TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Analise do Filme Anjos do Sol

Por:   •  25/4/2017  •  Resenha  •  524 Palavras (3 Páginas)  •  216 Visualizações

Página 1 de 3

Análise do Filme: Anjos do Sol

Anjos do sol é um filme brasileiro, longa-metragem do cineasta brasileiro Rudi Lagemman. O filme  transmite a realidade sobre a exploração sexual comercial de crianças e adolescentes. Segundo os dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais de 100 mil meninas são vítimas de exploração sexual no país, e pela Organização das Nações Unidas, calcula-se que o tráfico de seres humanos para exploração sexual movimenta cerca de 9 bilhões de dólares no mundo, e só perde em rentabilidade para o mercado ilegal de drogas e armas.

A história do filme se passa no interior do nordeste Brasileiro, onde Maria, personagem principal, com apenas 12 anos de idade é vendida pelos seus pais no Sertão da Bahia, que vislumbram a venda de uma filha como fonte de renda, uma vez que, trata-se de uma família extensa, que enfrenta uma situação financeira bastante precária.

A protagonista foi então levada para trabalhar como prostituta em um garimpo na Amazônia. O filme mostra que essa prática é bastante real e comum no interior do Brasil, pois, juntamente com outras meninas, Maria foi levada para um bordel, sendo transportadas em um caminhão, bastante apertado e sem qualquer conforto.

O destino era a casa da cafetina Nazaré, que realiza um leilões de jovens para satisfazer os desejos de senhores de alto poder aquisitivo. Maria é então leiloada, por um deputado, na qual exige que a mesma deite-se com o seu filho de apenas 15 anos, como ambos não possuem experiências, o próprio deputado abusa sexualmente de Maria. Após a utilização sexual do Lourenço, ela e Inês, sua amiga são levadas para um prostíbulo em Vila do Socorro próximo a Floresta Amazônica, na qual a cidade é composta apenas por homens garimpeiros, onde era apadrinhada pelo dono da “Casa Vermelha”. Seu Saraiva dono do prostíbulo, continha muitas outras jovens, escravizadas. Na primeira noite ela ganhou roupa nova, perfume, e um quartinho, mas sem saberem que seriam cobradas como uma espesse de divida que elas possuíam. Nesta mesma noite, Saraiva, convidou toda a cidade composta apenas por homens a conhecer “as novas visitantes”, elas foram submetidas a uma jornada de sexo extensa, e o pagamento feito por elas eram com gramas de ouro. O filme aborda temas polêmicos como analfabetismo, tráfico de pessoas, pedofilia e exploração sexual. Contendo cenas fortes, e das quais vem aumentando em nosso país, onde crianças, adolescentes e adultos estão a mercê do mercado sexual. Alguns entram por falta de opção por que precisam se manter, outros são enganados com promessas de melhores condições. Após conseguirem fugir, foram recapturadas e levadas novamente ‘a casa vermelha’, e ao chegar lá Seu Saraiva, exigiu que informasse quem as ajudou, mas ficaram em silencio, então ele pegou Inês, para dá um passeio, e arrastou-a no carro até a mesma morrer. Ao longo do filme mostra a visita de um agente de saúde que faz o acompanhamento de saúde das meninas, como coleta de sangue entre outras, e ele informa a seu Saraiva que uma das meninas poderia está com Aids, ao longo da noite ele some com a menina sem explicar o seu paradeiro.
Fonte:
https://psicologado.com/resenhas/analise-critica-do-filme-anjos-do-sol © Psicologado.com

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.3 Kb)   pdf (73.3 Kb)   docx (11.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com