TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Elos da folia resenha crítica

Por:   •  13/8/2019  •  Resenha  •  370 Palavras (2 Páginas)  •  45 Visualizações

Página 1 de 2

CUNHA, Maria Clementina Pereira da. Ecos da folia. Uma história social do carnaval

carioca entre 1880 e 1920. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

RESENHA

A ideia central do texto é a de discutir sobre a reinvenção do carnaval e como ele foi se configurando no decorrer do século XIX ao XX. Além disso, como as práticas culturais irão se disputando sobre as questões de tradição e principalmente a de resignificação. A autora levanta debates sobre o Carnaval, que nos direciona a uma ideia de que a construção da tradição está atrelada na ideia dos intelectuais da época, embora seja plural, uma junção de diversos sujeitos, o que causa problemas identitários.

A autora mobiliza no decorrer do capítulo conceitos, como: identidade, cultura e o de tradição afim de mostrar ao leitor como as ideias de carnaval estão sendo colocadas nesse período, para além disso, como a discussão se dão do que é ou não é tradição ou sobre o problema de identidades na ideia que é estabelecida de festa potencialmente homogênea. E de temas políticos, culturais e sociais Além disso, a autora se utiliza de fontes como a imprensa (jornais), revistas, relatos, literatura, imagens (que mostram como os carnavais estavam sendo colocados pelos povos) e autores como Gilberto Freyre e a figura de sujeitos como Coelho Netto para mostrar e comparar como o carnaval está sendo lançado e qual é o modelo carnavalesco.

Cunha constrói a sua narrativa introduzindo sobre a trajetória dos conflitos entre os intelectuais, emergindo o tema da tradição no início do século XX que se transforma nos decorrer dos anos a partir da perspectiva que os intelectuais estão enquadrando. Ademais, a autora discorre no decorrer do capítulo discorre sobre o carnaval evidenciando, pontuando os aspectos identitários através dos sujeitos que estão inseridos na construção do que de fato é o carnaval. Esses levantamentos, são importantes para perceber não como se deu o carnaval mas como ele foi se resignificando através de ideários de intelectuais que estavam preocupados com a nacionalidade, mas haviam questões populares que mudavam a trajetória do carnaval. Seria então a ideia do Carnaval uma junção de tudo? Por fim, a tradução da tradição está interessado em levantar sobre o interesse em civilizar o carnaval.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.3 Kb)   pdf (29.4 Kb)   docx (7.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com