TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Critica Mar Adentro

Por:   •  10/9/2019  •  Resenha  •  377 Palavras (2 Páginas)  •  5 Visualizações

Página 1 de 2

Mar Adentro

        O filme Mar Adentro é baseado em fatos reais, sendo assim um drama, a história conta sobre a vida de Ramon, marinheiro- mecânico, que ao fazer um mergulho acaba parando em cima de uma cama e virando tetraplégico. Desde então Ramon passa a ser obrigado a viver ali e a se adaptar a suas novas condições físicas e psicológicas (o que provavelmente não eram as melhores), contra sua vontade e dependendo da ajuda de seus familiares para todas as suas necessidades básicas. Um tempo depois ele consegue uma advogada disposta a ajuda-lo na legalização da eutanásia e para que assim, ele possa ter uma morte digna. Dessa maneira Ramon tenta legalizar uma petição que lhe dê a autorização para cometer a eutanásia, sem prejudicar nenhum de seus familiares com a sua decisão.

        Bom, tendo em vista que Ramos esteja confrontando os preceitos religiosos, morais e éticos, estes estabelecidos de forma prioritária dentro da Declaração Universal dos Direitos Humanos, onde o mesmo visa a vida, como bem mais precioso à pessoa humana, merecendo um lugar de destaque entre os direitos a serem protegidos, sendo dessa maneira algo inviolável. No Direito Brasileiro a eutanásia é considerado homicídio, dessa forma sendo conduta típica, ilícita e culpável. No filme a petição de Ramon fora negada várias vezes, privando então os mesmos valores estabelecidos dentro dos Direitos brasileiros, mas mesmo com a negação ao seu pedido, nada o impediu que realizasse o seu desejo.

Ramon foi o primeiro cidadão espanhol a pedir o direito a eutanásia. Em seu argumento dizia que todos temos direitos de dispor a vida, mas no seu caso era necessário interferência de outra pessoa para que houvesse a realização do mesmo. Seu pedido teve a interferência e negação através do Código Penal, que não o permitia. O Direito brasileiro diz respeito as condições da pessoa para que ocorra a “morte assistida”, como no ocorre com a morte cerebral, onde não há mais condições de vida daquele paciente, se não através de maquinas, por exemplo, mas que neste caso os familiares acabam sendo os responsáveis pelo ocorrido, o que leva de certa forma um sofrimento maior, por serem obrigados a assistir toda a situação.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)   pdf (37.5 Kb)   docx (7.3 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com