TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ACNE

Exames: ACNE. Pesquise 832.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/9/2013  •  1.361 Palavras (6 Páginas)  •  713 Visualizações

Página 1 de 6

Acne

Acne é uma doença da pele e sua frequência é maior na adolescência, quando o nível elevado de hormônios sexuais causa o aumento da secreção de sebo pelas glândulas sebáceas, provocando o aparecimento de cravos e espinhas, principalmente no rosto, costa, peito e ombros.

O QUE É ACNE E QUE SÃO ESPINHAS

Esse mal atinge cerca de 80% dos adolescentes (entre 13 e 18 anos) e 30% das mulheres em fase adulta (acima de 25). A espinha é uma “dermatose" ou doença de pele, sendo uma alteração que atinge o chamado conjunto “pilossebáceo (pelo e glândula sebácea)”.

A acne é uma doença de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais. Devido a isso, as lesões começam a surgir na puberdade, época em que estes hormônios começam a ser produzidos pelo organismo, atingindo a maioria dos jovens de ambos os sexos.

A doença não atinge apenas adolescentes, podendo persistir na idade adulta e, até mesmo, surgir nesta fase, quadro mais frequente em mulheres.Causas da acne e espinhas - Bactéria Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.

As manifestações da doença (cravos e espinhas) ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido.

CAUSAS DA ACNE E ESPINHAS

A predisposição genética é importante ( a pessoa já nasce com tendência a ter o problema). A influência hormonal após a puberdade normalmente desencadeia o processo. Sem dúvida a causa principal do aparecimento de acne é sempre o aumento da secreção sebácea ocasionado pelos hormônios sexuais, mas existem outras causas variadas que também podem estar agravando o problema. Por este motivo é importante sempre consultar um dermatologista. De posse de vários exames e algumas informações básicas sobre a história familiar, hábitos alimentares, entre outros, poderão ser detectadas todas as causas.

Dentre as causas da acne podemos identificar os pelos encravados e as glândulas sebáceas que causam inflamação, cravos, espinhas e acne.

Confira abaixo as principais causas da acne e espinhas:

- Desequilíbrio Hormonal: É na puberdade que o adolescente tem os seus hormônios sexuais estimulados e com a ativação dos hormônios masculinos ocorre uma reação nas glândulas sebáceas, propiciando o aparecimento da acne;

- Fatores hereditários: existem famílias inteiras de acnéicos. Nestes casos, a partir de 10 anos é possível prever o aparecimento da acne;

- Ovários: ocorre nas mulheres portadoras de uma disfunção que não transforma o hormônio masculino (andrógeno) em feminino (estrógeno);

- Uso de cosméticos: os produtos gordurosos ou oleosos (como as bases e cremes hidratantes, por exemplo) podem trazer acne até para quem nunca teve este tipo de doença, nem na adolescência;

- Medicamentos: remédios como cortisona, os barbitúricos, xaropes à base de iodo ou bromo podem ter efeito colateral e formar a acne. Se o uso for imprescindível, recomenda-se um tratamento dermatológico paralelo.

PERGUNTAS MAIS COMUNS SOBRE ACNE E ESPINHAS

Consumir chocolate causa espinhas?

Não existe nenhuma comprovação científica de que consumir chocolate cause espinhas.

No período antes da menstruação é normal aparecer espinhas?

As variações hormonais que ocorrem no período pré menstrual estimulam a glândula sebácea. O aumento da secreção sebácea favorece o aparecimento da acne.

Existe alguma relação entre espinhas e estresse?

Sim . O estresse influencia na fisiologia do organismo. Períodos de estresse, nervosismo ou ansiedade podem piora a acne.

Usar limão ajuda a secar a espinha?

Não. Não se deve aplicar limão, nem outras plantas na pele. Porque elas podem levar a graves queimaduras principalmente se ocorrer exposição solar.

Por que não se deve espremer a espinha?

Manipular as lesões pode piorar o processo inflamatório, aumentar a flora bacteriana, favorecer o aparecimento de cicatrizes e manchas na pele.

ESTÁGIOS DA ACNE

Manifestações clínicas

A doença manifesta-se principalmente na face e no tronco, áreas do corpo ricas em glândulas sebáceas. Os sintomas variam de pessoa para pessoa, sendo, na maioria da vezes de pequena e média intensidade.

Em alguns casos, o quadro pode tornar-se muito intenso, como a acne conglobata (lesões císticas grandes, inflamatórias, que se intercomunicam por sob a pele) e o acne queloideano (deixa cicatrizes queloideanas após o desaparecimento da inflamação).

O quadro clínico da acne pode ser dividido em quatro estágios, sendo eles:

Acne Grau 1: pele apenas com cravos, sem lesões inflamatórias (espinhas);

Acne Grau 2: pele com cravos e "espinhas" pequenas, como pequenas lesões inflamadas e pontos amarelos ou brancos de pus (pústulas);

Acne Grau 3: pele com cravos, "espinhas" pequenas e lesões maiores, mais profundas, dolorosas, avermelhadas e bem inflamadas (cistos);

Acne Grau 4: pele com cravos, "espinhas" pequenas e grandes lesões císticas, comunicantes (acne conglobata), com muita inflamação e aspecto desfigurante.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.3 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com