TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo da 2º viagem missionária de Paulo

Por:   •  14/6/2021  •  Resenha  •  1.551 Palavras (7 Páginas)  •  24 Visualizações

Página 1 de 7

UNIDADE DE ENSINO TEOLÓGICO PASTORAL – ITQ PEDREIRA[pic 1]

Diretora: Pra. Magnar Mosser

Professor: Kleber Santos

Disciplina: Língua Portuguesa                 Turma:_2º ano Noturno

Aluno: Dinalva Costa dos Santos de Abreu

Data:01/08/2020.

Resumo da 2º viagem missionária de Paulo

Paulo diz a Barnabé que deveriam voltar e visitar as cidades as quais eles haviam anunciado o evangelho de Jesus para ver como os irmãos estavam. E ocorre um desentendimento entre eles, pois Barnabé quer levar João Marcos com eles e Paulo não concorda já que João Marcos havia os abandonado em Panfília e por isso se separaram, Barnabé e João Marcos foram para Ilha de Chipre e Paulo e Silas foram pela Síria e Cilicia fortalecendo as igrejas e foram para Derbe e Listra e ali encontraram um discípulo chamado Timóteo, ele era filho de uma judia crente e de um pai grego. Os irmãos de Listra e Icônio falavam muito bem dele, e por causa dos judeus, Paulo circuncidou Timóteo para que o pudesse acompanha-lo.

Visão em Trôade.

O Espirito Santo mostrou a Paulo que deveriam ir para Trôade, pois o mesmo o impediu de ir anunciar a palavra na Ásia e em Bitínia, eles atravessaram Misia e chegaram a Trôade, onde durante a noite Paulo teve uma visão, um homem macedônico o implorava para que fossem ajuda-los em Macedônia e rapidamente eles partiram para lá e concluíram que Deus havia os chamado para proclamar as Boas Novas aquele povo.

E seguiram para Samotrácia, a Neápolis e para Filipos e ficaram nesta cidade por alguns dias, e no sábado eles procuravam um lugar de oração e chegaram a beira do rio e conversavam com as mulheres que estavam ali, e uma delas era Lídia, vendedora de púrpuro, temente a Deus e o Senhor lhe abriu o coração para compreender o que Paulo falava. E após ser batizada ela e as pessoas de sua casa, os convidaram para ficar em casa, se eles acreditassem que ela cria no Senhor, e ela os convenceu a ficarem. E outro dia ao irem para o lugar de oração encontraram uma jovem dominada por um espirito mau que adivinhava o futuro, era escrava e seus donos ganhavam muito dinheiro por conta de suas adivinhações, ao encontrar-se com eles a moça começar a seguí-los e gritar que eles são servos do Deus Altíssimo e por muitos dias isso se repetiu e Paulo, já aborrecido, virá para ele e em nome de Jesus expulsa o espirito da moça, que instantaneamente sai, e seus donos ao verem isso, agarraram Paulo e Silas e levaram as autoridades romanas e disseram que eles eram judeus e estavam perturbando a cidade e ensinando costumes contra nossa lei, e eles tiveram suas roupas rasgadas e foram açoitados e depois levado a cadeia, foram jogados em uma cela e presos pelos pés ao tronco. Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, por volta da meia noite, e de repente veio um terremoto que abalou os alicerces da cadeia e instantaneamente as portas se abriram e as correntes que prendiam seus pés se arrebentaram, o carcereiro ao acordar e ver as portas da cadeia abertas tentou matar-se com sua espada, por pensar que os prisioneiros haviam fugidos, então Paulo gritou para que não fizesse isso, pois todos estavam ali, e o carcereiro trêmulo prostrou-se diante de Paulo e Silas e depois os levou para fora e lhes perguntou: o que era preciso para ser salvo? E eles responderam que era preciso crer no Senhor Jesus e será salvo tu e a tua casa, e ele e toda a sua família ouviram a Palavra de Deus. Ele cuidou dos ferimentos de Paulo e Silas e logo depois ele e as pessoas da sua casa foram batizados, o carcereiro levou Paulo e Silas para a sua casa e os deu de comer e a alegria entrou naquela casa porque creram em Deus. Ao amanhecer, as autoridades mandaram soltá-los e que fossem em paz.

Porém Paulo replicou dizendo que eram cidadãos romanos, foram açoitados em praça pública e agora queriam mandá-los embora em segredo? Pediram que as autoridades romanas fossem ali e os soltassem. As autoridades ficaram com medo ao saberem que eram de Roma, lhes pediram desculpas, tiraram os da prisão e pediram para que fossem embora. E de lá foram até a casa de Lídia, confortaram os irmãos e depois foram embora e passaram por Anfípolis e Apolônia até chegarem a Tessalônica, e foram para a sinagoga e nos três sábados seguintes, eles falou sobre a Escritura e explicou e provou que era necessário que Jesus morresse e ressuscitasse, este é o Messias que eu anuncio a vocês e muitos se converteram e se juntaram ao grupo. Porém alguns judeus com inveja se reuniram há uns homens maus e atacaram a casa de Jasom e como não encontraram Paulo e Silas, levaram Jasom e outros irmãos até as autoridades acusando-os de terem recebidos Paulo e Silas em suas casas e desobedeceram às leis do imperador romano, as autoridades os soltaram depois que pagaram a fiança. E durante a noite Paulo e Silas foram enviados pelos irmãos a Bereia e logo foram para a sinagoga, as pessoas de lá eram bem educadas, eles ensinaram a apalavra e para saber se Paulo estava falando a verdade eles estudavam as Escrituras todos os dias. E muitos judeus e não judeus, mulheres e homens creram. E os judeus de Tessalônica quando souberam que eles anunciavam a Palavra em Bereia foram até lá e excitaram e perturbaram o povo, e os irmãos que provocaram a saída de Paulo até Atenas, mas Silas e Timóteo ficaram os irmãos ao retornarem deram o recado de Paulo a Silas e Timóteo para que fossem encontra-lo em Atenas, bem depressa. Paulo ao ver a cidade cheia de ídolos se revoltou e ia à sinagoga e na praça e falava a todos que se encontram ali. Porém alguns filósofos epicureus e estoicos contendiam com e perguntavam que queria dizer esse tagarela?  E segurando-o, o levaram até ao areópago para saberem que doutrina era essa que ele anunciava. E Paulo se colocou em pé no meio do areópago e disse aos atenienses: os veja muito temente aos deuses, porque passando e observando os objetos do vosso culto, encontrou um altar escrito AO DEUS DESCONHECIDO, o que adoravam sem conhecer, é o que eu vos anuncio o Deus que tudo fez tudo criou. Ele não habita em santuários feitos por mão humanas, como se necessitasse de algo, poie é Ele mesmo que dá a vida a todos, Deus manda agora que todos os homens, em todo lugar se arrependam, poie ele não leva em conta o tempo da ignorância, pois fixou um dia em que haverá de julgar o mundo com justiça por meio de um varão que Ele destinou. Uns zombaram, outros creram. E Paulo saiu do meio deles, mas Dionizio, o areopagita e Damaris foram com eles outros se agregara a ele.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.6 Kb)   pdf (88.6 Kb)   docx (49.1 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com