TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estudo Caso

Por:   •  5/11/2013  •  696 Palavras (3 Páginas)  •  2.010 Visualizações

Página 1 de 3

ESTUDO DE CASO

A ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS NUMA EMPRESA DE SERVIÇO - O CASO

DO HOSPITAL DE RHODE ISLAND –

O Hospital de Rhode Island é um grande hospital para 700 leitos, situado na Nova Inglaterra, contando com orçamento anual de $ 38 milhões e 3.800 funcionários. Ele oferece os serviços médicos e cirúrgicos típicos de um hospital, além de projetos de pesquisa em medicina e programas médico-educacionais. Para apoiar esta atividades, o hospital mantém um investimento de $ 745.000 em estoques e compra mais de $ 8 milhões em materiais anualmente (cerca de 22% dos custos operacionais totais), com 25 a 30 mil ordens de compra. A organização de administração de materiais conta com quatro departamentos: Compras, Materiais Gerais e Inventário, Serviços Centrais e Lavanderia. Eles estão integrados no Departamento de Administração de Materiais, cuja missão é balancear ecoordenar todas as funções independentes de materiais numa única força de trabalho, de forma a atingir serviço de alta qualidade ao mínimo custo. O departamentoconcentra-se na eficiência de transporte e processamento através da integração de funções e do conhecimento do custo total dos itens fornecidos aos pacientes, incluindo compras, recepção, armazenagem e disposição final. Compras é a principal atividade de administração de materiais no hospital, pois, como colocado anteriormente, os gastos com compras somam quase um quarto dos custos operacionais. Compras são feitas diretamente dos fornecedores, mas este hospital, juntamente com alguns outros, consegue melhores preços em alguns itens através de compras coletivas em grandes lotes por intermédio de duas cooperativas: A Associação de Hospitais de Rhode Island e o Serviço de Hospitais. Compras antecipadas são uma prática comum em hospitais. Apesar de os custos de estoques aumentarem, os benefícios de comprar antes de aumentos de preços mais que compensam estes custos adicionais de manutenção de estoques. Com o grande número de ordens de compra processadas anualmente, o computador do hospital controla os níveis de estoques e imprime as ordens de compra automaticamente. O grupo de Materiais Gerais e Estoques é responsável pelas funções de recepção e armazenagem, assim como da entrega do material às enfermarias. Este grupo, sob o diretor do Departamento de Administração de Materiais, era responsável por 65% dos investimentos totais em estoques. Em organizações hospitalares também existem estoques departamentais próprios, fora do controle da Administração de Materiais. Neste caso, os departamentos de Dietas e de Farmácia mantêm e controlam cuidadosamente estoques para seus propósitos. Os níveis de estoque são controlados conforme métodos científicos e registros computadorizados. Serviços Centrais é uma função exclusiva da administração de materiais em hospitais. Na verdade, é o gerenciamento de estoques de materiais esterilizados.

Hospitais têm dois tipos de estoques: esterilizados e não-esterilizados . Os estoques

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.8 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com