TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Alfabetização e Letramento, Ensino de Matemática na Educação Infantil, Ensino de Natureza e Sociedade na Educação Infantil, Literatura Infanto-juvenil, Seminário Interdisciplinar V.

Por:   •  22/5/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.389 Palavras (6 Páginas)  •  717 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]

[pic 2]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

PEDAGOGIA

TAYLANE FRANCO SILVA VILARINHO

A IMPORTÂNCIA DA LITERATURA INFANTIL PARA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DA CRIANÇA

[pic 3]

Cerejeiras - RO

2015

TAYLANE FRANCO SILVA VILARINHO

A IMPORTÂNCIA DA LITERATURA INFANTIL PARA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DA CRIANÇA

Trabalho apresentado ao Curso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas Alfabetização e Letramento, Ensino de Matemática na Educação Infantil, Ensino de Natureza e Sociedade na Educação Infantil, Literatura Infanto-juvenil, Seminário Interdisciplinar V.

Prof. Raquel Corrêa Lemos, Keila Tatiana Boni, Maurílio Cristiano Batista Bergamo, Marlizeti Bonafini Steinle, Rosely Montagnini.

Cerejeiras – RO

2015

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO        

2 DESENVOLVIMENTO        

3 CONSIDERAÇÕES FINAIS        8

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS        9


1 INTRODUÇÃO

O objetivo deste texto é compreender a literatura infantil enquanto solução lúdica para o ensino-aprendizagem, bem como o seu tributo em estimular o interesse dos alunos pela leitura de forma agradável. O lúdico não se encontra somente no ato do brincar, mas também no ato de ler. Ao apropriar-se da literatura como forma natural de descobrimento e compreensão do mundo, a criança adentra mundos até então desconhecidos por meio de sua rica capacidade de imaginação.

Portanto, partindo do pressuposto de que a leitura contribui ao desenvolvimento cognitivo do aluno, este trabalho será o resultado associativo de ideias de autores que indicará maneiras eficientes e prazerosas de estimular os alunos ao gosto pela leitura.  

2 DESENVOLVIMENTO

Primeiramente, é necessário saber o que é leitura. Ponderar sobre ela é um dos desafios contemporâneo no contexto escolar, porém é imprescindível para a edificação do indivíduo enquanto ser independente, crítico e ativo para lidar com a complexidade da sociedade em que se insere. Devido a desigualdade social deste pais injusto de capitalista, somente uma pequena parcela de indivíduos usufrui da riqueza e no outro ponto, o que sobra desse montante, se comparte com a massa popular. Essa má distribuição de renda promoveu a acentuada exclusão social.

Um dos fatores que fortalece esse fato está na falta de conhecimento, de conscientização dos indivíduos. Muitos não tiveram o direito de se alfabetizar, contraindo assim o método da leitura e escrita de forma técnica, enquanto instrumento de produção para atender a demanda do mundo do trabalho, sem, contudo, refletir ao menos sobre questões que permeiam o cotidiano dos indivíduos das classes populares.

Sobre o assunto, Ferreira (2002) diz o seguinte:

[...] o acesso à escrita se deu estritamente por meio do ensino do código, negando-se uma relação laboriosa, complexa e de domínio do indivíduo com a escrita e a leitura, e privilegiando-se, em contrapartida a homogeneidade dos alunos, que eram (são!) vistos como se estivessem todos em mesmo estágio cognitivo e como se pudessem todos desenvolver todos partir do treino de suas diversas “habilidades componentes”, separadamente. (FERREIRA, DIAS, 2002, p. 40).

A compreensão sobre alfabetização dos autores acima citados é que permanece desprezando o entendimento de que a leitura é um ato social e compartilhado, que se constrói através da atividade de leitura contextualizando com os outros suas diversas experiências e subjetivismos.

É necessário o trabalho do lúdico com a criança. Sabe muito que o ato de brincar é artefato do interior da criança. Quanto mais elas brincam, tanto mais elas aprendem, pois permitem conhecer cada vez mais o ambiente e o objeto que manipula. Desta forma, de modo descontraída alargam o mundo do saber, desenvolvendo sua percepção.

O método do conhecimento das crianças tem início bem cedo, com uma exploração dos objetos, quando pratica ações sobre os objetos. Por isso, que a relação com os livros desde a educação infantil, é muito importante pois contribuirão para a formação de novos leitores.

Por meio do lúdico, a criança resolve conflitos, desenvolve a linguagem e suas reações pessoais. A escola de educação infantil deve ser um lugar agradável, protegido onde se brinca. Necessita ser um ambiente educativo, instigante, afetuoso, interativo, que possibilite trocar experiência, acomodando múltiplas brincadeiras que valorize a fantasia e a imaginação.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.9 Kb)   pdf (106.8 Kb)   docx (16.1 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com