TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Filosofia da Educação

Por:   •  12/5/2019  •  Trabalho acadêmico  •  496 Palavras (2 Páginas)  •  76 Visualizações

Página 1 de 2

Universidade Estácio de Sá

Rio de Janeiro, 12 de Maio de 2019

Aluno: Thiago Calixtro Lisboa

Matrícula: 201802051741

Geografia – Licenciatura EAD – Campus Nova América

Filosofia da Educação – CEL 0468

Tema: Conversa com um professor do Ensino Fundamental.

Em uma conversa, com a minha antiga professora do Ensino Fundamental, pautada nos meus conhecimentos adquiridos nas aulas de Filosofia da educação, ela foi questionada da seguinte forma: Qual é a finalidade da educação? Quais práticas de ensino utilizadas? Qual é o papel da educação na sociedade? Escolarizamos nossos alunos para a vida ou para a sociedade? O que é ensinar? Como você escolhe seus procedimentos de ensino? Você se baseia em algum teórico? Qual? Como? Como acontecem as relações interpessoais em sua sala da aula? Como você trabalha os conflitos?

Chegamos as seguintes conclusões:

Durante a História da Civilização, muitos estudiosos e autores, tentaram compreender o real papel da escola perante a sociedade. Logo a Escola foi criada com a intenção de gerar grandes transformações, tanto no indivíduo, como na sociedade.

A Educação inicia um processo de aprendizagem contínuo que possibilita o indivíduo, alcançar a excelência em suas habilidades cognitivas e sociais.

Ensinar deve ser o que guia a busca e o despertar para o conhecimento. Isso porque ensinar e aprender é um exercício dialógico que depende de todos os envolvidos.

O procedimento de ensino deverá responder às perguntas: O que eu quero ensinar? Este é o melhor caminho para trabalhar este conteúdo com esses alunos? Sempre levando em consideração os seguintes aspectos: Os objetivos propostos para o ensino, a natureza do conteúdo a ser desenvolvido, as características dos alunos, as condições físicas e o tempo disponível.

A professora entrevistada procura utilizar uma prática na sala de aula que possibilite desenvolver a criticidade dos alunos, tendo como norte o teórico Paulo Freire.

Em prol do devido andamento do processo pedagógico, é necessário ter em mente os seguintes aspectos nas relações interpessoais dentro da sala de aula: aceitar as pessoas como elas são, ouvir com atenção os sentimentos do outro, ser paciente, ser simpático, demonstrar interesse e respeito pelo outro, não acomodar-se, para não se tornar um indivíduo "morno" e sem graça, não julgar de forma equivocada e desnecessária, não impor pensamentos e opiniões.

Segundo a professora, a sala de aula tem que ser um lugar de aprendizagem, não podendo se tornar um espaço de confusão e tumulto, gerando

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3 Kb)   pdf (32 Kb)   docx (8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com