TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Acne

Dissertações: Acne. Pesquise 832.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  17/4/2013  •  5.522 Palavras (23 Páginas)  •  761 Visualizações

Página 1 de 23

An Bras Dermatol. 2008;83(5):451-9.

451

Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 17.04.2008.

* Este trabalho é parte integrante da revisão de literatura da dissertação do autor principal apresentada, para obtenção do título de mestre em dermatologia, à

Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – São Paulo (SP), Brasil.

Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None

Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None

1 Dermatologista. Mestre em dermatologia pela Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, coordenador dos Ambulatórios de Acne e

Cosmiatria e do Núcleo de Pesquisa Clínica em Dermatologia do Serviço de Dermatologia do Hospital e Maternidade Celso Pierro, da Pontifícia Universidade

Católica de Campinas (PUC-Campinas) – Campinas (SP), Brasil.

2 Professor titular do Depto. de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – Escola Paulista de Medicina – São Paulo (SP), Brasil.

3 Ex-residente de dermatologia do Serviço de Dermatologia do Hospital e Maternidade Celso Pierro, da Pontifícia Universidade Católica de Campinas

(PUC-Campinas) - Campinas (SP), Brasil.

©2008 by Anais Brasileiros de Dermatologia

Artigo de Revisão

Resumo: A acne vulgar é uma das dermatoses mais freqüentes na população em geral. Encontra-se na

literatura grande número de trabalhos científicos referentes sobretudo a sua etiopatogenia. No entanto,

dado o grande número de informações geradas a respeito, dificilmente consegue-se reuni-las em

entendimento comum. Esta revisão literária foi proposta a fim de abordar os mecanismos etiopatogênicos

clássicos da acne vulgar (produção sebácea, hiperqueratinização folicular, colonização bacteriana

folicular e inflamação glandular) e o mecanismo coadjuvante principal, a influência hormonal.

Palavras-chave: Acne vulgar; Propionibacterium acnes; Sebo

Abstract: Acne vulgaris is one of the most frequent dermatoses in the general population. Numerous

scientific articles are available on acne, mostly relating to its etiopathogeny. This notwithstanding,

the large amount of scientific information generated by works on acne vulgaris has made it difficult

to converge knowledge on its etiopathogeny into a single understanding. Therefore, this review has

been proposed to analyze the four classic mechanisms of this dermatosis (sebum production, follicular

hyperkeratinization, bacterial colonization and glandular inflammation), as well as its secondary

mechanism, namely hormonal mediation.

Keywords: Acne vulgaris; Propionibacterium acnes; Sebum

Fatores etiopatogênicos da acne vulgar *

Etiopathogenic features of acne vulgaris *

Adilson Costa 1 Maurício Motta de Avelar Alchorne 2 Maria Cristina Bezzan Goldschmidt 3

INTRODUÇÃO

A acne vulgar é dermatose crônica, comum em

adolescentes. É doença do folículo pilossebáceo, que

possui, como fatores fundamentais, hiperprodução

sebácea, hiperqueratinização folicular, aumento da

colonização por Propionibacterium acnes e inflamação

dérmica periglandular. Ocorre em todas as raças,

embora seja menos intensa em orientais e negros, e

manifesta-se mais gravemente no sexo masculino.1-3

Não existe perfil epidemiológico universal da

acne. Aceita-se o fato de que sua prevalência varie

entre 35% e 90% nos adolescentes, com incidência de

79 a 95% entre os adolescentes do Ocidente;4 pode

chegar a 100% em ambos os sexos.5 Em geral, observa-

se que a acne acomete 95% dos meninos e 83% das

meninas com 16 anos de idade.6,7

O aparecimento é precoce (11 anos para meninas

e 12 para meninos), com prevalência maior entre

os homens, graças à influência androgênica.8,9

A freqüência na população aumenta com a

idade e a existência de histórico familiar. Geralmente,

452 Costa A, Alchorne MMA, Goldschmidt MCB

An Bras Dermatol. 2008;83(5):451-9.

sua resolução é espontânea, no final da adolescência

ou da segunda década de vida.8 A acne não faz distinção

de classe social.8,9

A influência genética na acne é muito importante,

acreditando-se que ela seja maior quanto maior for

o grau da dermatose. Para acne grau I, essa participação

é de 88%; para a grau II, 86%; para a grau III,

100%. Em indivíduos sem acne, a ocorrência familiar é

de 40%.9 A influência genética ocorre sobre o controle

hormonal, a hiperqueratinização folicular e a secreção

sebácea, mas não sobre a infecção bacteriana.10

ETIOPATOGENIA

Os fatores implicados na etiopatogenia da acne

...

Baixar como (para membros premium)  txt (45 Kb)  
Continuar por mais 22 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com