TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Pré-Adolescência e Adolescência

Por: Dirlane Mota  •  14/3/2019  •  Trabalho acadêmico  •  532 Palavras (3 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 3

[pic 1]

CURSO DE PSICOLOGIA

AVALIAÇÃO PARCIAL

MANAUS - AM

2018

AVALIAÇÃO PARCIAL

Faixa etária:

Pré-Adolescência e Adolescência

Recurso utilizado:

Os adolescentes Vinícius, 14 anos, e Karen, 15 anos, se encontram em uma fase da vida que ocorrem transformações tanto físicas, como também a suas competências sociais, a famosa: adolescência. Mas como toda transformação tem as suas divergências, ambos se encontram nas fases de dúvidas e descobertas com os seus corpos, conflitos e vínculos no meio familiar ou fora dele e a busca de suas identidades no meio social.

Recortes selecionados:

Nas cenas: Riley demonstra rebeldia e muita tristeza, pois não consegue falar aos seus pais o que está sentindo em relação com a mudança para a nova cidade. E durante o jantar não consegue conversar animadamente com os pais sobre o 1º dia de aula, então acaba demonstrando sentimentos negativos através de um comportamento rebelde. No decorrer do filme ela também demonstra muita tristeza e acaba tentando fugir para a sua cidade natal.

Relação com o conteúdo teórico:

O longa-metragem de animação Divertida Mente da Pixar, encantou crianças e adultos pela forma criativa como expôs a jornada de uma garotinha chamada Riley, que aos 11 anos vive grandes mudanças em sua vida.

A história se mantém num bom ritmo alternando as desventuras de Riley em uma nova fase, os conflitos com os pais e a confusão em sua mente, com a Alegria e a Tristeza vivendo uma epopéia.

A adolescência pode ser uma época difícil para os jovens e seus pais. Conflito familiar, depressão e comportamento de risco são mais comuns que em outras fases da vida. No filme, Riley acaba de mudar de cidade, o que traz muita tristeza e rebeldia por parte da jovem que ainda não sabe lidar com os novos sentimentos.

Na adolescência uma importante fonte de apoio que os jovens encontram, são os amigos, os laços com esses se tornam mais fortes do que nunca. O grupo de amigos é o lugar onde o jovem pode encontrar afeto, simpatia, entendimento e orientação moral. Há um anseio por parte dos jovens em fazer parte de um grupo e se por algum motivo isso não acontecer, pode trazer grandes frustrações. No filme, com sua recente mudança de cidade, Riley se sente sozinha sem seus amigos, agravando ainda mais seus conflitos internos.

Análise Crítica:

 A Adolescência é um processo de várias transformações e mudanças na vida do adolescente, no filme ele nos trás de uma forma divertida os conflitos na pré-adolescência e nos mostra como os adolescentes se encontram nas primeiras mudanças e transformações que causam as confusões psíquicas.

 O interesse do adolescente é que são diversos e mutáveis, sendo que a estabilidade chega com a proximidade da idade adulta.  De acordo com a Ana Bock,  no aspecto afetivo, o adolescente vive conflitos. Deseja libertar-se do adulto, mas ainda depende dele. Deseja ser aceito pelos amigos e pelos adultos, entretanto devem-se identificar padrões de comportamento de risco comuns durante a adolescência. O adolescente deve ser orientado, ouvido e ajudado nessa transição do desenvolvimento entre a infância e a vida adulta que impõe grandes mudanças físicas, cognitivas e psicossociais. Com o apoio dos pais da família em si, deve ser trabalhado essa compreensão de que os adolescentes precisam de uma atenção redobrada.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.4 Kb)   pdf (89.8 Kb)   docx (14.8 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com