TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESUMO FILME ABRIL DESPEDAÇADO

Por:   •  2/3/2016  •  Resenha  •  488 Palavras (2 Páginas)  •  12.320 Visualizações

Página 1 de 2

RESUMO DO FILME ABRIL DESPEDAÇADO

O filme se passa no sertão nordestino em uma localidade com o nome de Riacho das Almas. Retrata o conflito entre duas famílias, Breves e Ferreira, que disputam terras, terras essas que era de uma das famílias e por meio de conflitos, disputas e mortes acabam passando para o domínio da outra.

        A história centra-se em contar a história de Pacu e Tonho, irmãos e membros da família Breves, personagens principais da referida história. Tonho como filho mais velho, foi incumbido pela sua família com a missão de vingar a morte de seu irmão, assassinado por um membro da família rival em um dos vários conflitos entre as duas famílias que já perduravam por um período. Tonho realizou a tarefa de vingar seu irmão, porém, como consequência assinou sua sentença de morte, pois a partir daí seria perseguido pela família rival.

        Pacu, o filho mais novo e muito sonhador, ganha um livro e mesmo sem saber ler fantasia uma vida para si e sua família diferente da sua realidade, incentivando seu irmão a fugir do conflito e acabar com essa “guerra” entre as famílias Breves e Ferreiras e encerrar esse histórico de mortes que já se arrastava por anos.

        Ao final do filme, Pacu, o filho mais novo, em uma noite chuvosa pega o chapéu de Tonho e sai andando pelas redondezas de sua casa e acaba por cair em uma emboscada que seria destinada para seu irmão, por conta da chuva o assassino não consegue enxergar que o menino não se trata de Tonho e sim Pacu e assim o mata. Tonho, por fim, foge para se ver livre dessa “guerra”.

        Os pais de Tonho e Pacu acabam sozinhos, com dois de seus filhos mortos e um que os abandonou percebem que por conta de uma disputa tola pelo domínio de terras acabaram por “despedaçar” sua família.

        A história retrata uma realidade que era muito comum antigamente e que hoje em dia ainda se há relatos de histórias parecidas. Famílias que por motivos muitas vezes banais se tornam rivais e adotam a lei do “olho por olho, dente por dente”, impelidos pela vingança matam um a um de ambas as famílias até que não reste mais nenhum membro de uma das famílias.

        O filme também retrata a pobreza vivida no sertão nordestino, mostrando um cenário de trabalho árduo, violência física e psicológica, trabalho infantil. Mostra a dificuldade que essas pessoas passam, vemos pessoas sem nenhuma perspectiva de crescimento, sem educação, sem um trabalho digno, nos levando a refletir sobre a desigualdade e o descaso em que vivem essas famílias, sem nenhuma assistência dos governantes que simplesmente esquecem da existência dessa realidade.

        

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (68.6 Kb)   docx (9.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com