TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TRABALHO SOBRE A ORAÇÃO NO LIVRO DE ATOS

Por:   •  6/11/2019  •  Trabalho acadêmico  •  2.617 Palavras (11 Páginas)  •  5 Visualizações

Página 1 de 11

SEMINARIO PRESBITERIANO RENOVADO BRASIL CENTRAL

REGISNAN OLIVEIRA REIS

TRABALHO SOBRE A ORAÇÃO NO LIVRO DE ATOS

ITAPETINGA- BAHIA

2019

REGISNAN OLIVEIRA REIS

A ORAÇÃO NO LIVRO DE ATOS

                                 Trabalho como atividade avaliativa para a matéria Analise do livro de atos.

ITAPETINGA- BAHIA

2019

Introdução.

Quando iniciamos A leitura do livro de Atos dos apóstolos vemos logo de imediato que a prática da oração é algo de grande prioridade na vida da igreja do primeiro século. A igreja primitiva nasceu em oração, viveu em oração, cresceu em oração e triunfou em oração. O evangelista Lucas, autor do livro de Atos dos apóstolos dar uma grande ênfase a este assunto em seu escrito no livro de Atos, demonstrando de forma explicita a relevância e a constância desta prática na vida da igreja primitiva, ele mostra a sua prática e os resultados extraordinários provindo desta prática cotidiana daqueles irmãos.

A igreja primitiva vivia e respirava oração. No livro de Atos vemos diversos exemplos de orações que foram divinamente respondidas. Logo no primeiro capítulo vemos os discípulos orando: No cenáculo após a ascensão de Cristo, no capitulo 1:14,“Todos estes perseveravam unânimes em oração, com as mulheres, com Maria mãe de Jesus, e com os irmãos dele”. Uma oração tremenda feita em uma circunstância adversa foi a realizada por Estevão próximo a sua morte; No capitulo sete versículo cinqüenta e nove “ e apedrejavam Estevão, que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu Espírito! ainda assim usa seu último folego orar pedindo ao Senhor em favor daqueles que o estava assassinando, pedindo que o Senhor os perdoasse. Veremos neste trabalho a importância e o resultado da prática da oração no livro de Atos dos apóstolos.

PRIMEIRA PARTE.

1. A oração como modo de viver dos cristãos da igreja primitiva segundo o livro de Atos dos apóstolos.

No livro de Atos dos Apóstolos capitulo dois versículos quarenta e dois, relata que: E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. A pratica da oração é citado como algo cotidiano que os irmãos praticava não como algo esporádico, mais era algo que fazia parte do dia a dia da comunidade cristã conforme vemos no livro de Atos dos apóstolos. Assim como se praticava a comunhão, o partir do pão e perseveravam na doutrina dos apóstolos da mesma forma eles viviam em oração. No capitulo três e versículo um, Lucas diz da seguinte maneira no livro de Atos: “Pedro e João subiam ao templo para a oração da hora nona”. Havia um compromisso muito grande dos irmãos com a oração de maneira que eles separavam uma hora especifica do dia para uso exclusivo da pratica da oração, devido a importância que eles davam a esta pratica sublime e majestosa que é a de poder falar com o Senhor da glória.A oração no livro de atos é demonstrada como algo de extrema importância e incorporada ao viver dos santos da igreja primitiva na época dos apóstolos.Vemos também no livro de Atos dos Apóstolos capitulo nove versículo onze que o próprio apóstolo Paulo se dá a pratica da oração logo após a sua conversão, pois o texto relata da seguinte forma:Então o Senhor lhe ordenou: Dispõe-te e vai à rua chamada direita, e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele esta orando. Com certeza Paulo tinha sido compelido pelo Espírito que agora habitava nele a buscar a Deus em oração. A pratica da oração como algo que faz parte do modo do viver do crente serve como sinal de que de fato ele teve um encontro com o Mestre, pois vemos isso na vida de Paulo no texto bíblico acima citado.Esta pratica também estava inserida no modo de viver do apóstolo Pedro, pois é o que nos relata o texto de Atos dos Apóstolos capitulo dez versículo nove que diz da seguinte maneira: “No dia seguinte, indo eles de caminho e estando já perto da cidade, subiu Pedro ao eirado por volta da hora sexta a fim de orar”, Pedro estava em um determinado lar próximo a hora do almoço ele sobe ao eirado com o propósito de buscar ao Senhor em oração, mesmo com fome ele ainda assim consegue se colocar diante de Deus em oração, isso porque orar para o apóstolo Pedro, não era um ritual ou apenas uma pratica  mística, era algo que fazia parte do seu modo de vida em sua caminhada cristã.Provavelmente esse zelo e interesse, essa valorização que os apóstolos e toda a igreja primitiva dava a oração conforme vemos no livro de atos dos apóstolos tenha sido algo que eles aprenderam com o Senhor durante o período em que eles viveram com o Mestre em seu ministério terreno terreno até o daí de sua morte na cruz do calvário que mesmo em momento de dor ele levanta os olhos ao céus e clama ao Pai conforme vemos em Mateus vinte e sete versículo quarenta e seis: Por volta da hora nona, clamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lama sabactâni? O que quer dizer, Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste? Vivendo em um momento de dor, sofrimento e angustia ainda assim o Mestre ora ao Pai, este modo de viver de Cristo tendo incorporado ao seu modo de viver a oração com certeza influenciou os apóstolos, e por sua vez os apóstolos deram exemplo a igreja primitiva, influenciando para que também aqueles irmãos fizessem da oração parte do estilo de vida deles de forma  que todos que se convertiam seguiam aquele exemplo dos apóstolos e se dedicavam a pratica de oração constantemente em suas caminhadas na fé, buscando ao Senhor mais e mais em suas vidas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (15.4 Kb)   pdf (109.9 Kb)   docx (219.1 Kb)  
Continuar por mais 10 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com