TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estudo Caso Enfermagem

Por:   •  20/3/2014  •  9.357 Palavras (38 Páginas)  •  1.827 Visualizações

Página 1 de 38

INTRODUÇÃO

No âmbito do Ensino Clínico Cuidados Primários/Diferenciados na área de Enfermagem Médico-Cirúrgica e de Reabilitação do 7º semestre do Curso de Licenciatura em Enfermagem da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra a decorrer entre 15 de Outubro e 22 de Novembro de 2013 no serviço de Orto-Traumatologia do Hospital Geral do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, foi proposta a elaboração de um estudo de caso clínico de uma pessoa internada no serviço supracitado.

A escolha da utente em estudo foi feita através da sugestão de uma das enfermeiras tutoras e por mim, uma vez que esta iria realizar uma cirurgia eletiva, o que permitiu o acompanhamento da utente nas fases de pré e pós-operatório. Esta experiência foi importante para uma melhor compreensão da alteração das necessidades provocada pela intervenção cirúrgica e também qual o papel do enfermeiro na preparação do utente para o bloco operatório e quais as suas funções na recuperação do utente no seu pós-operatório, mas também o facto de tido a possibilidade de estar presente e acompanhar a utente em todas estas fases facilitaram o desenvolvimento de uma relação empática e de confiança. A utente em estudo chama-se M.C.C. e apresenta um diagnóstico médico de fratura transtrocanteriana do fémur, que é uma patologia do foro ortopédico que, pelo que pude observar desde o início deste ensino clínico, apresenta grande incidência neste serviço.

Os meus objetivos ao elaborar este trabalho são o desenvolvimento das capacidades da colheita de dados através da observação e da entrevista e através desta última aperfeiçoar as minhas capacidades comunicacionais e de escuta ativa, mas também no que diz respeito ao desenvolvimento de uma relação de confiança com a utente. Pretendo ainda desenvolver as minhas competências a nível do planeamento de cuidados desde a identificação de focos de atenção de enfermagem, à prescrição de intervenções autónomas e à posterior avaliação das mesmas.

As linhas metodológicas que utilizei para a elaboração deste estudo foi a entrevista semiestruturada, para a qual elaborei um guião de colheita de dados (apêndice I), favorecendo a escuta ativa, mas não descurando a observação e recorri ainda à utilização de instrumentos de medição e avaliação a fim de quantificar os dados apresentados e para que a compreensão dos mesmos seja igual para qualquer profissional; tive a oportunidade de consultar o processo clínico da utente que consta no aplicativo informático SAPE utilizado no serviço e também o processo clínico em papel, no qual consta informação sobre o episódio no serviço de urgência pelo qual a utente deu entrada no hospital, informação do serviço de Ortopedia D dos CHUC onde a utente esteve internada antes de ser transferida para o serviço de Orto-traumatologia e ainda informação do bloco operatório relativamente à intervenção cirúrgica a que a utente foi submetida; utilizei também como linha metodológica a pesquisa bibliográfica para consolidar e obter conhecimentos teóricos.

Este trabalho estrutura-se em três secções primárias: a primeira em que irei enquadrar este estudo do ponto de vista da fundamentação teórica, nomeadamente o que é um estudo caso e para que é utilizado, qual a relevância deste tipo de estudo na profissão de enfermagem, quais são os passos do processo de enfermagem que estão inseridos neste tipo de trabalho; a segunda secção diz respeito à apresentação da utente em estudo tendo em conta o Modelo Biopsicossocial; a terceira secção faz referência ao internamento atual da utente: o exame físico, a caracterização das necessidades humanas fundamentais segundo o modelo concetual de Virgínia Henderson, o planeamento dos cuidados que irá integrar quer as intervenções autónomas quer as intervenções interdependentes, e, por fim, a preparação da utente para o regresso a casa.

Tendo em conta os princípios éticos e deontológicos inerentes à profissão de enfermagem, tentei ao máximo proteger a intimidade da utente e o sigilo profissional, respeitando o artigo 85º “do dever do sigilo” e o artigo 86º “do respeito pela intimidade” do Código Deontológico de Enfermagem. Para isso não serão mencionados nomes, apenas as iniciais dos mesmos e pedi ainda o consentimento da utente para a elaboração deste trabalho, explicando a finalidade e a questão da confidencialidade do mesmo.

Para a estruturação deste trabalho utilizei o Guia de Elaboração de Trabalhos Escritos, disponibilizado na plataforma online da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. A linguagem utilizada ao longo deste trabalho será linguagem CIPE.

1- ENQUADRAMENTO TEÓRICO

O estudo caso é uma abordagem metodológica de investigação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (64 Kb)  
Continuar por mais 37 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com