TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A AÇÃO EDUCATIVA E PRÁTICAS SOCIAIS

Por:   •  13/12/2016  •  Artigo  •  1.055 Palavras (5 Páginas)  •  90 Visualizações

Página 1 de 5

A AÇÃO EDUCATIVA E PRÁTICAS SOCIAIS

RESUMO

Este trabalho tem como objetivo descrever a importância da educação na vida social e universal do individuo, nos mostrando sua necessidade e contribuição e suas diferentes concepções de práticas educativas durante a sua evolução social. Percebemos que as ações educativas têm uma relação direta com o ambiente de aprendizagem em que acontecem e muitas vezes resumem-se a técnicas e metodologias, as quais objetivam o desenvolvimento das habilidades, com isso essa ação é conhecida como ação técnica e pode ser classificada de acordo com seus níveis de sistematização e organização. Para isso, foram utilizados como base para realizar essa pesquisa, livros e artigos, contudo é importante ressaltar que não é objetivo deste esgotar o tema, mas dar uma visão ampla e rápida da real importância da educação na vida social.

Palavras-chave: Prática educativa. Sociedade. Educação.

1 INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo estudar a ação educativa e identificar a sua importância na formação do cidadão que a sociedade espera.

Sabe-se que a educação é um fenômeno social e universal, sendo indispensável na vida humana de toda a sociedade e, além disso, é base fundamental para o desenvolvimento das sociedades. A educação tem o papel de preparar o individuo para o convívio em coletivo, ou seja, com a sociedade e com isso os professores utilizam métodos educativos para o planejamento e execução das ações educativas visando o desenvolvimento do indivíduo e buscando formá-lo conforme os padrões exigidos pela sociedade.

Sendo assim, pode-se afirmar que a ação educativa é parte integrante da formação do cidadão, pois através das práticas desenvolvidas o individuo torna-se capaz de interagir com o meio social em que vive, e até mesmo moldar o comportamento e o aprendizado da criança para que ela desenvolva atitudes e conhecimentos adequados a este. Nesse sentido, é importante que o educador compreenda a importância do trabalho e do planejamento das práticas que exerce tendo este o desafio de construir a educação social.

2 AÇÃO EDUCATIVA

Pensar na formação estrutural da ação educativa de uma instituição é pensar na realização de um ensino eficiente, tendo neste a garantia de acesso aos bens culturais e permanência, com entusiasmo, na escola por tempo determinado. De acordo com Brandão (1981):

Ninguém escapa da educação. Em casa, na rua, na igreja ou na escola, de um modo ou de muitos, todos nós envolvemos pedaços da vida com ela: para aprender, para ensinar, para aprender-e-ensinar. Para saber, para fazer, para ser ou para conviver, todos os dias misturamos a vida com a educação. Com uma ou com várias Educações.

Para tanto; a ação educativa deve ser organizada e assumida como um papel fundamental, visto que concepções como as de currículo, críticas, estratégias e conteúdos são formas de se preparar o ambiente físico e social, tornando-os mais interessantes e facilitadores do ensino/ aprendizagem. Sendo assim, a escola tem como objetivo transformar o ambiente frio, sem emoção, sem satisfação e sem mudanças em um ambiente prazeroso e enriquecedor.

Pascoal, Mantovani e Méier (2015) afirmam que a educação é um fenômeno social e universal, sendo uma atividade humana necessária à existência e funcionamento de todas as sociedades, ou seja, é uma prática social que ocorre em grande parte das instituições. Para Aranha (2006), "a educação não é, porém, a simples transmissão da herança dos antepassados, mas o processo pelo qual também se torna possível a gestão do novo e a ruptura com o velho”.

Para Libanêo (1994), a educação tem o papel de preparação dos indivíduos para a existência e funcionamento de todas as sociedades:

Cada sociedade precisa cuidar da formação dos indivíduos, auxiliar no desenvolvimento de capacidades físicas e espirituais, prepará-los para a participação ativa transformadora nas várias instâncias da vida social. Não há sociedade

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.9 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »