TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AS TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR

Por:   •  7/6/2021  •  Resenha  •  522 Palavras (3 Páginas)  •  11 Visualizações

Página 1 de 3

José Carlos Libâneo em seu texto “Tendências Pedagógica na prática Escolar” enfatiza os principais pressupostos que denominam e classificam uma tendência pedagógica, além de propor uma reflexão sobre estas, uma vez que a prática escolar não é isenta de condicionantes sociopolíticos. Assim, diante desta firmação, o profissional discente pode sem perceber vincular suas práticas educacionais no senso comum apegando-se, deste modo, as tendências da moda sem a preocupação do que esta escolha acarretará.

Ao decorrer do texto ele mostra que as principais tendências pedagógicas usadas na educação brasileira se dividem em duas grandes linhas de pensamento pedagógico. Elas são: Tendências Liberais e Tendências Progressistas.

As Tendências Liberais estão vinculadas a uma sociedade capitalista – sociedade de classes - na qual o aluno deve encontrar-se preparado para assumir seu papel social estando de total acordo com as normais vigentes dessa sociedade.

Tendência tradicional: os métodos do professor não levam em consideração a realidade do aluno, o que prevalece em sala é a palavra do professor, não existe a troca de informações e muito menos a palavra do aluno. O professor passa suas informações e conteúdos e espera que o aluno aprenda da forma que lhe foi passada. O aluno é visto apenas como um deposito de conteúdo.  A relação é apenas de transferência de aprendizagem.

Tendência Liberal Renovada Progressivista: o educando é o centro e sujeito do conhecimento. Acredita que o aprendizado se faz com a prática. Além disso, esta mesma prática vem em busca de um aperfeiçoamento individual. A escola funciona como uma parcela da sociedade que a reproduz, os alunos buscam então seu papel na escola, assim como buscarão na sociedade.

Tendência Liberal Renovada Não-Diretiva: é voltada muito mais para os objetivos de desenvolvimento pessoal e relações interpessoais.  A escola busca formar atitudes, preocupando-se assim mais com os problemas psicológicos do que os pedagógicos ou sociais. Nela o professor é um “facilitador”, aceitando a pessoas do aluno, sendo receptivo e passando-lhe confiança.

Tendência Liberal Tecnicista: está completamente articulada com o sistema de produção capitalista. A escola busca então uma transmissão e recepção de conteúdos, o professor tem a função de ligar o aluno com a verdade técnico e cientifica. O aluno da escola tecnicista deve ser um aluno que seja competente para o mercado de trabalho.

As Tendências Progressistas pregam uma análise crítica das realidades sociais, o questionamento do modelo capitalista para que o aluno consiga desenvolver suas potencialidades.

Tendência Progressista Libertadora: teve como fundador Paulo Freire. Sua principal característica é desvincular-se contra toda forma de autoritarismo e dominação, defendendo a conscientização como processo a ser conquistado pelo homem, através da problematização de sua própria realidade.

Tendência Progressista Libertária: a escola desempenha uma transformação na personalidade num sentido libertário e autogestionário. Os conteúdos são colocados à disposição do aluno, mas não exigidos e resultam de necessidades e interesses manifestos pelo grupo. O professor é um orientador. Deste modo somente o vivido, o experimentado é incorporado e utilizável e aprendido.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.6 Kb)   pdf (47.1 Kb)   docx (213.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com