TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PROJETO INTERDISCIPLINAR APLICADO AO CURSO SUPERIOR EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS II

Por:   •  8/6/2015  •  Trabalho acadêmico  •  3.525 Palavras (15 Páginas)  •  310 Visualizações

Página 1 de 15

[pic 1]

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

2º SEMESTRE

Carla Fernanda Vieira de Mattos – RA: 6942011031

Debora Daiane Cruz - RA: 9133251650

Leonardo Luis dos Santos – RA: 1299169855

Madelayne Ramos de Oliveira – RA: 8525914269

PROJETO INTERDISCIPLINAR APLICADO AO CURSO SUPERIOR EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS II

PROFESSORA TUTORA PRESENCIAL: LETICIA ARAKAKI

PROFESSORES EAD: RENATA DE PAULA / THIAGO BASILE /

LUIZ MANUEL PALMEIRA

SOROCABA/SP

2014


SUMÁRIO

INTRODUÇÃO.............................................................................................................1

1. RESPONSABILIDADE SOCIAL E MEIO AMBIENTE .............................................2

1.1 Inovação na Busca da Sustentabilidade ...............................................................2

1.2 Sustentabilidade ....................................................................................................3

1.3 A Atuação do Brasil no Tema Sustentabilidade ....................................................4

1.4 O Monitoramento da Sustentabilidade ..................................................................5

2. TECNOLOGIA DE GESTÃO ...................................................................................7

3. OS PRINCÍPIOS DO DIREITO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE ................10

4. CONSIDERAÇÕES FINAIS ..................................................................................13

5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ......................................................................14


INTRODUÇÃO

Este projeto aborda o tema “O Papel da Inovação na Busca da Sustentabilidade”, onde as empresas estão diretamente ligadas às mudanças que existe no clima atualmente. Sabemos que as organizações vêm discutindo nos últimos 50 anos e também pesquisando medidas para alterar as probabilidades catastróficas acerca do futuro do nosso planeta.

 Diante de um assunto tão discutido nos dias atuais, que é a Preservação do Meio Ambiente, buscaremos englobar a Responsabilidade Social e Meio Ambiente, a Tecnologia de Gestão e o Direito Empresarial.

 Nosso intuito é apresentar informação quanto às relações entre as metas de desenvolvimento sustentável e o estímulo para que as organizações busquem a inovação e garantam o sucesso esperado, tanto no âmbito empresarial quanto no Social.


1. RESPONSABILIDADE SOCIAL E MEIO AMBIENTE

          1.1 Inovação na Busca da Sustentabilidade

Atualmente o novo contexto mundial, onde um dos assuntos mais abordados é a Preservação do Meio Ambiente, é “esperado” que as empresas busquem modelos de gestão mais sustentáveis, devido à situação que o meio ambiente se encontra ser socialmente responsável considera-se que o crescimento econômico da empresa vai além da geração de suas riquezas.

Diante do assunto, a inovação nos processos de industrialização nas empresas torna-se uma responsabilidade social, onde essa (inovação) pode ser considerada um elemento chave para o crescimento da organização que pretende se manter a longo prazo no mercado, pois ela estará preservando o meio ambiente e deverá estar sempre em busca de inovações e formas criativas para seu crescimento.

Inovação é uma daquelas palavras que acreditamos saber o significado, mas que, ao discutirmos, pouco concordamos. O mesmo pode ser dito a respeito de sustentabilidade, um termo que, nos últimos anos, tem sido utilizado com muita inovação. Quando colocadas lado-a-lado, temos um mundo de possibilidades e uma grande confusão. O que é, então, a inovação para a sustentabilidade?

Em primeiro lugar, é preciso reconhecer que, principalmente nos meios empresariais, inovação tem sido associada ao avanço tecnológico de produtos. Poucas vezes é vista como inovação organizacional ou administrativa e muito menos como modelos de negócios alternativos. Curiosamente, sistemas de produção e consumo mais sustentáveis, embora também se beneficiem dos avanços tecnológicos, dependem menos da tecnologia e mais da forma com que as redes de suprimentos, produção e distribuição de produtos e serviços são concebidas e geridas. Ou seja, a maioria das empresas tem o potencial de melhorar sensivelmente o desempenho socioambiental independentemente de grandes avanços tecnológicos. É preciso, enfim, uma forma sistêmica de pensar e administrar negócios. 

1.2 Sustentabilidade

        Não é adequado desenvolver um estudo tendo como tema o desenvolvimento sustentável sem a apresentação e adoção de uma postura em relação aos tantos conceitos a respeito do tema sustentabilidade. 

Embora se conheça a importância de se apresentar uma pesquisa abrangente em relação ao tema estudado, composta por referências e opiniões às vezes controversas, às vezes complementares a respeito dos temas abordados, a postura em relação a este estudo é definida pelo alinhamento em relação a um único eixo referencial. Tal eixo, por assim dizer é definido pelas diversas iniciativas apoiadas, comandadas, ou simplesmente acompanhadas pela ONU ou por seus órgãos associados no que diz respeito a desenvolvimento sustentável.

O objetivo da maioria das empresas é de ser admirada pela sociedade, por seus funcionários, pelos parceiros de negócios e pelos investidores. O que devem observar é o quanto estão dispostas a encarar os desafios que estão em seus caminhos para se tornar uma companhia realmente cidadã. O primeiro deles, segundo Vassallo (2000), é o desafio operacional. Uma empresa responsável pensa nas consequências que cada uma de suas ações pode causar ao meio ambiente, a seus empregados, à comunidade, ao consumidor, aos fornecedores e a seus acionistas, De nada adianta investir milhões em um projeto comunitário e poluir os rios próximos de suas fábricas; ou dar benefícios e oportunidades a seus funcionários e não ser transparente com seus consumidores; ou ainda, preservar florestas no Brasil e comprar componentes de um fabricante chinês que explora mão-de-obra infantil. Abrange aspectos tão diversos como os que vão da gestão de recursos humanos e da cultura de empresa até a escolha dos parceiros comerciais e das tecnologias. Implica em uma abordagem integrada das dimensões financeira, tecnológica, comercial, de ontológica e social da empresa, tanto mais quanto ela é, na sua essência, uma comunidade de pessoas a serviço do bem comum.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (24.7 Kb)   pdf (176.3 Kb)   docx (35.7 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com