TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Acidente de Trabalho

Por:   •  11/2/2019  •  Trabalho acadêmico  •  488 Palavras (2 Páginas)  •  32 Visualizações

Página 1 de 2

Acidentes do Trabalho

A Construção Civil destaca-se por apresentar uma grande diversidade de risco de acidentes e de doenças em relacionada as condições de trabalho e dos aspectos específicos de cada canteiro de obras. Segundo a NBR 14280: 2001 (Cadastro de acidente do trabalho – Procedimento e classificação), o acidente de trabalho é definido como ocorrência imprevista e indesejável, instantânea ou não, relacionada como exercício do trabalho, de que resulte ou possa resultar lesão pessoal. Se relacionada com o ambiente de trabalho, as “Doenças ocupacionais” também podem ser consideradas como acidente de trabalho, essas doenças causam alterações na saúde do trabalhador, geralmente provocadas por diversos fatores e exposições a agentes químicos, físicos ou biológico acima do limite permitido.

Os índices de acidentes de trabalho na indústria da construção civil são elevados, normalmente resultam da falta de implementação de controle de medidas preventivas e sistemas de segurança no ambiente de trabalho

De acordo com Costa (2009), a indústria da Construção Civil é uma das que apresenta as piores condições de segurança e um dos maiores índices de acidentes a nível mundial. O Brasil não difere dos índices mundiais, tendo um dos maiores números de acidentes de trabalho ocorrendo na construção civil. Tendo em vista que um dos principais responsáveis por esses índices está relacionado ao setor de infraestrutura, especificamente o da construção rodoviária. As obras executadas em rodovias são essenciais para assegurar a qualidade e segurança das mesmas, seja em relação ao pavimento ou aos equipamentos utilizados, mantendo-as assim no padrão correto e necessário.

Segundo Silveira (2010) os trabalhadores que executam tarefas nas zonas de trabalho rodoviárias estão expostos a um risco de lesão derivado da circulação de veículos de construção e equipamentos no interior das zonas de trabalho, como em qualquer obra, acrescido pela passagem de veículos automóveis. Estes trabalhadores, independentemente da sua tarefa atribuída, trabalham em condições de baixa iluminação, de pouca visibilidade e estão sujeitos às diversas condições climáticas. Além disso, os mesmos podem trabalhar expostos em áreas de tráfego intenso e de elevadas velocidades desses veículos.

Um estudo realizado pela Advanced research on road work zone safety standards in Europe (SILVEIRA, 2010) revelou que as áreas de zona de trabalho em vias ativas têm, normalmente, maiores taxas de acidentes em comparação com as zonas onde não existem quaisquer trabalhos. A incidência do estudo sobre o comportamento dos condutores de veículos em zonas de trabalho revela que o excesso de velocidade, distâncias inadequadas entre veículos e frenagens repentinas ocorrem com frequência nas zonas de obras rodoviárias. Tal comportamento é razoavelmente caracterizado como um comportamento de alto risco e assume influência negativa na segurança rodoviária e, por consequência, na segurança dos trabalhadores.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4 Kb)   pdf (69.2 Kb)   docx (8.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com