TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

SILVA, Hermínia Helena Castro da. Educação, teoria social e cultura no contexto de vida dos Jovens envolvidos com o comércio de drogas ilegais na cidade do Rio de Janeiro, 2007.

Por:   •  22/6/2017  •  Bibliografia  •  501 Palavras (3 Páginas)  •  135 Visualizações

Página 1 de 3

A autora introduz em sua tese uma lógica entre o abandono das famílias brasileiras e a situação que os jovens vivem nos internatos, defende que os jovens haviam sido abandonados por seus pais, porque suas famílias foram abandonadas pelo estado, seus investigados pertencem à rede socioeconômica estruturada com base na venda de drogas ilegais nos territórios de favela. Para esboçá-lo, Silva (2007) investiga o mundo do crime é a região que se constitui nas relações sociais estabelecidas pelos jovens no tráfico de drogas, na comunidade onde atuam no tráfico e/ou moram e no sistema de atendimento aos jovens em conflito com a lei. Essa região, que será designada como “mundo do crime”, se configura em um cenário diferenciado onde relações sociais tipificadas, com rotinas crônicas e com valores específicos, pelo qual esse jovem circula cotidianamente. Elucida ainda sobre o valor e o papel exercido pelos sujeitos nas relações cotidianas ganhando destaque entre os teóricos sociais que acreditam na indissociabilidade entre sujeito e sociedade. E ressalta que a questão da desigualdade social, ilumina aspectos fundamentais para a compreensão do papel desempenhado pelos meninos na reprodução da vida que levam. O cooptar da rede sócia - econômica do tráfico é o que liga o menino ao mundo do crime.

Neste artigo os autores indicam que atualmente, é comum a mídia trazer questões referentes à suposta “delinquência juvenil”, já que este fenômeno geralmente é identificado na figura do jovem que pratica algum tipo de ato em desconformidade com a lei como se fosse algo intrínseco à sua personalidade e ao seu caráter. Os autores demonstram em um primeiro momento, a análise sobre as informações obtidas por meio da pesquisa “Caminhada de crianças, adolescentes e jovens na rede do tráfico de drogas no varejo do Rio de Janeiro, 2004-2006”, realizada pelo Observatório de Favelas do Estado do Rio de Janeiro3, o qual teve contato com 230 jovens, entre 11 e 24 anos, e abordou aspectos sobre a sua origem familiar, trajetória escolar, experiências de trabalho, preferências de lazer, redes sociais bem como o processo para a inserção e atuação na rede do tráfico de drogas, se reflete ainda sobre esse fenômeno a partir da psicologia social, já que a mesma propõe a dialética entre sujeito e contexto, onde somos constituídos como sujeito por meio de nosso contexto social, é na relação com o outro que nos subjetivamos, o sujeito e o contexto na dinâmica da dialética. E uma análise criminológica, para tentar compreender quais às motivações e reais desejos, o poder do auto realização, da conquista pelo reconhecimento diante da família, da comunidade e até mesmo diante a sociedade em geral, e de como estes fatores sociais exercerão influência em seu comportamento, atitudes e escolhas de vida. No terceiro momento, se averiguar qual a importância dos reflexos midiáticos no contexto de formação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.2 Kb)   pdf (39.6 Kb)   docx (11.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com