TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo documentário "We Steal Secretes"

Por:   •  30/3/2016  •  Dissertação  •  497 Palavras (2 Páginas)  •  447 Visualizações

Página 1 de 2

O documentário “Nós roubamos segredos: A história do WikiLeaks” narra a história de Julian Assange e todos os desdobramentos causados após a criação, em 2007, do site WikiLeaks, dedicado à publicação de documentos confidenciais de empresas e de governos.

O documentário é aberto com a apresentação de um ataque sofrido pela NASA em 1989 do vírus WANK (Worms Against Nuclear Killers, ou Vermes Contra Assassinos Nucleares, em tradução livre), associando-o a Julian Assange (entretanto, hoje é sabido que ele sequer tinha conhecimento sobre o vírus à época do ataque). Adiante, profissionais e especialistas destacam o idealismo e a convicção de Assange ao defender aquilo que acredita: a construção de uma sociedade mais justa. Isso anuncia o enfoque heroico que será dado aos feitos do hacker.

A história segue narrando os antecedentes à criação do WikiLeaks. Após o atentado de 11 de setembro de 2001, os Estados Unidos passaram a reter mais informações e a esconder segredos do povo, como medida de segurança. Passava de 70 milhões o número de datacenters espalhados pelo país, algo que despertou o interesse de Assange em criar um meio para revelar segredos que pudessem ajudar as pessoas, de modo que as fontes fossem protegidas e as informações pudessem circular.

O primeiro grande vazamento publicado pelo WikiLeaks foi informações do banco Kaupthing, o maior da Islândia, que divulgava avaliações de crédito divergentes à apresentada aos clientes. Frente à crise que o país passava, muitos associados esvaziaram suas contas, causando a falência do banco. Tal fato tornou o WikiLeaks conhecido no país, mas um vazamento maior traria fama mundial à página. Em 2010, o site publicou um vídeo gravado em 2007 que mostrava o ataque de um helicóptero de guerra americano disparando contra 12 pessoas tidas como suspeitas em Bagdá. Entretanto, o que os pilotos acreditavam ser armas, eram câmeras, e dentre as vítimas estavam dois jornalistas da Reuters e duas crianças. A publicação causou enorme comoção na mídia e no povo americano, levando a uma profunda discussão sobre sigilo e manipulação de informações por parte do governo.

Na sequência, o documentário aborda a juventude de Assange e o início de sua atividade com hacker ativista. Ainda adolescente, Julian foi acusado de hackear o as redes militares dos EUA, as quais ele e seu grupo, conhecido como Mendax (termo latim que significa “nobre mentiroso”), controlaram por dois anos. Assange foi condenado por 23 processos, tendo como pena 5 anos de condicional.

O documentário prossegue relatando a primeira fonte de vazamentos divulgada à mídia: Bradley Manning, um soldado americano que havia sido transferido para uma unidade próxima ao Iraque e trabalhava com os sistemas de segurança do exército, foi delatado pelo jornalista Adrian Lamo, a quem revelara possuir a intenção de vazar informações militares sigilosas, incluindo o vídeo do helicóptero, embora Julian tenha afirmado ser impossível saber se Manning era a fonte dos vazamentos. Devido a esse acontecimento, todas as acusações se voltaram ao WikiLeaks e a Assange, que ainda tencionava publicar mais segredos governamentais que possuía, apesar das acusações.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.2 Kb)   pdf (59.6 Kb)   docx (9.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com