TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Funcionários de Escolas: Cidadãos, educadores, profissionais e gestores

Por:   •  12/5/2015  •  Monografia  •  1.421 Palavras (6 Páginas)  •  392 Visualizações

Página 1 de 6

MÓDULO I

Funcionários de Escolas: cidadãos, educadores, profissionais e gestores.

Com a leitura deste módulo foi possível refletir sobre as diversas situações encontradas numa escola e modificar minha postura em relação a algumas delas, pois como um profissional de educação, verifiquei a necessidade de constituição de um trabalho de valores.

No município onde resido existem muito mais escolas públicas do que escolas privadas, sendo que a grande maioria destas escolas privadas possuem fins lucrativos. Os alunos, em sua maioria, são matriculados nas escolas públicas, sejam elas de natureza estadual ou municipal.

Os textos do módulo I demonstraram a importância da organização da gestão escolar para o bom funcionamento da educação básica, como por exemplo, a atuação do Conselho Escolar.

Verifiquei a diferença entre o ensino e a educação. No ensino há uma organização de atividades didáticas para ajudar os alunos a compreenderem áreas específicas do conhecimento, sendo que na educação, além do ensino, há a integração deste com a vida, o conhecimento e a ética.

Esse módulo me fez compreender sobre a importância de todos os funcionários que trabalham na escola. Concluí que a minha identidade, como funcionário, vai muito mais além do que o simples exercício das minhas atribuições. O projeto pedagógico da minha escola somente cumprirá integralmente sua função com a efetiva participação de todos os funcionários, tanto dentro como fora da sala de aula.

O funcionário, assim como o professor, é um educador escolar, com competências complexas, devendo, então, se aperfeiçoar e buscar novos conhecimentos, colaborando com o bom funcionamento da escola, sendo que para a prática de minhas atribuições profissionais na área de educação é de suma importância o conhecimento sobre a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, a Constituição Federal e sobre os princípios da democracia na escola.

MÓDULO II

Educadores e Educandos: tempos históricos

Este módulo me fez compreender que para o desempenho da minha função é indispensável compreender a história da educação, sua trajetória, lutas, movimentos e transformações. A sociedade evoluiu muito no que diz respeito à disseminação da educação, mas o sistema atual ainda é muito excludente e precisa de mudanças.

O módulo II trouxe uma compreensão da educação e da escola como parte da cultura de um povo, sendo que a unidade de ensino mais antiga do município de Várzea Grande, atualmente nominada Escola Estadual Manoel Correa de Almeida, é um exemplo destas transformações ao longo dos anos.

Foi possível verificar, também, que o ensino escolar e a educação são fatores que andam juntos e estão sempre presentes em nossa vida.

Nesse módulo, percebi, ainda, que a evolução da educação desde o Brasil Colônia, Império, chegando até a República, e que tudo se desenvolveu num processo de lutas e muita dificuldade para que atualmente nós tenhamos uma educação de qualidade. Verifiquei também que todo este processo de educação levou muito tempo e ainda encontra–se em evolução, haja vista que muitas dificuldades que me deparei no meu primeiro ano do grupo escolar na zona rural do interior de São Paulo, hoje se encontram superadas.

Assim, constata-se a relevância dos estudos mais aprofundados acerca dos processos educacionais construídos em nosso país ao longo do tempo, pois possibilita que cada educador conheça e se reconheça como agente de transformação social inerente a esse processo.

MÓDULO III

Homem, pensamento e cultura: abordagens filosóficas e antropológicas.

O módulo III traz uma abordagem sobre o conceito filosófico – antropológico da construção do ser humano.

Este módulo me instigou a refletir acerca de algumas questões, tais como investigar a criticar nossa participação, enquanto seres humanos, na vida da escola, tendo em vista a construção de nossa identidade profissional, enquanto trabalhadores da educação.

Este módulo permite, ainda, uma reflexão sobre o ser, o estar, o relacionar, o conviver, o aprender a viver em sociedade, o aprender com o outro, ou seja, é por meio das relações que estabelecemos com os homens é que nos tornamos humanizados.

Percebi a importância da escola na evolução social, da educação para a convivência em sociedade e na família, nunca esquecendo que todos é educadores.

Para Platão a linguagem pode ser ao mesmo tempo, remédio e veneno uma vez que os significados são construídos pela linguagem. O homem é um ser simbólico vivendo em um mundo simbólico e este mundo é criado por ele na linguagem.

Percebi que o trabalho só existe porque homens e mulheres aprendem a produzir e usar o conhecimento e, com isso, aprendem a produzir equipamentos que ajudam a produzir outros conhecimentos e novos equipamentos, para usá-los com outros e novos fins, bem como que a escola pública é a instituição que o Estado garante o direito à educação permitindo o acesso aos direitos sociais.

Finalizando, compreendi como ocorre o processo de formação e transformação do ser humano no interior da escola, a importância das diferenças na diversidade cultural ocorrida no âmbito escolar e as práticas valorativas atribuídas ao ser humano como agente participante e transformador na sociedade à qual todos nós somos integrantes dentre a sociedade e comunidade escolar.

MÓDULO IV

Relações Interpessoais: abordagem psicológica

O módulo IV me fez refletir sobre a importância da psicologia na educação. A Psicologia está presente em nosso dia a dia

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.5 Kb)   pdf (49.9 Kb)   docx (14.9 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com