TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AS SITUAÇÕES EXTERNAS NA VIDA DOS ADOLESCENTES

Por:   •  6/11/2019  •  Projeto de pesquisa  •  1.883 Palavras (8 Páginas)  •  4 Visualizações

Página 1 de 8

COLÉGIO SANTA TERESA- SANTANA DO LIVRAMENTO.

TEMA: SITUAÇÕES EXTERNAS NA VIDA DOS ADOLESCENTES.

NOMES DOS ALUNOS: ÁLVARO OSÓRIO, EDUARDO KRAUSE, FERNANDA SERPA E LUÍZA GIUDICE.  

ANO/TURMA: 2º ANO DO ENSINO MÉDIO, TURMA 201.

AGOSTO/2019.

SUMÁRIO:

1.TEMA GERAL — SITUAÇÕES EXTERNAS NA VIDA DOS ADOLESCENTES.

1.1– BULLYING.

1.2– AS PESSOAS COM QUEM CONVIVEM.

1.3– O ACESSO À TECNOLOGIA.

1.4– A FORMA DE COMUNICAÇÃO ATUAL.

1.5 -

[pic 1][pic 2]

[pic 3][pic 4]

 Este trabalho escolar tem por objetivo desenvolver a pesquisa sobre o tema Situações externas na vida dos adolescentes tendo como situações a serem relacionadas: o Bullying, as pessoas com quem convivem, o acesso à tecnologia e a forma de comunicação atual.  

1.1 Bullying (Luíza Giudice)

 Todas as atitudes agressivas, verbais ou físicas, conhecidas também pelo termo “bullying” se tornaram frequentes. Levando em consideração esses aspectos, sabe-se que o bullying precisa ser discutido principalmente nas instituições de ensino.

  1. Pessoas com quem convivem (Fernanda Serpa de Govea)

 Vivemos em sociedade, portanto é muito difícil não sermos influenciados. Sabendo disso, se torna de extrema importância o desenvolvimento da inteligência emocional para que não sejamos influenciados pelo nosso meio.

  1. O acesso à tecnologia (Eduardo Rigo Krause)

 O subtema “Acesso à Tecnologia” terá como objetivo trazer à tona as alterações que a internet proporciona nessa fase essencial do crescimento – Incluindo na área da saúde psicológica.

1.4 A forma de comunicação atual (Álvaro Osório da Rosa)

 Atualmente a tecnologia tem feito uma grande diferença em todas as nossas vidas, sendo muito útil para problemas do dia-a-dia, porém acaba muitas vezes sendo um grande problema de acordo com a sua má utilização.

   

 

BULLYING

Sabe-se que o Bullying é um problema mundial, podendo ocorrer em praticamente qualquer contexto no qual as pessoas interajam. Este subtema que está presente no tema geral “situações externas na vida dos adolescentes” é a temática do artigo a ser lido, com o objetivo de trazer como ele se manifesta e como a sociedade tenta extingui-lo no Brasil e na Finlândia.

 O Brasil é o quarto país com maior prática de bullying no mundo, aponta UNICEF. Conforme pesquisa feita pelo O Globo o ambiente das escolas brasileiras é duas vezes mais suscetível ao bullying do que a média geral das instituições de ensino em 48 países, segundo dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico. De acordo com a Talis (sigla em inglês para Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem 2018), 28% dos diretores das escolas brasileiras no ensino fundamental apontaram a intimidação ou o bullying como um problema que ocorre semanal ou diariamente nos ambientes de ensino. O problema no Brasil é ainda mais acentuado no sistema público de ensino, onde os números sobem para 35% (ensino fundamental) e 23% (ensino médio).

Infelizmente, casos de bullying estão presentes na maioria das escolas do mundo. Nem mesmo a Finlândia, país considerado uma liderança em educação, é uma exceção. De acordo com a BBC News, desde 2009, o bullying nas escolas do país vem diminuindo drasticamente graças a um método revolucionário para combater situações nas quais um estudante ou um grupo hostiliza de forma sistemática um colega, batizado de KiVa (acrônimo de Kiusaamista Vastaan, que quer dizer "contra o bullying" em finlandês) que foi desenvolvido na Universidade de Turku, no sudoeste do país.

Rodas de conversa, palestras, apresentações teatrais e musicais, produção textual, atividades esportivas e recreativas e muita conversa sobre maneiras de prevenir e combater o bullying são algumas das atividades desenvolvidas nas escolas da rede estadual de ensino.  As ações fazem parte da programação da Semana de Prevenção e Combate ao Bullying desenvolvida pela Secretaria de Educação do Paraná, o objetivo é sensibilizar as escolas e criar um canal de comunicação entre estudantes, e professores.  Na Finlândia, o modelo adotado, chegou a eliminar completamente o bullying em até 80% das escolas e reduziu a prática em outras 20%. O sucesso do KiVa não passou despercebido na Europa, onde foi implementado em cerca de 20 países.       Luíza Giudice

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.5 Kb)   pdf (309.7 Kb)   docx (115.6 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com