TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Competência

Por:   •  18/8/2016  •  Projeto de pesquisa  •  421 Palavras (2 Páginas)  •  81 Visualizações

Página 1 de 2

A competência nem sempre é um elemento que justifica o sucesso profissional de um individuo. Tal assertiva é comprovada quando se observa que por muitas vezes aquele que possui melhor desempenho não é o que se destaca no ambiente de trabalho, mas o que possui melhor aparência. Assim, a beleza embora não seja preponderante para a conquista do sucesso, possibilita adquirir o mesmo com maior facilidade.

Partindo desse pressuposto, é notório que desigualdade racial perpassou séculos e influenciou na criação e modificação do estereótipo da beleza. Segundo a DIEESE, no Brasil a mulher negra ganha 40% em relação ao salário do homem branco e o homem negro 60%. Isso comprova que o local de trabalho contemporâneo absorveu tais concepções e passou a selecionar as pessoas de acordo com padrões que não são inerentes a todos os indivíduos, como, por exemplo, a sua cor ou aspecto físico.

Nesse contexto, encontram-se ainda evidencias de que uma boa aparência reflete no quanto uma pessoa pode ganhar a mais ou a menos que outra. Dados do economista Daniel Hamermesh indica que pessoas com melhor aparência recebem salários até 20% maiores e, ao longo da carreira, somam, em média, 230.000 dólares a mais do que as pessoas menos atraentes. Esta realidade evidencia que uma boa fisionomia é vista, hoje, como uma habilidade e não como um aspecto.

Em contrapartida é substancial atentar que uma boa aparência tem grande influencia na maneira de como a sociedade avalia uma empresa ou funcionário. Nessa ideia se baseia o marketing pessoal, ferreamente utilizada por administradores, empresas ou funcionários com o objetivo de transmitir segurança e confiança para seus clientes. Para Mario Persona : “ o marketing pessoal revela o que a pessoa tem de melhor para o mercado.”

 que não dependem da vontade da pessoa, mas de sua descendência genética.

, uma vez que, aquele que se demonstra mais qualificado por muitas vezes não é o que possui melhor remuneração. O estereótipo de beleza é o que cria esta diferenciação não dever ser visto como elemento preponderante na busca pelo sucesso profissional.

É comprovada quando se observa que nem sempre o aquele que possui melhor desempenho e o que se destaca no ambiente de trabalho.

é observada em grande parte dos ambientes de trabalho, nos quais o diferencial, por muitas vezes, não esta relacionado somente a um bom desempenho da função, mas a aparência física que a pessoa possui.

em entrevistas de emprego nas quais o aspecto físico se apresenta com elemento diferenciador na conquista da vaga. O culto do estereotipo de beleza

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com