TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Psicologia e Desenvolvimento da Aprendizagem

Por:   •  1/9/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.152 Palavras (5 Páginas)  •  194 Visualizações

Página 1 de 5

[pic 1]

Universidade Federal de Viçosa – Campus Florestal

Licenciatura em Química

Disciplina: EDF 117 – Psicologia e Desenvolvimento da Aprendizagem

A Gestalt

NOME: Eduardo Gustavo dos Santos  - 1052                                                    

               

                                 

PROFESSORA: Ana Luíza Brandão                      

Florestal, 25 Novembro de 2013.

  1. A Psicologia da forma

No fim do século passado muitos estudiosos procuravam entender o fenômeno psicológico em seus aspectos naturais.

Ernst Mach e Christian Von Ehrenfels são considerados os antecessores da Gestalt por desenvolverem uma psicofísica sobre as sensações de espaço-forma e tempo-forma (relacionavam a forma e sua percepção). Max Wertheiner, Wolfgang Köhler e Kurt Koffka baseando nos estudos de Mach e Ehrenfels, elaboraram a base de uma teoria eminentemente psicológica.

Eles se preocupavam em compreender quais processos estavam envolvidos na ilusão de ótica, quando o estímulo é percebido pelo indivíduo de forma diferente da realidade.

  1. A Percepção

O tema central da teoria Gestalt é a percepção, e através de experimentos relacionados a percepção, questionaram o princípio implícito na teoria Behaviorista, umas vez que que há relação de causa e efeito entre o estimulo e resposta. A compreensão do comportamento humano se dá pela forma com que o indivíduo percebe e como percebe.

Tanto para os Behavioristas quanto para os Gestaltistas, a psicologia é a ciência que estuda o comportamento.

A diferença entre a Gestalt e o Behaviorismo é que no Behaviorismo estuda-se o comportamento isolando o estimulo que corresponderia a resposta, desprezando os conteúdos da consciência, enquanto a Gestalt acreditava que ao estudar o comportamento de maneira isolada de um contexto mais amplo poderia perder seu entendimento para o significado para o psicólogo.

Para os Gestaltistas o comportamento deveria levar em consideração as condições que alteram a percepção do estímulo.

Para justificar essa teoria, os gestaltistas propuseram que ao se observar um objeto há uma tendência do mesmo restaurar seu equilíbrio de forma a garantir o seu entendimento.

  1. A Boa Forma

O fenômeno da percepção permite a Gestalt a compreensão do comportamento humano, uma vez que nosso comportamento é desencadeado pela maneira com que percebemos um estimulo.

        Quando não há o equilíbrio, simetria e simplicidade não é possível alcançar a boa forma. Portanto, o elemento que desejamos compreender deve ser apresentado em aspectos básicos que permitam sua codificação, ou seja, a percepção da boa forma.

A percepção do boa forma só é possível quando a forma estiver clara, pois assim mais clara será a separação entre a figura e o fundo, caso contrário, torna-se difícil a distinção entre o que é figura e o que é fundo.

  1. Meio Geográfico e Meio Comportamental.

Como dito anteriormente, o comportamento é determinado pela percepção do estimulo, logo, é submetido à lei da boa forma e o conjunto dos estímulos determinantes do comportamento é denominado meio ou meio ambiental, onde esses podem ser divididos em: geográfico e comportamental.

Ao se confundir uma pessoa por exemplo em uma rua movimentada e com transito, essa confusão é causada pela interferência causada pelas outras pessoas e pelo transito, uma vez que se só houvesse somente a presença do meio geográfico essa confusão não ocorreria. Logo, o comportamento é desencadeado pela percepção do meio comportamental.

O meio geográfico é o meio físico, já o meio comportamental é o resultante da interação do indivíduo com o meio físico. Quando há tendência de estabelecer a unidade das semelhanças mais do que das diferenças, é chamada de força do campo psicológico.

  1. Campo Psicológico.

O campo de força que procura a boa forma, é denominado campo psicológico. Esse campo garante a busca da melhor forma possível em situações que não estão muitos estruturadas.

Esses processo ocorre de acordo como os seguintes princípios.

  1. Insight.

A Gestalt tem vê a aprendizagem como a relação entre o todo e a parte, onde o todo tem papel fundamental na compreensão do objeto percebido enquanto o Behaviorismo e o Associacionismo acreditam que aprendemos estabelecendo relações entre os simples e os mais complexos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.8 Kb)   pdf (135 Kb)   docx (24.6 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com