TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Filme Ponto de Vista

Por:   •  7/10/2019  •  Resenha  •  856 Palavras (4 Páginas)  •  11 Visualizações

Página 1 de 4

COLÉGIO ESTADUAL SANTA FELICIDADE

ALUNO: MARIANA SCHIRLO ZANETTI Nº 22 - 1º ANO A

RESENHA CRÍTICA SOBRE O FILME, “PONTO DE VISTA”

CTBA

ABRIL/2015

        Este filme tem uma maneira interessante de nos apresentar como pessoas comuns reagiriam a certas situações, mostrando o ponto de vista de cada um, para podermos entender o porquê de suas ações e nos revelar o que de fato aconteceu, como num quebra-cabeça em que o telespectador deve encaixar as peças, podendo ao longo da trama produzir suas deduções.

        O longa-metragem se trata de um ocorrido em uma conferência sobre o combate ao terrorismo em Salamanca, na Espanha, onde o presidente dos Estados Unidos é atingindo por uma bala. São destacados oito indivíduos, cada um com seu ponto de vista.

        Logo no começo, surge um suspeito e dá-se a entender que de fato ele é o culpado, mas o que será que o segurança presidencial realmente viu? Com certeza deu sua objeção, mas limitada, não expandiu suas deduções. Ocorre uma explosão e seu suspeito “foge”, o segurança vai então recorrer ás filmagens que uma rede televisiva estava realizando, a mesma que como cabresto não relutava em transparecer opiniões diversas e, ao contrário, sempre e excessivamente se apresentava em seu foco.

        É incrível como a mídia nos traz e nos faz julgar as coisas, e neste filme não é diferente, pula partes essenciais, é facilmente controlada e subornada e até ameaçada se muita verdade é revelada. Hoje em dia vivemos em um mundo em que há liberdade de expressão, mas sem deixar de faltar o controle e o limite, sendo então o conceito “liberdade de expressão”, contrariado, levando em conta que não há como controlar uma liberdade, pois, “liberdade” significa poder exercer livremente sua vontade.

        Neste filme também retrata-se o amor, o ponto em que um rapaz chega para salvar seu irmão. Ao mesmo tempo em que julgamos uma pessoa por seus atos, estamos esquecendo sua vida, sua psicologia interna. Na primeira parte do filme em que ele aparece, é pela visão de um policial que provavelmente o estava considerando uma ameaça, já na sua visão, percebemos que na realidade é um inocente ameaçado. É uma questão levantada que se trata de uma verdade mundial: pessoas inocentes que são ameaçadas, e por isso são muitas vezes culpadas por crimes que não cometeram, tendo então, uma sentença injusta e acabam por perder parte de sua vida e socialização, pois, estão em uma cela, encarceradas.

        Outro ponto trata-se de uma garota que esteve presente desde o início, tendo um papel aparentemente não muito importante. O que o roteirista e diretor nos quiseram passar quando terroristas que não aparentavam se importar muito com quem tiravam a vida, de repente se importaram com uma menina de 10 anos, que estava parada no meio da rua como que uma estátua? Porque, foi exatamente isto que salvou o presidente, o fato dela parar à frente da ambulância e fazer o motorista desviar bruscamente e consequentemente tombar. Mas, que ainda assim não responde à questão. Do meu ponto de vista, seria transpassar a inocência de uma criança que sem saber, salvou um indivíduo de extrema importância para a sociedade. Porém, o seu ponto de vista pode ser diferente.

Ao todo, uma obra bem legal, que mostra a realidade que vivemos no nosso do dia a dia, a verdade é que não estamos seguros. A obra foca em mostrar que, a opinião dos outros é de importância significativa, a forma como o ponto de vista de cada um interfere gradativamente na conclusão do caso do “assassinato do presidente”, o que confere com o próprio título “Ponto de Vista”. Logo de início entendemos que o agente Thomas Barnes, tirou suas conclusões a partir do senso comum, baseando-se no que estava aparente e tomando por referência sua lógica, porém ao longo em que a história vai se revelando, percebemos que Barnes estava enganado, na verdade era algo muito maior, sua forma de pensar não abrangeu todos os detalhes. Com Javier (rapaz que queria salvar seu irmão), não foi diferente, em seu senso comum acreditava que, ajudando terroristas iria salvar seu irmão sequestrado como forma de pagamento.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.5 Kb)   pdf (91.8 Kb)   docx (9.6 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com