TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A ANÁLISE DE CONCORDÂNCIA E REGÊNCIA EM MÚSICAS

Por:   •  15/3/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.567 Palavras (7 Páginas)  •  4 Visualizações

Página 1 de 7

SESI ALVIMAR CARNEIRO DE REZENDE

ANÁLISE DE CONCORDÂNCIA E REGÊNCIA EM MÚSICAS

ALUNAS: JÚLIA

PROFESSORA: TITA

TURMA: 3ºA

2017

  • MÚSICA 1: Te assumi pro Brasil – Matheus e Kauan

Ser feliz pra mim não custa caro
Se você tá do lado eu me sinto tão bem
Você sempre me ganha na manha
Que mistério cê tem

Arrumei a mala há mais de uma semana
Só falta você me chamar pra eu fugir com você
Mudei meu status, já tô namorando
Antes de você aceitar, já te assumi pro Brasil
Ieeeeeeeeh!

Por que te amo eu não sei
Mas quero te amar cada vez mais
O que na vida ninguém fez
Você fez em menos de um mês

Por que te amo eu não sei
Mas quero te amar cada vez mais
O que na vida ninguém fez
Você fez em menos de um mês

Eu arrumei a mala há mais de uma semana
Só falta você me chamar pra eu fugir com você
Mudei meus Status, já tô namorando
Antes de você aceitar, já te assumi pro Brasil
Ieeeeeeeeh!

Por que te amo eu não sei 
Mas quero te amar cada vez mais
O que na vida ninguém fez
Você fez em menos de um mês

Por que te amo eu não sei
Mas quero te amar cada vez mais
O que na vida ninguém fez
Você fez em menos de um mês.

  • Concordância

  1. “Ser feliz pra mim não custa caro” – O adjetivo feliz concorda com o sujeito da oração (eu).
  2. “Se você tá do lado eu me sinto tão bem” – O verbo sentir concorda com o sujeito da oração, entretanto este sujeito não necessariamente deveria ser destacado na música, há uma busca pela sonoridade ao empregá-lo.
  3. Você sempre me ganha na manha” – O verbo ganhar não concorda corretamente com o sujeito da oração, para que houvesse tal concordância ele deveria ser conjugado na 2ª pessoa do singular (você - ganhas).
  4. Que mistério cê tem” – O verbo ter não concorda corretamente com o sujeito, para que a forma fique adequada este deve ser conjugado na 2ª pessoa do singular (você – tens).
  5. Arrumei a mala há mais de uma semana” – O verbo haver no sentido de tempo transcorrido é impessoal.
  6. Só falta você me chamar / pra eu fugir com você” – Os verbos chamar e fugir concorda com os sujeitos das orações (você/eu).
  7. Mudei meu status, já tô namorando” – Os verbos mudar, estar e namorar concorda com o sujeito da oração (eu).
  8. Antes de você aceitar, já te assumi pro Brasil” – O verbo assumir concorda com o sujeito (eu).
  9. Por que te amo eu não sei” – O verbo ser concorda com o sujeito e por aspectos sonoros o autor emprega o pronome te anteposto ao verbo amar.
  10. Mas quero te amar cada vez mais” – O verbo querer concorda com o sujeito e por aspectos sonoros o autor emprega o pronome te anteposto ao verbo amar.
  11. O que na vida ninguém fez” – Pronome indefinido seguido de verbo no singular.
  12. Você fez em menos de um mês” – Verbo fazer é impessoal por isso deve ser empregado na 3ª pessoa.

OBS.: Por efeito sonoro na canção existem verbos e pessoas empregados de forma simplificada.

  • Regência

  1. Ser feliz pra mim não custa caro” – O adjetivo feliz exige o uso de uma preposição, neste caso para, que foi substituída por pra por efeito sonoro.
  2. Se você tá do lado eu me sinto tão bem” – O verbo estar a fim de indicar proximidade “estar perto de” fisicamente deve ser acompanhado da preposição ao.
  3. Arrumei a mala há mais de uma semana” – O verbo arrumar é transitivo indireto, portanto exige preposição.
  4. Só falta você me chamar pra eu fugir com você” – Os verbos chamar e fugir são transitivos indiretos e exigem o uso de preposição.
  5. Mudei meu status, já tô namorando” – O verbo mudar não exige preposição, pois é transitivo direto.
  6. Antes de você aceitar, já te assumi pro Brasil” – O verbo assumir exige preposição, que neste caso emprega uma ideia conotativa, assumir ao Brasil significando demonstrar a todos o relacionamento.
  7. Mas quero te amar cada vez mais” – O verbo amar é transitivo direto, apesar de poder ser preposicionado.

  • MÚSICA 2: De quem é a culpa? – Marília Mendonça

Exagerado sim 
Sou mais você que eu
Sobrevivo de olhares
E alguns abraços que me deu

E o que vai ser de mim?
E meu assunto que não muda
Minha cabeça não ajuda, loucura, tortura

E que se dane a minha postura
Se eu mudei você não viu 
Eu só queria ter você por perto
Mas você sumiu

É tipo um vício que não tem mais cura
E agora de quem é a culpa?
A culpa é sua por ter esse sorriso
Ou a culpa é minha por me apaixonar por ele
Só isso

Não finja que eu não estou falando com você
Eu tô parado no meio da rua
Eu tô entrando no meio dos carros
Sem você a vida não continua

Não finja que eu não estou falando com você
Ninguém entende o que estou passando
Quem é você que eu não conheço mais

Me apaixonei pelo que eu inventei de você

Iê- iê- iê
Iê- iê- iê (2x)

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.5 Kb)   pdf (84 Kb)   docx (14.5 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com