TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PROJETO INTERDISCIPLINAR APLICADO AOS CURSO DE RECURSOS HUMANOS – (PROINTER III)

Por:   •  17/5/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.421 Palavras (6 Páginas)  •  263 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]

UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP – CEAD

POLO - CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (CEAD)

CURSO: RECURSOS HUMANOS

DISCIPLINAS: GESTÃO DE PESSOAS E TÉCNICAS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

Marcos Antonio Cardoso - RA 9414561936

ALUNO - RA

PROJETO INTERDISCIPLINAR APLICADO AOS

CURSO DE RECURSOS HUMANOS – (PROINTER III)


RELATÓRIO PARCIAL

Desafio apresentado como requisito para a obtenção de nota das disciplinas de Gestão de Pessoas e Técnicas de Administração de Pessoal do Curso de Recursos Humanos.

VITORIA

2015

Resumo

As empresas são feitas exclusivamente de pessoas e todo seu sucesso ou fracasso depende delas. Assim é essencial que as empresas se preocupem com seus funcionários, e com toda a infra-estrutura que ela oferece ao trabalhador para que ele possa desenvolver bem suas funções. Assim, esses profissionais estimulados a trabalharem em prol dos objetivos da empresa, também recebam um salário justo e todos os benefícios.

Introdução

Observamos durante o processo de pesquisa que a gestão de pessoas vem passando por um profundo processo de transformação. Que o sistema focado em cargos e remuneração é cada faz mais ineficiente. Hoje, as empresas valorizam seu capital intelectual. O executivo acredita que o principal desafio é ter lideres competentes, que gostem das pessoas e conheçam os fatores que motivam o comprometimento com a organização. O sistema utilizado até a década de 90, focado em cargos e remuneração, tem se mostrado cada vez mais ineficiente. Hoje, as organizações valorizam seu capital intelectual. A qualidade de vida está na cultura da empresa, que se preocupa em proporcionar um ambiente de trabalho adequado e agradável. Isso acontece não apenas nas grandes, mas também nas de médio porte. A gestão de pessoas se baseia no fato de que o desempenho de uma organização depende da contribuição de quem nela trabalha e da forma como a equipe se organiza, é estimulada e capacitada.

É notório que ainda há uma grande carência de conhecimentos voltados às técnicas de gestão de pessoas, aliada à ausência de uma visão abrangente e adequada às técnicas e aos conceitos atuais sobre a gestão de pessoas por parte de alguns gestores. Esta carência poderia ser minimizada com uma combinação de ações voltadas à formação dos líderes e colaboradores da empresa, e à conscientização e ao aumento da motivação e da qualidade.

O Papel do Gestor

O papel do gestor hoje não é somente o de planejar, organizar, dirigir e
controlar. Hoje a preocupação está em descobrir um meio de envolver os
colaboradores e criar um modelo de gestão que gere valor e aumente a produtividade e a competitividade da empresa. Neste ponto, o fator motivacional é o grande foco, e é nessa linha que o gestor moderno tem de pensar, motivando, fazendo com que o empregado perceba o quanto ele é importante como fator gerador de valor para a empresa e tome consciência de como deve agir, dentro da equipe, para cada vez mais evoluir como pessoa e como colaborador da empresa, aumentando seu valor individual e contribuindo cada vez mais para a empresa. Porque
 o sucesso da empresa depende diretamente destes gestores, que definem estratégias, fixam metas e objetivos e delegam decisões e ações para que sua equipe possa fazer o melhor trabalho possível. A competência em lidar com as pessoas também é um fator primordial de sucesso hoje em dia. E isso só se consegue substituindo a antiga mentalidade autocrática e impositiva por uma mentalidade mais aberta que proporciona um estilo de gestão democrático, participativo e incentivador, capaz de transformar o capital humano da empresa em mais um fator de competitividade empresarial e de excelência organizacional. O gestor moderno deve observar que a tendência atual, é que a partir da capacitação em alguns conceitos considerados básicos na gestão de pessoas, os gestores se transformem em
verdadeiros líderes e impulsionem as pessoas, tornando o trabalho uma agradável experiência de troca, crescimento e inovação. Nas organizações atualizadas, os executivos estão se afastando das funções administrativas tradicionais para adotarem uma postura de "liderança renovadora", dinamizando a organização por causa de uma nova maneira de lidar com as pessoas. A distância entre o executivo e seus subordinados vem diminuindo muito, a ponto de eles estarem trabalhando muitas vezes lado a lado com a equipe. Com isso, o trabalho se transformará, deixando de ser uma atividade individual e isolada para ser uma experiência de equipe, proporcionando mais entusiasmo, dinamismo e criatividade. Liderança e equipe são hoje em dia a grande preocupação das empresas e o entendimento pleno da abrangência destes conceitos podem fazer muita diferença na busca de competitividade no mercado.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10 Kb)   pdf (134.5 Kb)   docx (24.5 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com