TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Tcc Pedagogia

Pesquisas Acadêmicas: Tcc Pedagogia. Pesquise 861.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  5/11/2013  •  1.025 Palavras (5 Páginas)  •  814 Visualizações

Página 1 de 5

1TEMA

Rotina única, porque brincando se aprende.

1.1DELIMITAÇÃO DO TEMA

Este documento tem como objetivo, demonstrar como se desenvolve a rotina única, focando sobre a importância de se considerar a rotina única no ambiente escolar com espaços físicos direcionados, brincadeiras e diversas propostas de atividades lúdicas prazerosas proporcionando a criança educação, desenvolvimento psíquico, motor, e bem estar.

2 PROBLEMATIZAÇÃO

Meu projeto se baseia no tempo ocioso que as crianças alunos de creches tem no período contrario as aulas, como as crianças ficam na escola em período integral no horário contrario as aulas elas ficavam sempre com as mesmas atividades, por isso viu-se a necessidade de algo novo.

3 JUSTIFICATIVA

Tenho a seguinte visão a respeito da Rotina Única:¨Brincando se Aprende¨, desta forma buscamos proporcionar a criança um ambiente com espaços de aprendizagens significativas, prazerosas e cooperativas, com vivencias e manuseios de materiais, e jogos e brincadeiras, contribuindo assim em experiências de sucesso no espaço escolar no qual estão inseridas. Estes espaços favorecem o máximo de autonomia no acesso e uso dos materiais, favorecendo o andar, o explorar e o brincar das crianças.

A Rotina única é uma proposta para o período contrario de aula, vindo acrescentar e possibilitar à criança a ampliação da iniciativa, da autonomia e do enriquecimento das suas interações sociais.

4 OBJETIVOS

4.1 OBJETIVO GERAL

A Rotina única, tem por objetivo ser propiciadora de ações que permitem a criança se tornar ativa e questionadora diante das diferentes práticas desenvolvidas levando assim formar novos cidadãos.

4.2 OBJETIVOS ESPECIFICOS

*Promover um espaço de aprendizagem significativas, prazerosas e cooperativas;

*Propiciar um espaço de convivência com interações espontâneas e prazerosas;

*Desenvolver habilidades criativas, expressivas e motoras através de atividades lúdicas;

*Propiciar um espaço democrático de acesso ao brinquedo, jogos, brincadeiras e materiais, permitindo formas de expressão livre e de representação do mundo, na visão da própria criança, tendo os educadores como ¨mediadores¨ das suas brincadeiras e construções imaginadas;

*Possibilitar aos alunos dos berçários e infantis o acesso aos jogos e atividades de artes e de movimento de acordo com a indicativa de sua idade;

*Proporcionar oportunidades de conhecimento de regras para que elas aprendam a jogar, a participar, a esperar a sua vez, a competir e a cooperar;

*Favorecer o processo de aprendizagem, através da utilização dos recursos lúdicos disponíveis neste espaço tornando o processo mais atraente, dinâmico e prazerosa.

5 FUNDAMENTAÇÃO TEORICA

¨As rotinas atuam como organizadoras estruturais das experiências cotidianas, pois esclarecem a estrutura e possibilitam o domínio do processo a ser seguido e ainda substituem a incerteza do futuro por um esquema fácil de assumir. O cotidiano passa então a ser algo previsível, o que tem importantes efeitos sobre a segurança e a autonomia da criança¨ Miguel Zabalza.

A rotina é um elemento importante da Educação Infantil, por proporcionar à criança sentimentos de estabilidade e segurança. Também proporciona à criança maior facilidade de organização espaço-temporal, e a liberta do sentimento de estresse que uma rotina desestruturada pode causar.

6 METODOLOGIA

A metodologia utilizada neste estudo foi a pesquisa bibliográfica, pois a mesma oferece meios que auxiliam na definição e resolução dos problemas já conhecidos, como também permite explorar novas áreas onde os mesmos ainda não se cristalizaram suficientemente. Permite também que um tema seja analisado sob novo enfoque ou abordagem, produzindo novas conclusões. Além disso, permite a cobertura de uma gama de fenômenos muito mais ampla, principalmente quando o problema da pesquisa requer a coleta de dados muito dispersos no espaço.

A escolha desta metodologia, para o caso específico, deve-se ao fato de o material disponível pesquisado, estar estruturado para situações e realidades do contexto atual das escolas de educação infantil.

De acordo com Gil (1987), não existem regras fixas para a realização de pesquisas bibliográficas, mas algumas tarefas que a experiência demonstra serem importantes. Dessa forma, seguiu-se o seguinte roteiro de trabalho:

a. Exploração das fontes bibliográficas: livros, revistas científicas, teses, relatórios de pesquisa entre outros, que contêm não só informação sobre determinados temas, mas indicações de outras fontes de pesquisa;

b. Leitura do material: conduzida de forma seletiva, retendo as partes essenciais para o desenvolvimento do estudo;

c. Conclusões: obtidas a partir da análise dos dados. Através da pesquisa bibliográfica, torna-se possível o exame da problemática sob uma nova abordagem.

REFERÊNCIAS

Rotinanaeducaçãoinfantil.blogspot.com.br

Rau, maria Cristina Trois Dorneles A ludicidade na educação: uma atitude pedagógica\ Maria Cristina Troes Dorneles Rau – 2. Ed.rev., atual e ampl.-Curitiba:Ibpex, 2011. – (Série Dimensões da Educação)

Projeto Rotina Unica da Escola de Educação Infantil DELZA GIOVANELI.

...

Baixar como  txt (5.5 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »