TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Fichamento Sociedade dos Individuos Parte I

Por:   •  16/12/2016  •  Resenha  •  510 Palavras (3 Páginas)  •  1.606 Visualizações

Página 1 de 3

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Tradução de The Society of individuals. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1994.

A primeira parte do livro de Norbert Elias, A Sociedade dos Indivíduos, se resume em definições do conceito de sociedade. O autor busca desenvolver a ideia de que os seres humanos, enquanto individuais, conectam-se uns aos outros numa pluralidade, ou seja, numa sociedade. Esta se constitui a partir das relações entre os indivíduos e da regulação social. O autor também considera e desenvolve três estruturas para se entender o surgimento da sociedade moderna: social, histórica e psíquica.

Os conceitos de sociedade e indivíduos apresentados não ficam muito claros, pois o autor acaba apresentando aqueles contraditórias. Logo, nos resta fazer uma ligação entre as ideias, aproveitando todos. Afinal, quanto a definição de sociedade e indivíduo sempre encontraremos diferentes visões.

Segundo Elias, a sociedade só existe devido ao fato que várias pessoas, individualmente, possuem determinados desejos e ações que perpetuam independentemente do que desejam em seu particular. Todo nós traríamos a marca de uma determinada nação, classe, sociedade, pois a relação entre os indivíduos presentes nesta influencia notavelmente. Por exemplo, uma pessoa que se encontra em uma comunidade cristã possui características e crenças desta comunidade e ao se relacionar com pessoas que não se encontram em sua mesma realidade, pode ser vista como estranha e achar aqueles que podem a considerar estranha, também estranhos. Mas, quando diferentes “tribos” se encontram frente a frente podem também, além do estranhamento, agregar novos conhecimentos para aqueles que não fazem ideia do que sua comunidade se trata. E assim, cada indivíduo vai se tornando um pouco de tudo que tem conhecimento, porém conservando sua própria individualidade.

Como os indivíduos influenciam a sociedade, a sociedade influencia os indivíduos ao longo do tempo. Estes partem da realidade de pessoas que existiam antes da própria existência e ajuda a desenvolver uma nova realidade para os novos indivíduos que irão surgir. O que vivemos hoje, como o maior reconhecimento da mulher na sociedade, não iríamos ver no século passado ou até mesmo em umas décadas atrás se um grupo pequeno de mulheres não iniciasse movimentos feministas. E as novas gerações ainda enfrentarão problemas que as mulheres ainda sofrem hoje, se atualmente, esse movimento não continuar, pois ainda existem aqueles indivíduos que irão perpetuar ideais já fixos na sociedade de que as mulheres são inferiores aos homens. Logo, estaríamos diante de ideias já presentes na sociedade que ainda influenciam os novos indivíduos e ideias que surgem na tentativa de mudança que vai atingindo novas pessoas. Sendo necessárias as relações constantes entre outros indivíduos e outras sociedades para que se mude ou continue tais ideias.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)   pdf (93.3 Kb)   docx (9.3 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com