TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A PERCEPÇÃO NO GERENCIAMENTO DE PESSOAS

Por:   •  29/3/2019  •  Resenha  •  3.929 Palavras (16 Páginas)  •  35 Visualizações

Página 1 de 16

A PERCEPÇÃO NO GERENCIAMENTO DE PESSOAS

SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO

A percepção é um processo por meio do qual os estímulos físicos, captados pelos órgãos dos sentidos, são transformados em interpretações psicológicas. A matéria bruta necessária para a percepção são os órgãos dos sentidos, que estabelecem o contato entre o mundo interno e o mundo externo da pessoa.

Os órgãos dos sentidos recebem a todo o momento e simultaneamente os dados do mundo externo e os encaminham ao cérebro para serem processados. Por exemplo: quando um cliente vai ao escritório do seu fornecedor, pode perceber o meio ambiente da seguinte maneira:

• Visão: o tamanho da sala, as cores, a decoração, o fluxo das pessoas, a limpeza, o mobiliário, a organização etc.

• Audição: o barulho de equipamentos (impressora, telefone, computador, máquinas etc.), a música ambiental (se houver), a conversa dos funcionários, os ruídos da rua, entre outros.

  • Olfato: cheiros que vem de qualquer parte do escritório: o cafezinho, sendo preparado na cozinha, o desinfetante do banheiro, os odores humanos (suor, perfume, cigarro), os cheiros que vem do lado de fora, como do óleo diesel deixado pelo ônibus que acabou de passar na rua etc.

Tato: a temperatura do ambiente, o aperto de mão, a textura da cadeira, entre outros.

• Paladar: gosto da água ou do café que acabou de ser servido.

Ao receber todas as informações coletadas pelos órgãos dos sentidos, o cérebro irá processá-la e buscar um significado para o conjunto de dados recebidos. O significado que encontrar é o que se chama de percepção. Ao receber os dados, a primeira tarefa do cérebro é buscar por informações já registradas. Caso as encontre, fará uma associação da informação atual com a já armazenada. Caso não haja registro, agregará a nova informação as já existentes.

Assim, podemos dizer que perceber é dar significado as sensações, é a capacidade de interpretar o mundo externo.

No exemplo anterior, todos os estímulos que estão no ambiente podem ser percebidos pelo cliente e podem influenciar na maneira como este cliente vê a empresa. Por exemplo, quando o cérebro do cliente Junta as informações recebidas pelos órgãos dos sentidos, fará um julgamento sobre a empresa que acabou de conhecer. Se ele é um cliente muito organizado, poderá deixar de negociar com uma empresa por ter registrado, por meio dos órgãos dos sentidos, a desorganização. A tarefa do gerente, no que se refere à percepção, é verificar quais daqueles estímulos são mais importantes para o seu cliente.

Os dados recebidos por meio dos órgãos dos sentidos são cruciais para todas as atividades humanas.

Sensação é a operação responsável pela comunicação entre o mundo interno do indivíduo e o mundo externo, por meio dos órgãos dos sentidos. Sem ela, nenhuma atividade (física ou mental) seria possível (MALHADAS JUNIOR, 2004, p. 166).

A parte mais importante da significação de objetos, contextos, acontecimentos e pessoas, indispensável nas relações humana, é decorrente do processamento das informações que chegam ao cérebro, cheias de falhas e distorções.

PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÕES

O processamento das informações recebidas pelos órgãos dos sentidos envolve: a seleção, a organização, o armazenamento e a recuperação da informação.

A seleção

A pessoa recebe a cada segundo um turbilhão de informações. Porém, seleciona alguns estímulos que serão processados e influenciarão o seu comportamento; os demais serão desprezados no processamento, mas ficarão arquivados no cérebro. Aqueles escolhidos para serem processados são os que irão interferir em sua percepção. Os fatores que vão influenciar na escolha do que será processado são: as necessidades, os valores, as crenças, as opiniões, o estado emocional no momento percebido, as experiências passadas, as expectativas que a pessoa tem sobre os outros, situações e contextos. Por exemplo: a crença de que a pessoa tatuada não leva a serio o seu trabalho faz com que muitos gerentes não deem valor as ideias e as opiniões de colaboradores com esta característica; em muitos casos, nem os contrata.

Estes fatores que influenciam a percepção produzem muitas ilusões (interpretações errôneas da realidade), distanciando-se da realidade objetiva.

A influência da emoção sobre a percepção, produzindo ilusões, é reconhecida. Os torcedores percebem melhor as falhas que o outro time comete; o juiz erra mais contra o time pelo qual se torce; os filhos dos outros cometem mais impropriedades; a professora é sempre a culpada; o gerente nunca orienta corretamente; o empregado não presta atenção à orientação etc. (MALHADAS JUNIOR, 2004, p. 176).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (25.6 Kb)   pdf (230.2 Kb)   docx (59.1 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com