TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DESAFIO PROFISSIONAL DISCIPLINA: ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

Por:   •  25/5/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.383 Palavras (6 Páginas)  •  171 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

HENRIQUE ARCA PIZZI  2859984627

Desafio Profissional

Disciplinas Norteadoras: Fundamentos Filosóficos e Sociológicos da

Educação, Tecnologias Aplicadas à Educação e Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

Palmares Paulista SP

2015

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

HENRIQUE ARCA PIZZI  2859984627

Desafio Profissional

Disciplinas Norteadoras: Fundamentos Filosóficos e Sociológicos da

Educação, Tecnologias Aplicadas à Educação e Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

Desafio Profissional das disciplinas de fundamentos filosóficos e sociológicos da educação, Tecnologias aplicadas á educação e desenvolvimento pessoal e profissional do Curso de Matemática da Universidade Anhanguera – UNIDERP, apresentado como requisito à obtenção do grau de Licenciado em MATEMATICA, sob a orientação da Tutora a Distância: Silvana Batista

Palmares Paulista SP

2015

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO.....................................................................................................

?

DESENVOLVIMENTO ......................................................................................

?

CONSIDERAÇÕES FINAIS................................................................................

?

REFERÊNCIAS.....................................................................................................

?


INTRODUÇÃO

É nítido o quanto o uso das tecnologias vem invadindo nossa casa, nossa rotina e a nossa vida de forma geral. Para praticamente tudo que fazemos, contamos de alguma forma com as facilidades proporcionadas por elas. Uma dona de casa pode utilizar tecnologia avançada para o degelo de sua geladeira; Um empresário pode utilizar a tecnologia de seu Smartphone que dentre inúmeras tarefas, e dessa forma simplificar um pouco a vida de cada usuário.
Nesse sentido, a educação não seria diferente. Na era da informática, da tecnologia, o uso delas dentro e extraclasse mostra-se uma ferramenta poderosa para o ensino-aprendizagem dos alunos, contribuindo assim, pedagogicamente para a compreensão do aluno
O presente trabalho, que traz por título Tecnologia da Educação, tem por
objetivo mostrar a importância que a tecnologia exerce na educação,  e a necessidade da formação pedagógica, ou seja, a capacitação do professor para que possa utilizar os meios tecnológicos em sala de aula, uma vez que, esses recursos podem auxiliar no processo de ensino aprendizagem, fazendo com que o educando mostre mais interesse pelo aprendizado nesta era tecnológica. 

DESENVOLVIMENTO

Passo 1

Com as novas tecnologias que estão a cada dia com uma maior importância na aplicação para educação podemos utilizar vários recursos para que seja benéfico desenvolvimento do jovem ou adulto, assim favorece a aprendizagem e o desenvolvimento de competências e habilidades especificas.

Falando em alguns recursos tecnológicos que podem ser utilizados na educação eu irei citar alguns como: Lousa digital, computadores, projetores, aparelhos de tecnologias assistivas, aparelhos de tecnologias auditivas.

Com a implementação de atividades de aprendizagem por meio da informática educativa, servindo ao desenvolvimento do conhecimento das diversas áreas de ensino.
Para se socializar informações sobre a importância do uso do computador como nova ferramenta didática no processo de ensino e aprendizagem, ao mesmo tempo sensibilizar para a utilização adequada desta ferramenta, estabelecendo as diferenças entre informática e informática educativa.
Construir textos coletivos para que todos possam interagir, e contribuir para o conhecimento coletivo.
Fazer blogs para turma interagir entre eles dizendo o dia a dia assim fazendo uma conversão de conhecimentos.
Analisar gráficos, equações entre outras coisas.
Analisar figuras/fotos tiradas por alunos ou não
A sala deve ter regras de utilização estipuladas pela equipe pedagógica e administrativa.
Aparelhos ou adaptações fixadas no corpo do aluno que facilitam sua interação com o computador, como: Pulseira de pesos, estabilizador de punho com ponteira para digitação, haste fixada na cabeça para digitação, teclado adaptado para digitação com os pés, comandos por voz.
Adaptações de hardware 
Softwares especiais para realizar a acessibilidade de uma melhor forma.
Programas como, teclado amigo, um programa de controle por movimento da cabeça são adaptados por webcam transformado em comandos.

