TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Prointer III PROJETO INTERDISCIPLINAR APLICADO AOS CURSOS SUPERIORES

Por:   •  13/6/2016  •  Projeto de pesquisa  •  3.926 Palavras (16 Páginas)  •  207 Visualizações

Página 1 de 16

[pic 1]

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PÓLO DE JUAZEIRO (BA)

TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA

Leonardo Pereira da Mata dos Santos – RA 446259

Edicarlos Borges Gonçalves Barbosa – RA 422872

Laércio Nascimento Júnior – RA 435868

José Eudes Virgulino – RA 420684

PROJETO INTERDISCIPLINAR APLICADO AOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EM LOGISTICA (PROINTER III)

Professor presencial: Roberto Rivelino

JUAZEIRO – BA

2014

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 3

2. REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 5

2.1 A logística nas decisões estratégicas 5

2.2 A matriz de transportes no Brasil 5

2.3 Custos de transporte 6

3. A SITUAÇÃO PROBLEMA 11

3.1. Histórico da empresa 11

3.2. Os produtos da empresa 11

4. CONSIDERAÇÕES FINAIS 13

5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 14

1 INTRODUÇÃO

Planejar é criar uma situação que torne em futuro promissor. No fundo, o planejamento é uma técnica para absorver a incerteza sobre o futuro e permitir maior consistência no desempenho das organizações. Aliás o planejamento envolve varias formas de lidar com mudanças e com a incerteza que ela traz consigo. Em um extremo, o planejamento pode levar a um ponto em que as decisões importantantes são adiadas ou simplesmente não é tomada por algum estupor á a situação-atitude denominada ¨paralisia pela análise¨. No outro extremo os administradores podem ser levados a preocupação quase exclusiva com problemas imediatos, tomando decisões inadequadas ao futuro da organização-atitude denominada extinção pelo extinto. Os dois extremos precisam ser evitados. É importante que o administrador pondere continuamente os custos e benefícios associados aos diferentes graus de planejamento enquanto estiver lidando com a mudança ou criando a mudança. Como vivemos em uma época de mudança e descontinuidade, as organizações têm de ajustar-se continuamente, e se possível, antecipar-se às mudanças. ¨todo negocio e toda organização deve ser capaz de efetuar mudanças a fim de sobreviver. Se o administrador mudar adequadamente, ele poderá também progredir e crescer. Como grau de mudança ambiental - seja técnico econômico ou sociológico- estar constantemente mudando, devemos procurar melhores e novos caminhos para compreender, antecipar, explorar a mudança e cooperar com ela. Planejar para o futuro é a chave para lidar com a mudança de uma maneira positiva e proposital¨.

A sobrevivência de uma empresa no atual ambiente hipercompetitivo depende da adoção de estratégias que garantam uma vantagem sustentável face aos competidores. Para tanto, os gestores das organizações precisam fazer escolhas e tomar decisões adequadas quanto ao nível de serviço que se pretende atingir e o melhor modal de transporte a ser utilizado entre tantas outras decisões no âmbito de administração geral da empresa.

É evidente que a vantagem competitiva de uma empresa, desde que originada dos processos logísticos, não pode ser copiada pela concorrência, pois a eficiência logística é o resultado de uma série de fatores humanos, físicos e organizacionais. Alguns destes aspectos são subjetivos como, por exemplo, o aspecto humano, fazendo com que muitas vezes um modelo adotado por uma empresa não sirva para outra. Neste aspecto, a vantagem competitiva gerada pela logística se torna mais sustentada pela própria organização do que copiada das outras empresas sendo necessária cada organização procurar suas próprias formas de competir.

Na literatura brasileira, é comum encontrar diversos autores como Moura (2006), Razzolini Filho (2009), Bowersox, Cooper e Closs (2007), Almeida (2012) entre outros considerando a logística como um forte elemento do sucesso empresarial devido as suas potencialidades de reduzir custos ou de melhorar o nível de serviço proporcionado aos clientes.

No atual contexto competitivo, quem chegar primeiro ao mercado, quem for mais célebre a dar informações, quem servir melhor, quem entender melhor as necessidades e expectativas dos clientes, tem mais possibilidades de ganhar a sua preferência e, assim conseguir encomendas (MOURA, 2006, p. 23).

Notamos através dos autores citados que as empresas precisam dirigir seus negócios sempre com foco voltado ao cliente e neste aspecto a logística tem um papel fundamental uma vez que grande parte dos custos logísticos atrelados à atividade fim das organizações derivam da área logística como custos de estoque, custos de armazenagem, custos de movimentação, custos de transportes entre outros. Um processo logístico enxuto e alinhado com as necessidades das organizações na atualidade garante o sucesso das empresas como podem da mesma forma determinar o seu fracasso.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (26.5 Kb)   pdf (198.7 Kb)   docx (25.1 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com