, tais como pagamentos e recebimentos realizados.

Outra ferramenta muito importante no mundo administrativo é o orçamento. A maioria destes preocupa-se em antever as receitas, custos e despesas da empresa. Qualquer orçamento baseia-se em dados históricos que permitam um mínimo de previsibilidade.

Para elaborar um orçamento corretamente, é preciso analisar algumas questões:

Previsão de vendas: usa a contabilidade como indicativo. Pede um estudo do nível histórico de vendas, sazonalidade do negócio, representatividade de novos produtos, entre outros.

Previsão de compras: Após definido o nível de vendas orçado, estima-se o nível de compras necessário para atender o volume.

Nível de compras: Assim como as vendas, as compras sofrem influencia do meio, como os preços decorrentes dos ajustes das tabelas dos fornecedores, que podem ter seus preços cotados na bolsa de valores ou ainda por contratos periódicos, a variação do volume de vendas, e variação do volume de estocagem.

O custo de oportunidade pode ser apresentado como o valor das oportunidades descartadas pela empresa. Por exemplo: Um empresário investe R$200 mil em um negócio que rende R$12 mil ao ano. Se ele escolhesse uma aplicação bancária, na qual ganharia em torno de 8% ao ano, teria um rendimento de R$16 mil. Assim, o custo da oportunidade não utilizada seria de R$4 mil.

O Payback Descontado é um cálculo específico que evidencia o tempo que um investidor leva para ter retorno de sua aplicação. Do ponto de vista da matemática financeira, R$ 1.000,00 hoje não são iguais a R$ 1.000,00 em qualquer outra data, pois o dinheiro cresce no tempo devido à taxa de juros por período. Sabendo disso pode-se dizer que antes de calcular o payback descontado, abate-se seu fluxo de caixa e reduzem-se pagamentos futuros pelo custo de capital, porque é dinheiro futuro, e terá valor menor que o dinheiro atual.

Observa-se nas Tabelas 2 e 3 que o equilíbrio é alcançado aproximadamente após 4,093 anos pelo método do Payback Descontado, ou seja, 4 anos e 1 mês.

Sobre a diferença entre impostos, taxas e contribuições, é basicamente sobre onde cada um dos itens é aplicado:

Taxa: é um valor cobrado pela prestação de um serviço de um ente público, como a taxa de limpeza urbana ou a taxa para emissão de documentos.

Contribuição: pode ser Especial, que se destina a um determinado grupo ou atividade como INSS ou PIS. E pode ser de melhoria, quando resulta no benefício de um contribuinte.

Imposto: é aplicado sobre o patrimônio, IPTU ou IPVA, sobre a renda, IR ou IRRF, ou ainda sobre consumo, IPI, ICMS, PIS, COFINS. Serve para financiar serviços universais.

Competência Tributária é a aptidão para criar tributos, por meio de lei, com todos os elementos essenciais. Abrange também a aptidão para aumentar, parcelar, diminuir, isentar, modificar, perdoar tributos e etc. Somente as pessoas políticas (União, Estados, Distrito Federal, Municípios) detêm a competência tributária, pois só estas têm poder legislativo.

O mercado de capitais é essencialmente um sistema de distribuição de valores mobiliários. Ele tem o objetivo de proporcionar liquidez aos títulos de emissão e viabilizar seu processo de capitalização.

Esse mercado surgiu da necessidade de crédito do mercado. Os principais motivos foram: Contribuir para o desenvolvimento econômico, gerando capital para os investimentos e incentivando a formação da poupança privada. Permitir e orientar a estruturação da sociedade, baseando-se na economia de mercado e permitindo a participação coletiva na riqueza que resulta

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.8 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com