O uso da Internet na sala de aula gera inúmeros benefícios à Educação, oferecendo aos professores uma maneira inovadora de se trabalhar os conteúdos disciplinares de forma dinâmica e atraente, o que pode contribuir muito ao desempenho das aulas, ao reunir recursos de informação e entretenimento, aliando-os aos recursos pedagógicos. É uma ferramenta capaz de proporcionar condições favoráveis ao conhecimento, à comunicação, e à socialização dos alunos, e facilitar o acesso a ambientes de interação com outras pessoas distantes geograficamente. A Internet pode vir a ser uma grande aliada dos professores, na obtenção de conhecimentos e experiências, gerando mudanças significativas no processo educacional tradicional.
É evidente a insatisfação dos alunos em relação a aulas ditas "tradicionais", ou seja, aulas expositivas nas quais são utilizados apenas o quadro-negro, a internet invade nossos lares com todas as suas cores, seus movimentos e sua velocidade, fazendo o impossível tornar-se palpável, como navegar pelo corpo humano e visualizar a Terra do espaço sem sair do lugar. É difícil, portanto, prender a atenção do aluno em aulas feitas do conjunto lousa e professor.  A escola precisa modernizar-se a fim de acompanhar o ritmo da sociedade e não se tornar uma instituição fora de moda, ultrapassada e desinteressante. Aulas modernizadas pelo uso de recursos tecnológicos têm vida longa e podem ser adaptadas para vários tipos de alunos, para diferentes faixas etárias e diversos níveis de aprendizado. O trabalho acaba tendo um retorno muito mais eficaz. É importante, no entanto, que haja não apenas uma revolução tecnológica nas escolas. 
É necessária a revolução na capacitação docente, pois a tecnologia é algo ainda a ser desmistificado para a maioriados professores. O professor cria certas facilidades aumentando a autoestima dos alunos, além de permitir novos valores e verificando a dificuldade de aprendizagem readaptando com jogos interativos e de fácil entendimento, ou seja, o professor como mediador tem papel significativo e é dele a missão de buscar alternativas viáveis para fazer desaparecer o desinteresse dos alunos que não querem se envolver e participar dos projetos implantados pela escola. 
Mas, para ser eficiente no ensino, a tecnologia precisa ser usada com objetivos pedagógicos bem definidos. De nada vale a escola ter salas equipadas com telão para a projeção de vídeos se os filmes exibidos não tiverem relação com o conteúdo estudado. Da mesma forma, em casa, o computador pode ser usado para aprender, mas também pode ser um perigo caso a criança seja deixada sozinha navegando pela internet, sem supervisão.
A maioria das crianças tem fácil acesso a tablets, smartphones e computadores desde cedo, ainda em casa. Rapidamente aprendem a lidar com esses dispositivos e adquirem profundo conhecimento sobre como esses aparelhos operam. Por isso, a utilização dessas ferramentas na sala de aula, como material de apoio aos estudos, pode aumentar muito a produtividade e o rendimento escolar.
Segundo o autor Valente (1993), ao se utilizar do computador como um recurso para simplesmente transmitir conhecimentos, obtém-se resultados bem satisfatórios e talvez até com maior eficiência se comparado com o desempenho humano. Ao se fazer uso de softwares educativos, obtém-se um melhor proveito quanto ao acompanhamento na realização dos trabalhos pelos alunos, além da oportunidade de se utilizar de recursos multimídia que a informática proporciona. O mercado oferece uma infinidade de produtos desenvolvidos com esta finalidade tais tarefas podem ser totalmente realizadas pelo computador: pode-se fazer uso de um software programado para a função de repassar os conteúdos, identificar erros e corrigi-los, além de ajudar o aluno a superar esses eventuais erros e auxilia-os na resolução de problemas específicos. Entretanto, a aplicação da informática educativa, quando voltada ao contexto pessoal, pode oferecer recursos capazes de gerar o aperfeiçoamento das ideias, tendendo a proporcionar o questionamento individual do aluno sobre determinados assuntos permitindo que este crie suas próprias soluções, iniciando o processo de 'aprender a aprender' procurando novos conhecimentos a fim de completar o que ele assimilou, pois através da experiência é possível o contato com situações que o leva a refletir sobre os vários pontos de vista que um mesmo assunto pode apresentar. O mundo atualmente exige um profissional crítico, criativo, com capacidade de pensar, de aprender a aprender, de trabalhar com grupo e de conhecer o seu potencial intelectual, com capacidade de constante aprimoramento e depuração de ideias e ações.
"A Internet traz muitos benefícios para a educação, tanto para os professores como para os alunos. Com ela é possível facilitar as pesquisas, sejam grupais ou individuais, e o intercâmbio entre os professores e alunos, permitindo a troca deexperiências entre eles. Podemos mais rapidamente tirar as nossas duvidas e dos nossos alunos, sugerir muitas fontes de pesquisas. Com todas estas vantagens será mais dinâmica a preparação de aula." (TAJRA 2004. p. 157).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11 Kb)   pdf (166.4 Kb)   docx (412.7 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com