TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A ALFABETIZAÇÃO DA IMAGEM VISUAL COMO INSTRUMENTO MEDIADOR NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO VERBAL

Por:   •  30/4/2015  •  Artigo  •  3.578 Palavras (15 Páginas)  •  372 Visualizações

Página 1 de 15

A ALFABETIZAÇÃO DA IMAGEM VISUAL COMO INSTRUMENTO MEDIADOR NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO VERBAL

Fernanda Cristina de Sousa Rocha

Licenciatura no Curso Norma Superior – UESPI

Professor a Rede Municipal e Estadual de Ensino

No alvorecer da humanidade o homem inventou a arte, a qual teve início pela linha-incisão. Com o passar do tempo, a linguagem verbal-linguística sobrepujou a linguagem visual em termos valorativos, apesar de esta apresentar-se com a essência do Desenho – a linha. Porém, a linguagem visual resistiu a todas as discriminações e descasos desde a invenção da arte. Atualmente, vivemos em um mundo e visualidades, um universo imagético, no qual estamos mergulhados, que é o da cultura visual, inclusive, alguns estudiosos o denominam de Era de Imagem. Daí, a necessidade e busca por melhor compreender este mundo de imagens, para que assim, possamos ter leituras mais acuradas de mundo, bem como, possamos melhor nos exprimir, criativamente, através da linguagem visual. Tal conhecimento nos habilita compreendermos as múltiplas possibilidades de leitura que podemos fazer sobre o cotidiano. Portanto, os nossos canais perceptuais estão recebendo o tempo todo informações através de imagens. Tal fato contribui para a necessidade da alfabetização visual, pois, em alguns casos não é necessário que haja a escrita para que possamos nos comunicar, mas torna-se imprescindível que sejamos capazes de ler e interpretar a mensagem da imagem para haver comunicação.

ABSTRACT

For a long time, the verbal-linguistic overcame the visual language in terms of value, however, is the latter resisted all forms of discrimination and neglect since the invention of the art. Currently, we live in a world of visually, a universe in which we are immersed imagery, which is the verbal culture, including some scholars call the Age of the Image. Hence, the need and seeks to understand this world of images so that we may have more accurate readings of the world as well, we can better express ourselves creatively through visual language. This knowledge enables us understand the many ways of reading we can do about daily life. So our eyes are getting all the time information through images. What contributes to the need of visual literacy because, in some cases, it is not necessary that the writing so we can communicate, but it is essential that we be able to read and interpret the message of the image to be communication.

AS LEITURAS IMAGÉTICAS COMO FERRAMENTAS MEDIACIONAIS DE ALFABETIZAÇÃO VERBAL NO PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM.

As Artes Visuais prescindem da língua, por este motivo, podem ser percebidas e interpretadas em qualquer lugar do mundo. Daí, a pertinência da concepção de Martins et al. (1998) ao referirem-se a arte como “a língua do mundo”.

Diante do que é concebido como contemporaneidade, na qual há uma considerável multiplicação e hibridização de imagens, haverá sempre um lugar para inovações e aplicações dessa forma de conhecimento tão rica.

Existem várias formas de manifestações artísticas, porém, todas mantêm o mesmo principio, sendo que a construção de qualquer delas implica em conhecer e compreender os elementos visuais. O campo das artes ditas visuais é vasto, portanto, é importante conhecer informações sobre essa diversidade das artes visuais para redimensionar as práticas didático-pedagógicas a fim de que melhor se ajustem a determinados conteúdos artísticos e, por fim, propiciem aos educandos melhores condições de aprendizagem, de significação e de poetização.

A arte, segundo estudiosos de diversas áreas do conhecimento humano, tem início pelo desenho, depois vai alargando os seus horizontes com o passar do tempo, com os avanços tecnológicos e informacionais. Ao lado do exposto, a arte também sofre a influência da intensificação da complexidade das comunicações e das sociabilidades. Estes são pontos dignos de nota.

No cenário educacional podemos evidenciar de maneira mais enfática, o elemento comum entre desenho e escrita, tomando por empréstimo o que diz Walty et al. (2006, p. 15), “o traço, vestígio do corpo, do gesto, comum entre desenho e a palavra”. Na frase das autoras depreendemos o quanto o traço está impregnado da ação do corpo sob a ótica da totalidade.

Nesse estudo, buscaremos relacionar a alfabetização das artes visuais como ferramenta mediacional no processo de alfabetização verbal. Para melhor compreensão desta interface iniciaremos com alguns apontamentos sobre a modalidade do Desenho, uma das mais difundidas no meio escolar e, em seguida,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (23.9 Kb)   pdf (74.3 Kb)   docx (22.1 Kb)  
Continuar por mais 14 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com